Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

9 dicas para secar medidas após o Ano-Novo



Pernil, peru, chester, maionese, tender, farofa, pavê, rabanada, panetone... Certamente, você se empanturrou com pelo menos um dos itens dessa lista. E agora? O que fazer para reverter o estrago? O site do jornal inglês Daily Mail montou uma lista com passos que você deve seguir para eliminar as gorduras adquiridas durante as festas de fim de ano. Confira.

1. Diminua a ingestão de alimentos que te incham
Comidas como feijões, brócolis, repolho e couve-flor causam fermentação excessiva quando chegam ao trato intestinal – por isso, há a formação de gases na região abdominal, e a desconfortável sensação de inchaço. Maçã, pera e melão, ao contrário, são ricos em pectina, substância que acalma o estômago e mantém os níveis de fibra elevados, contribuindo para o bom funcionamento intestinal.

2. Coma banana, kiwi e morango
Ricas em potássio, essas frutinhas agem como verdadeiros diuréticos no organismo, e aumentam os índices de sal na urina, contribuindo para a diminuição da retenção de líquido.

3. Corte o chiclete
Xilitol, sorbitol e manitol são algumas das substâncias presentes na goma de mascar que aumentam a produção de gases, dificultando a atividade intestinal.

4. Tome chá de aloe vera
Popularmente conhecida no Brasil como babosa, esta erva tem efeito detox, anti-microbiano e anti-viral. Além disso, ela reduz a inflamação nas células do corpo, agindo contra a celulite e melhorando a aparência da pele de uma maneira geral.

5. Diminua a ingestão de laticínios
Um dos principais sintomas da intolerância à lactose é a sensação de inchaço e, mesmo para quem não é intolerante à proteína do leite, reduzir a ingestão de laticínios pode ser um bom primeiro passo para secar, sempre lembrando da importância dos nutrientes dos derivados do leite, como o cálcio, por exemplo.

6. Tome probióticos
Eles facilitam a digestão e melhoram a imunidade, além de reduzirem a produção de gases pelas bactérias intestinais – assim, a barriga fica mais chapada.

7. Relaxe
O stress causa um pico de cortisol e de adrenalina no sistema nervoso, processo que causar um estímulo excessivo da atividade intestinal, levando à formação de gases e à liberação de flatulências. Por isso, invista em atividades que promovam o relaxamento.

8. Faça exercícios que fortaleçam o core
Os músculos mais profundos da região do abdômen compõem o core – com ele fortalecido, a distenção normalmente causada pelas “jacadas” fica diminuída e os efeitos de comer em excesso atenuados.

9. Fale menos ao comer
Conversar demais durante as refeições faz com que engulamos grandes quantidades de ar.

Fonte: Bolsademulher