Rondonópolis/MT,

Alimentação e desmame




Nos primeiros seis meses de vida, a criança irá precisar de carinho e leite materno. Este alimento é fundamental para garantir um desenvolvimento saudável e prevenir a manifestação de doenças. O bebê mamará com horários livres, principalmente nos primeiros 2 meses; depois deste período, geralmente ele se alimenta de 3 em 3 horas ou de 4 em 4 horas, de acordo com o horário escolhido, e o volume das mamadas pode variar entre 100 e 200 ml, dependendo da idade.
Mas como nem todas as mães podem ficar mais do que 4 meses com os filhos, o ideal é que, a partir do último mês da licença-maternidade, uma nova rotina alimentar seja experimentada. A mãe pode extrair o leite com bombinha e congelar para que outra pessoa ofereça à criança, ou optar pelo desmame prematuro. O desmame é uma fase muito importante para a formação dos hábitos alimentares, pois é nesse momento que a criança conhece a infinidade de sabores que a acompanharão pelo resto de sua vida. Por este motivo, o desmame deve acontecer gradativamente, com a inclusão de determinados alimentos a cada etapa, até mesmo para que as intolerâncias sejam observadas.
Comece a fazer o desmame pelos sucos e pelas papinhas de frutas. Os sucos podem ser oferecidos nos intervalos das mamadas, de preferência pela manhã, e na quantidade que o bebê aceitar. Não é necessário adicionar açúcar; o melhor é habituar a criança ao sabor natural (prefira frutas sem alto teor de acidez). À medida que o volume de frutas for aumentando, a criança diminuirá espontaneamente a mamada.
Uma semana após a introdução do suco de frutas, é o momento de acrescentar as papinhas salgadas. O ideal é começar pelo almoço, e, só depois de a criança estar acostumada, incluir a papinha salgada no jantar. Não é indicado oferecer sobremesas durante o período do desmame.
Lembre-se, o período de desmame vai até o final do 2° ano de vida. Isso quer dizer que seu bebê vai mamar ao seio, junto com o uso de outros alimentos, até esta idade.


Cardápio saudável para o desmame

 Cardápio saudável para o d
O leite fornece a quantidade exata de proteínas e cálcio, mas, no momento que sua quantidade começa a ser diminuída, o crescimento saudável do bebê fica comprometido. Por isso, é aconselhável que a adição de novos alimentos seja balanceada, permitindo assim o suprimento diário de vitaminas e minerais.
O suco de frutas deve ser preparado na hora, e as sobras não devem ser guardadas. O pediatra irá incluir as frutas, uma a uma. As vermelhas entrarão por último no cardápio. A laranja, rica em vitamina C, poderá ser utilizada aos poucos nos primeiros dias da preparação do desmame.
A mistura de mais sabores confunde a criança, e o ideal é que ela comece a acostumar-se com os diferentes gostos. A primeira papinha salgada deve conter 1 ou 2 alimentos diferentes. O ideal é iniciar com legumes como batata, abobrinha e cenoura. Para ajudar as mães de primeira viagem, elaboramos um cardápio. Boa sorte e bom apetite para o pimpolho!

As frutas são indispensáveis na alimentação da criança que está sendo preparada para o desmame, porque através delas podem-se conseguir os minerais e as vitaminas. Geralmente inicia-se com um suco de laranja, podendo-se variar depois da 1ª semana.

Fonte:Hospitalgeral.