Rondonópolis/MT,

Seu cachorro come mato?



Antes de tudo, vale frisar que é absolutamente normal que um cão coma grama e outras plantas que estão à disposição dele. Mas por que será que eles fazem isso? Será que existe algum perigo no consumo excessivo de plantas? É importante ficar sempre de olho na frequência e na quantidade de mato ingerido e o ideal é que seu pet só coma plantas de sua casa, para evitar maiores problemas.

Causas que levam o cachorro a comer mato

Dor de barriga no cão é a principal causa para ele comer plantas
Sem dúvida, esse comportamento é bastante intrigante. Para explicá-lo, existem algumas teorias possíveis, listadas abaixo:

1.Dor de barriga nos cães 
A principal e mais comum explicação sobre esse assunto é o mal-estar gastrointestinal do cão. Diversos veterinários defendem que a grama atua como erva medicinal nesses casos.
Então, se você reparou que o seu cão tem ingerido um pouco de grama ou até mesmo as plantas de seus vasos e do jardim, não se desespere: é muito provável que ele esteja sentindo um desconforto gastrointestinal, e tem ingerido essas plantas como forma de remediar o desconforto.
Nessas situações de mal-estar estomacal e/ou intestinal, não é necessário fazer nada. O próprio cão já ingere a planta para que o organismo volte ao normal naturalmente. O que acontece é que a grama é responsável por “irritar” o estômago, com a função de incentivar o corpo do animal a expelir o alimento que o fez mal.

2. Técnica de caça do cachorro 
Existe uma teoria que explica o fato de o cão comer grama quando está caçando alguma presa. Acredita-se que é uma forma que o cachorro encontra para reunir diversas informações sobre o animal que está perseguindo, através do gosto e do cheiro da planta.

3. Suplemento à dieta do cãozinho
Outra teoria interessante é a que compara os hábitos do cão com os de seus semelhantes selvagens. Os lobos e raposas, por exemplo, caçam animais herbívoros e, assim, indiretamente, têm acesso aos nutrientes das plantas.
Acredita-se, dessa forma, que o cachorro possui um desejo instintivo de adicionar grama à sua alimentação, pois, em alguns momentos da sua vida, algumas fibras presentes na planta são necessárias fazendo com que ele instintivamente a ingira. Também é possível observar esse comportamento espontâneo quando o animal come terra, que pode significar a falta de minerais, tais como o cálcio e o fósforo.

4. Pode ser apenas tédio do cachorro
Até mesmo o tédio e a falta de atividade física podem levar o cão a ingerir grama.
“Meu cachorro come grama. Ele pode estar com algum problema?”
Observe com que frequência seu animal tem comido grama.
Apesar de ser muito normal ver um cão comendo grama uma vez ou outra, a frequência pode indicar problemas mais complicados do que um simples desconforto no aparelho digestivo. Assim, caso o seu animal esteja comendo muita grama, por longos períodos de tempo, o ideal é que ele seja levado ao médico veterinário.

Cuidados ao cachorro comer mato

Não deixe seu cachorro comer qualquer mato
É importante sempre observar o local de onde seu cão está pegando plantas para comer. Praças e canteiros podem possuir agrotóxicos ou até mesmo vermes que farão mal ao animal. É possível, inclusive, que ele coma plantas que são tóxicas, podendo até levar o animal ao óbito. Entretanto, a ingestão de folhas é importante para a saúde dos cães para que eles possam eliminar o mal-estar e fazer com que o seu intestino funcione bem.

Para garantir o bem-estar do seu cão, uma boa dica é optar por comprar sementes próprias para isso, vendidas em pet shops, e plantar em sua casa. Dessa forma, seu animal poderá comer as plantinhas quando não estiver bem, sem que você sinta preocupação.
Ainda com dúvida? Procure um especialista!

Fonte: Bolsademulher matéria revisada por um profissional veterinário da Equipe AgendaPet.