Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Chás para bebês

A alimentação dos bebês, até os seis meses de vida, deve ser exclusivamente o leite materno em livre demanda. Porém, após o primeiro semestre de vida, quando começa a fase de introdução alimentar, já é possível incrementar o cardápio do pequeno com sucos, frutas e até chás.

Embora pareçam inofensivos, os chás podem ser prejudiciais para as crianças, já que elas ainda não estão com o sistema digestivo completamente formado e adaptado. Portanto, é importante escolher as ervas reconhecidamente seguras.

Chás ideais para crianças

Além de prezar pela segurança, também é importante analisar as propriedades do chá. Chás com alto teor de cafeína ou substâncias estimulantes não são indicados. Exemplos deles são: chá verde, chá preto e chá mate.

O chá de camomila acalma e é recomendado para bebês com mais de seis meses. Embora não existam comprovações cientificas em relação a sua eficácia, especialistas afirmam que os bebês acalmam pela temperatura do liquido. Portanto, sirva morno.

Como dar chá para meu filho?

Servir líquidos no copinho é uma ótima opção para mamães que querem continuar amamentando ou que se preocupam com a formação da arcada dentária da criança. O chá de erva doce, além de ter propriedades calmantes, ainda tem um sabor agradável e, depois de coado, pode ser servido no copinho para os pequenos.

Quando o bebê pode tomar chá?

Embora a introdução do chá após os seis meses seja positiva, é importante prezar pelas ervas com procedência. Uma dica interessante é criar uma mini-horta. Assim, as folhas ou flores podem ser colhidas na hora para a preparação do chá para bebês.

Entre os benefícios da hortelã estão as ações digestivas. Fazer um chá de hortelã é fácil, rápido e cultivar a plantinha é bem simples. Para preparar, basta ferver uma colher de sopa de folhas de hortelã com 300 ml de água. Coe e lembre-se de servir morno.

Como preparar o chá do bebê

É importante lembrar que o chá não deve servir como substituto da água filtrada. No verão e em dias secos é possível aliviar chá e água. O chá de erva cidreira também é recomendado para crianças, mas como todos os outros, seu uso deve ser com moderação. A média é de 30 ml por dia. Para preparar o chá, acrescente 2 colheres de sopa de erva cidreira em 300 ml de água fervendo, abafe e aguarde esfriar. Coe e sirva morno.

O chá também não pode servir como substituto de nenhuma alimentação. O cardápio perfeito é aquele que alia todos os alimentos de forma equilibrada e saudável. O pediatra pode indicar quais chás são indicados para quais situações e qual a quantidade adequada para seu bebê.