Rondonópolis/MT,

Atlantis: mercado virtual para compra de maconha, ópio e outras coisas ilegais faz propaganda na web

Que dá para encontrar um pouco de tudo na internet, eu já sabia. Que existem mercados negros como o Silk Road, que movimenta mais de 20 milhões de dólares ao ano e vende todo tipo de coisa nos confins da deep web, também. Mas que o mercado de sites em que se pode comprar maconhaecstasyopiáceosencomendar hacks no Facebook e outras coisinhas ilegais do gênero já estava tão concorrido que é preciso recorrer a ferramentas tradicionais de publicidade, eu não fazia a menor ideia. Pois foi exatamente isso que fez o site Atlantis, autointitulado o melhor mercado de compras anônimas online.

Antes de qualquer outra explicação, confira o anúncio da empreitada (que foi deletado do YouTube, mas continua disponível no Vimeo):

video

Com registro gratuito, o site espera que a propaganda – que diz que a “empresa” não cobra taxas sobre as mercadoriasaceita moedas virtuais como Bitcoin e Litecoinfaz entregas em todo o planeta e tem um sistema de pontos e recomendações similar ao Mercado Livre para qualificar compradores e vendedores – ajude a alavancar os negócios. “Nós queremos trazer atenção para o site e trazer mais compradores para quem vende produtos conosco”, disse o anônimo CEO do Atlantis durante um bate-papo no site Reddit.


Para não assustar muito as pessoas não iniciadas, ele também aproveitou a conversa para garantir: “Não permitimos ofertas de coisas como pornografia infantil e necrofilia. Nós realmente tomamos algumas decisões morais, e há uma grande diferença entre pornografia infantil e drogas”, disse – antes de acrescentar que itens como venenos e assassinatos também fazem parte da lista de produtos proibidos.


Fonte:Superinteressante