Rondonópolis/MT,

Dormir de conchinha – Vantagens e desvantagens


Se você é casado ou namora, certamente alguma vez já dormiu de conchinha. Alguns casais, no entanto, costumam dormir nesta posição todos os dias. Nada contra, pois dormir de conchinha é muito bom mesmo. Mas até que ponto? Será que dormir de conchinha faz bem para a coluna e a saúde do seu corpo? Descubra esta e muitas outras questões sobre dormir de conchinha a seguir.

O termo “dormir de conchinha” refere-se à posição do casal – que lembra as conchas do mar. É bem verdade que dormir de conchinha pode ser confortável e romântico, mas será que o corpo consegue relaxar nesta posição? A resposta adiantamos: não! Isso mesmo, dormir de conchinha não é relaxante.  Entenda os motivos!

Dormir de conchinha faz mal

Apesar de ser uma posição agradável, dormir de conchinha todo dia não é algo recomendável, pois o braço de quem está atrás fica dobrado – ou embaixo do pescoço da pessoa da frente. Nesta posição, o braço começa a “formigar” e isto é sinal de que falta circulação de sangue ideal. Com isso, muitas dores e incômodos podem surgir no dia seguinte.

Outra desvantagem de dormir de conchinha é para quem está na frente. A área lateral do pescoço não fica no travesseiro, mas sim no braço da outra pessoa. Se ficar por muito tempo, pode gerar dores e desconforto na região do pescoço e da coluna. Por isso que aodormir de conchinha o organismo não relaxa como deveria.

Muita gente gosta de dormir de conchinha e não condenamos isso. As dicas que damos, por exemplo, para aqueles que não sabem o que fazer com o braço que fica embaixo são essas: coloque-o para cima ou o mantenha dobrado. Ainda que seja desconfortável, dormir de conchinha é a posição preferida dos casais e tem lá suas vantagens.

Dormir de conchinha faz bem

Um estudo recente mostrou que dormir de conchinha alivia o estresse. Os responsáveis por isso são os hormônios. De acordo com pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, ao dormir de conchinha o nível de cortisol (o hormônio do estresse) diminui –. Isso porque a pessoa se sente mais protegida e segura ao dormir de conchinha.

Além disso, a pesquisa mostrou que dormir de conchinha estimula a produção de ocitocina (um hormônio liberado, principalmente, durante o sexo). A vantagem é que este hormônio combate inflamações e ajuda o sistema digestivo a funcionar melhor.

Não adianta, mesmo sabendo que faz mal para o organismo não resistimos a dormir de conchinha, não é mesmo? E, afinal, descansar nesta posição uma ou duas vezes durante a semana não vai matar ninguém, não é?

Fonte: Blog Colchões Gazin