Rondonópolis/MT,

Atualizações

Espinha interna: como tirar, evitar e tratar


Quem nunca teve uma espinha interna? A espinha interna é um dos piores tipos de espinhas, pois ela se forma abaixo da pele e não fica como as espinhas normais que estão prontas para sair e em poucos dias elas somem. O grande problema da espinha interna é que ela traz muita dor e demoram a expelir ou desaparecer. Aprenda abaixo como tirar esta espinha de modo que ela não lhe incomode mais e pare de doer em pouco tempo.

Não esprema a espinha interna

Isso mesmo, se você espremer e tentar tirar à força a espinha interna ela só tende a piorar, pois como é difícil fazê-la sair é normal que empreguemos mais força nesta tarefa e a região da espinha interna acabe ficando roxa ou pior inflamada, e com isso é bem provável que a espinha interna demore muito mais para sair causando muito mais incomodo.

Como tirar a espinha interna

O ideal é ir a um dermatologista ele pode receitar um medicamento ou um tratamento que faça a espinha interna sumir e ainda pode dar dicas para evitar que a espinha interna retorne depois de um tempo. Mas caso você não esteja disposto a ir a um dermatologista existem métodos caseiros que podem ajudar a remover a espinha interna.

Tirar espinha interna método 1

Faça uma compressa de algodão com chá preto morno sobre ela durante alguns minutos por 3 ou 4 dias, sem tentar espremê-la.
O calor e as propriedades cicatrizantes do chá preto irão facilitar a sua cura e aos poucos ela irá diminuindo de tamanho até desaparecer por completo.

Tirar espinha interna método 2

O vapor pode ser o melhor amigo de quem tem espinha interna, por isso deixe-o correr pela região da espinha interna. Para isso basta que você ferva um pouco de água e coloque-a em uma bacia ou recipiente, deixe a região da espinha interna próxima ao vapor sempre tomando bastante cuidado para não se queimar, afinal, antes a espinha do que uma queimadura. Este método ajuda a abrir os poros e faz com que a espinha interna vá saindo aos poucos, além disso, você pode usar esse método em cravos também, pois ele é bem eficaz.

15 Maneiras para evitar e prevenir espinhas internas ou externas

1 - Nunca se esqueça de remover a maquiagem, por menos que você use.
Os produtos entopem os poros e podem gerar espinhas.

2 - O removedor de maquiagem acabou?
Passe no rosto um algodão com um pouco de hidratante.
Depois, lave com sabonete neutro para tirar o excesso de oleosidade do creme.

3 - Evite espremer uma espinha, a qualquer custo.
Saia da frente do espelho respire fundo, mas tire a mão daí.
A espinha some, mas a cicatriz fica. Em vez de mexer, aplique um produto secativo, que acelera sua maturação.

4 - Tome cuidado com a limpeza de pele
Apesar de ajudar muito, a limpeza de pele não deve ser feita quando as espinhas estiverem no auge da inflamação, quando cutucá-las pode piorar ainda mais a situação.

5 - Se você já não aguenta mais e resolveu espremer, pelo menos faça direito:
Quando a espinha estiver amarela, fure-a com uma agulha descartável. Depois molhe um algodão com água morna e coloque em cima.
Então, enrole os dedos em uma gaze e pressione de baixo para cima, com os dedos afastados da região machucada. Por fim, use um cotonete com álcool para desinfetar.
Importante: use uma agulha para cada espinha e, depois, jogue fora.

6 - Ter cuidado com espinhas internas
Aquelas espinhas que ficam debaixo da pele, sem estourar e doendo horrores, não devem ser manipuladas de jeito nenhum, podem virar uma inflamação brava.

7 - Tire o cabelo da cara.
Quando você usa franja ou vive com o cabelo caindo no rosto, a oleosidade do couro cabeludo se transfere para a pele, que fica mais sujeita às espinhas.

8 - Vitaminas regulam a oleosidade da pele, sabia?
As melhores são as do complexo B. Mas não vale tomar suplementos: doses altas demais causam o efeito inverso, ou seja, o aparecimento de espinhas.

9 - Capriche no consumo de verduras de cor verde-escura
Brócolis e espinafre são ideais!
Elas são ricas em vitamina A, que reduz a produção de sebo.

10 - Uma espinha horrorosa apareceu bem no dia que você ia sair?
Para disfarçá-la, faça uma compressa envolvendo gelo num pano limpo. Isso alivia a vermelhidão. Depois, é só dar uma disfarçada com um corretivo.

11 - Compressas de camomila também são ótimas para acne.
Elas têm efeito antiinflamatório e melhoram o aspecto das espinhas.

12 - Antes de dormir, passe um pouco de própolis com um algodão sobre os pontos de acne.
Tem que ser à noite, pois sob o sol ele pode manchar a pele.

13 - Pele oleosa tem baixa resistência.
Tudo pode infectá-la, e daí já viu: espinhas. Antes de tocar o rosto, certifique-se de que suas mãos estejam bem limpas.

14 - Fuja do sol.
A primeira impressão é que a pele fica sequinha. Mas o sol estimula a produção de sebo e bastam duas semanas para uma pele gordurosa e cheia de espinhas aparecer.

15 - Evite fast-food
O alto teor de sal e iodo tem ação irritante na pele, podendo desencadear ou piorar a acne

Fonte: Tua Saúde, Drag Team, Notícias e Moda

Nenhum comentário :