Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Caspa. Livre-se dela

Caspa são pequenas escamas que se desprendem do couro cabeludo, de cor esbranquiçada, normalmente secas; às vezes são gordurosas, sendo então chamadas de Seborréia. Pode ter diversas causas, mas destacam-se os problemas digestivos, hepáticos e prisão de ventre, que causam dificuldade de evacuação e que provoca acúmulo de gases e retenção de dejetos intestinais, produzindo impurezas no sangue e febre intestinal, que se manifesta na forma de escamas sobre o couro cabeludo.
Os alimentos refinados e a pouca quantidade de fibras ingeridas são os principais desencadeantes da prisão de ventre e por conseqüência a caspa e a queda dos cabelos. O processo de eliminação da caspa tem que ser tratada de dentro para fora. Os sabonetes e shampoos utilizados para corrigir o problema, tornam-se paliativos externos de higiene, quando a verdadeira causa está no interior do organismo. No entanto, enquanto se equilibra a flora intestinal através de alimentação combinada e equilibrada, podemos sugerir o tratamento externo como segue:


 Tratamentos externos- Utilizar hortaliças e frutas para a correção das causas:

  1. Couve- usar o sumo das folhas, fazendo fricção no couro cabeludo duas vezes ao dia.
  2. Tomate- usar o suco puro, fazendo fricção no couro cabeludo em dias alternados.
  3. Abacate- assar a polpa da fruta e espremê-la através de um pano fino e limpo. Com o óleo, fazer fricção no couro cabeludo duas vezes ao dia.
  4. Figo- amassar 3 figos secos e acrescentar o suco de 2 limões, uma cebola média ralada e um pouco de sal. Bater tudo no liquidificador. Coar e fazer fricção no couro cabeludo duas vezes ao dia.
  5. Limão- usar o suco puro. Fazer fricção no couro cabeludo uma vez ao dia.  
  6.  Babosa- use a polpa das folhas e faça fricção no couro cabeludo duas vezes ao dia.
 
Tratamentos internos. 


  1. Carqueja- fazer o chá das folhas (40 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.
  2. Confrei- fazer o chá das folhas (30 g para 1 litro de água).Tomar 4 xícaras ao dia. Usar o mesmo chá para fricção no couro cabeludo, duas vezes ao dia.

Outros tratamentos recomendados:


  1. Geoterapia (com argila)- Fazer compressa de argila na região do ventre (para retirar a febre intestinal), com duração de duas horas. A compressa pode ser feita usando-se 1 copo cheio de argila misturada com água para que fique com consistência pastosa. Pode-se adicionar algumas gotas de óleo de eucalipto ou chá de camomila ou ainda um pouco da polpa da babosa. Coloque a pasta diretamente sobre o ventre e forre com um pano grande. Envolva a pessoa com um cobertor agasalhando bem. Mantenha os pés aquecidos com uma bolsa de água quente. A compressa deve ter uma duração de duas horas em pacientes com mais de 8 anos de idade. Abaixo disso recomenda-se apenas uma hora de terapia com a compressa. Este tratamento não é recomendável para mulheres durante o período menstrual, durante a gravidez ou em pessoas muito debilitadas.
  2. Hidroterapia- Fazer escalda-pés 3 vezes por semana. Coloque os pés em um balde com água quente durante 4 minutos e depois 1 minuto em um balde de água fria. Repetir o exercício 3 vezes terminando na água fria. Recomendamos também que se beba toda manhã em jejum, 1 copo de água. Tenha boa saúde e bom cabelo.
    6.