Rondonópolis/MT,

Qual é o seu perfume?


Perfumista francesa ensina você a escolher a fragrância que mais tem a ver com seu estilo de vida e personalidade. O perfume que você usa tem muito a falar so­­­bre você. Assim como suas roupas e seu corte de cabelo, a fragrância é capaz de exprimir sua personalidade. “Para as pessoas ao seu redor, é um sinal reconfortante de sua presença e uma imagem sensorial de sua individualidade”, afirma a perfumista francesa Fanny Moreau, dona da Mon Absolu, loja em São Paulo em que o consumidor de­­­­senvolve a própria fragrância. “Como é um acessório invisível, o perfume torna-se uma ferramenta muito sutil para transmitir uma mensagem sobre a imagem que você quer mostrar.”


Fanny explica que sua fragrância não é apenas um re­­­­­flexo de sua personalidade. “É também um indicador do estado de espírito que você deseja exibir.” Assim, o ideal é você ter pelo menos dois ou três perfumes diferentes.
Para não errar, é bom entender um pouco da teoria. A clas­­­­­sificação do perfume de acordo com as matérias-primas que compõem sua característica principal é chamada de família olfativa. As fragrâncias masculinas pertencem a cinco famílias: fougère, ambarada, cítrica, amadeirada ou aromática. Cada uma expressa algo distinto sobre quem a usa. Veja como escolher as que mais se aproximam de quem você é – ou da pessoa que você quer ser.

Perfume para quê?
Um frasco também deve ser escolhido de acordo com seu objetivo
Vai ser usado no trabalho? “Opte por fragrâncias relativamente suaves (cítricos, fougère ou amadeirados) para
não ‘impor’ seu aroma aos colegas”, afirma a especialista francesa.
Vai sair à noite? “Escolha fragrâncias mais envolventes (ambaradas) para aumentar sua presença na escuridão.”
Quer prolongar a sensação de frescor
pós-banho? “Sua escolha deve ser as fragrâncias mais
frescas (cítricos e aromáticos).”

Fonte: Revista Vip