Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Em nome da beleza homens estão encarando cirurgias muito loucas

Que já há alguns anos que os homens têm se interessado mais pelas cirurgias plásticas, todo mundo sabe. A novidade agora é o tipo de operações que eles vêm procurando. Há procedimentos que modificam desde as regiões clássicas como a barriga, até mesmo outras que mexem nas axilas, saco escrotal e peito.

Implante de bigode: a cirurgia costuma ser dolorosa, e custa cerca de R$ 10 mil. Fora isso, fica uma dúvida: de onde será que vêm os pelos que formarão este novo bigode?
Foto: Reprodução/Thinkstock

O botox normalmente é usado para ajudar na remoção de rugas no rosto, mas ultimamente foi descoberto que ele também consegue “paralisar” as glândulas do suor. Com isso, homens que sofrem com sudorese excessiva agora procuram os consultórios para fazer aplicações da toxina nas axilas. As opiniões médicas se dividem, e há profissionais que acreditam que se trata de um procedimento perigoso, já que o corpo humano “foi feito” para suar.
Foto: Reprodução/Thinkstock

Outro “problema” que os homens acham que têm que resolver: a falta de volume no bumbum. Com a idade, eles naturalmente perdem gordura em diversas partes do corpo, e algumas pessoas começam a sentir a diferença nos glúteos, que já não “enchem” as calças como antigamente. Com isso, os homens agora buscam implantes para a região, ou até mesmo usam gordura de outras partes do corpo para fazer preenchimentos.
Foto: Reprodução/Thinkstock

E por falar em implantes, outra parte do corpo masculino também vêm ganhando novos formatos com o uso de próteses. Com preguiça de malhar até conseguirem o resultado desejado, alguns homens procuram os médicos para fazer um peitoral "de mentira" – e pela bagatela de R$ 10 mil.
Foto: Reprodução/refinedguy.com

Desde a invenção do email, os homens ficaram ainda mais obcecados com a possibilidade de aumentar o tamanho de seus pênis. Falando de maneira prática, não existe nenhum procedimento confiável para modificar o órgão sexual masculino. No entanto, isso não é barreira para que os homens continuem buscando artifícios para conseguir um pênis maior – o que abre caminho para médicos inescrupulosos e suas cirurgias "mágicas”. Recentemente, um morador do estado americano de Delaware decidiu processar seu urologista que, em uma operação, implantou uma bomba inflável defeituosa dentro do pênis do paciente, deixando-o com uma ereção que durou oito meses seguidos
Foto: Reprodução/Thinkstock

E já que estamos tratando da região íntima, é hora de falar de outro procedimento no mínimo estranho. Você sabia que existe uma cirurgia específica para, digamos “alisar” o saco escrotal? Pois é. O paciente procura um cirurgião plástico para sessões de laser que conseguem acabar com rugas, melhorar a aparência da pele e remover pelos e cicatrizes. Ficou interessado? A cirurgia pode ser realizada nos EUA, e não é cara – custa cerca de R$ 1 mil.
Foto: Reprodução/Thinkstock

Já não é preciso se matar na academia para conseguir uma barriga-tanquinho. Uma cirurgia parecida com a lipoaspiração remove gordura entre os músculos abdominais, dando a ilusão do visual tão desejado por nove entre dez homens. Segundo os médicos, para realizar o procedimento é preciso que o paciente tenha a quantidade exata de gordura – nem muita, nem pouca.
Foto: Reprodução/refinedguy.com

Ao que parece, os homens completamente “pelados” já estão saindo de moda – isso porque aumentou a procura por cirurgias de implante de pelos no peito. O procedimento funciona exatamente como o dos carecas que fazem implantes na cabeça
Foto: Reprodução/Thinkstock

Assim como as mulheres que têm seios muito grandes podem procurar um médico para fazer redução de mamas, os homens também têm essa possibilidade. A cirurgia é praticamente a mesma, e ajuda tanto os gordinhos quanto os que sofrem de ginecomastia, uma neoplasia benigna ou maligna que leva ao crescimento das mamas nos homens.
Foto: Reprodução/Thinkstock

O procedimento para engrossar a voz foi desenvolvido para ajudar mulheres que fazem cirurgia de troca de sexo a se adequarem à sua nova realidade após a operação. Agora, homens também têm buscado os consultórios para modificar sua voz original, às vezes muito fina e “pouco máscula”. A operação envolve injetar gordura nas cordas vocais, já que, pela lógica, vozes mais grossas são produzidas por cordas também de maior espessura.
Foto: Reprodução/Thinkstock


Fonte: R7 notícias