Rondonópolis/MT,

Delícias que ajudam na perda de peso

Descubra como algumas guloseimas, se consumidas na proporção certa, podem ajudar você a perder aqueles quilinhos a mais. Doces e petiscos podem fazer muito bem à dieta, sim! Pesquisas vieram para tirar essas delícias do banco dos réus e sugerem até benefícios de seus ingredientes para a perda de peso.

QUINDIM
As receitas do doce que levam gema de ovo e leite garantem doses significativas de vitamina D ao organismo. Esse nutriente foi relacionado à diminuição das taxas de açúcar no sangue em um estudo realizado no Irã. “Uma unidade de 20 gramas tem 54 calorias e 48 mg de colesterol. A recomendação diária de colesterol é de até 200 mg, por isso, o doce deve ser consumido com moderação, no máximo uma unidade por semana”, recomenda a nutricionista Patrícia Tomita Fan de São Paulo.

PIPOCA
Ela contém ômega-3, que ajuda a nocautear os níveis de triglicerídeos e do colesterol ruim. Já quando o assunto é valor calórico, a história é outra: um pacotinho de 25 g pode alcançar 110 calorias. “Mas tudo depende do modo de preparo. Recomendo evitar as pipocas de cinema e de microondas. Faça a sua em casa, com 2 colheres (sopa) de azeite de oliva no preparo e 1 colher (sopa) de óleo de coco extravirgem de cobertura. A quantidade? Está liberado um pacote pequeno (25g) por semana”, ensina Patricia.

CHOCOLATE
Um estudo da Universidade de Chung Hsing, em Taiwan — concluiu que o pretinho mata a fome e evita o acúmulo de gordura graças aos ácidos fenólicos do cacau. Outra pesquisa, feita na Universidade de Real de Copenhague, afirma que quem consome um tablete do doce pela manhã ingere 15% a menos de calorias ao longo do dia. “Mas o chocolate deve ser o amargo, com 70% de cacau. Além disso, evite consumir mais de 30 g diariamente”, indica a nutricionista Patrícia Lanzoni, de Curitiba (PR).

ABACAXI EM CALDA
Ideal para ser consumido após um churrasquinho, o abacaxi contém uma enzima chamada bromelina, que melhora a digestão de proteínas animais. Também fornece boas doses de vitamina C e de fibras solúveis (aquelas que garantem mais saciedade e controlam o colesterol). Uma fatia da fruta em calda tem 122 calorias e pode ser consumida uma vez ao dia.

GOIABADA CASCÃO
Seu trunfo é turbinar o prato com vitamina C. Uma pesquisa da Universidade do Arizona sugeriu que o nutriente estimula a queima de gordura durante a atividade física. O motivo é que ele participa da formação da carnitina, substância que encaminha a gordura para as células e a transforma em energia. “A goiabada também fornece fibras insolúveis, que ajudam a espantar a fome”, lembra Patrícia.  Como uma colher (sopa) do doce contém 135 kcal, ela está liberada todos os dias, basta controlar os carboidratos.


Fonte: Oficina da Moda