Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Spider entregou? Conheça as maiores teorias da conspiração no esporte

O mundo do esporte é cheio de teorias da conspiração. A última que surgiu foi sobre a derrota de Anderson Silva para Chris Weidman, no UFC 162. De acordo com internautas nas redes sociais, o brasileiro teria facilitado à vitória do americano. A especulação começou pela maneira como o ex-campeão dos médios (84 kg), que nunca tinha perdido no UFC, acabou sendo derrotado, uma vez que o ‘Spider’ lutou com a guarda baixa e não desferiu muitos golpes no seu oponente.

Confira a seguir outras teorias do mundo do esporte.

Em 1964, quando ainda se chamava Cassius Clay, Muhammad Ali (seu nome após se converter ao islamismo) bateu o campeão dos pesados Sonny Liston. O resultado foi tão polêmico que uma revanche logo foi agendada. No segundo confronto, Ali também venceu. Embora Liston negue publicamente, existem rumores de que o lutador teria apostado contra si mesmo para sair de uma dívida com a máfia.

Nos Jogos Olímpicos de 2008, disputado em Pequim, na China, um dos principais atletas da competição foi o nadador Michael Phelps, que faturou sete medalhas de ouro. Entretanto, uma das conquistas do americano foi bastante contestada. Na disputa dos 100m borboleta, Phelps parecia estar atrás do sérvio Milorad Cavic, mas ao término da prova, o relógio mostrou que o supercampeão americano tinha vencido por 0,01 segundo. Rumores da internet especularam que um dos patrocinadores de Phelps tinha manipulado a placa de toque e consequentemente a prova.

Nas vésperas da final da Copa do Mundo de 1998, o atacante Ronaldo sofreu uma convulsão e foi levado às pressas para o hospital. Entretanto, a teoria da conspiração não seria essa. Os primeiros rumores de que o Mundial tenha sido vendido surgiram pelo fato da França estar passando por problemas financeiros e que com o título o povo “esqueceria” esse problema. Os boatos aumentaram após o surgimento de uma suposta declaração do meia Leonardo que teria dito que se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo de 1998 ficariam enojadas.

Nos tempos em que corria pela Ferrari, o piloto Rubens Barrichello também sempre foi alvo de muitas polêmicas e muitas teorias da conspiração. A principal delas é que a escuderia italiana sempre prejudicava o brasileiro para favorecer o supercampeão alemão Michael Schumacher, que era considerado o “queridinho” da Ferrari. Além disso, alguns internautas afirmam que Rubinho, como é conhecido também, foi o piloto mais perseguido da história do automobilismo e da Fórmula 1.

A Libertadores de 2012 foi conquistada pelo Corinthians, após derrotar o Boca Juniors por 2 a 0 jogando no Pacaembu, em São Paulo. Mas, por conta da atuação ruim do time argentino, veio à tona a teoria de que o Boca teria facilitado e deixado o Timão levar a taça. Um dos motivos para isso acontecer, seria o fato do Corinthians ter uma das maiores torcidas do mundo e, na época, não ter um título da principal competição das Américas.

Outra teoria que surgiu nesse ano foi sobre a conquista da seleção brasileira na Copa das Confederações 2013. Alguns boatos sugerem que a competição tenha sido comprada pelo Brasil. As especulações se iniciaram por conta da péssima atuação da Espanha na final da competição, o que não é costume, já que a ‘Fúria’ é uma das principais seleções do mundo e vinha ganhando todos os torneios que participava. Um perfil do Twitter, que disse ter trabalhado na Fifa, afirmou que a Copa das Confederações foi comprada, assim como, a Copa do Mundo de 2014.

Fonte: R7 notícias

Foto: Divulgação/UFC, Getty Images, Fernando Dantas/Gazeta Press