Rondonópolis/MT,

Superalimentos: conheça alguns dos heróis da boa saúde

Na hora do almoço, você decide preparar um prato razoavelmente saudável: um filé de peixe, arroz integral, salada de tomate, alface e cebola temperada com um pouco de azeite de oliva e, de sobremesa, alguma fruta picadinha com aveia e mel. Sem sequer se dar conta, você ingeriu alimentos que previnem problemas cardíacos, inibem células cancerígenas, diminuem seu nível de açúcares no sangue e regulam o intestino. Eles fazem parte de um seleto grupo e são conhecidos como superalimentos.

Peixe, tomate, azeite e mel são apenas alguns dos superalimentos que, lá no fundo, sabemos que fazem bem para a saúde, mas quase nunca lembramos de comer. Pois está na hora de revermos nossos hábitos. Segundo a nutricionista especialista em nutrição clínica e esportiva Joana Urzedo Rocha, “os superalimentos são aqueles que possuem em sua composição nutrientes com propriedades benéficas para a saúde de quem os consome com regularidade”.


Os superalimentos não receberam esse apelido à toa. As vantagens do seu consumo regular vão além do simples fornecimento energético. “Eles podem tratar e/ou prevenir doenças, diminuem o risco de infecções, regulam os níveis de colesterol e açúcar no sangue. Além disso, suprimem células cancerígenas, podem deixar nossos ossos mais fortes, aumentar nossa disposição, melhorar o humor, prevenir o envelhecimento precoce das células, entre outros benefícios”, enumera Joana.


Porém, não basta almoçar alimentos super todos os dias se os hábitos de vida também não forem saudáveis. “Para termos os benefícios desses alimentos precisamos consumi-los com regularidade e associados a uma dieta saudável como um todo. Não adianta consumir iogurte com aveia no café da manhã e à tarde comer batata frita e hambúrguer. O ideal é consumir diariamente a maior variedade possível de alimentos considerados super”, explica a nutricionista.


Para ajudar você a preparar sua lista de compras e deixá-la super saudável, a nutricionista Joana Rocha enumerou os 13 superalimentos que não podem faltar na hora das refeições. 

Confira a seguir:

1. Água:

Apesar de não fornecer energia, a água é tão importante para o bom funcionamento do organismo que pode ser considerada um alimento. Ela é indispensável para o funcionamento normal do organismo, pois distribui nutrientes pelo corpo, regula temperatura corporal, ajuda o intestino a funcionar, elimina toxinas através da urina e da transpiração, contribui para hidratação da pele. Por isso, sua ingestão regular nos deixa mais resistentes e faz o organismo funcionar melhor.

2. Aveia:

Se pudesse escolher um alimento com mais poderes comprovados na nossa saúde diria que é a aveia. Ajuda a baixar o colesterol ruim, diminuindo assim o risco de doenças cardiovasculares, normaliza o nível de glicose no sangue e faz nosso intestino trabalhar melhor.

3. Azeite de Oliva
 
Ajuda a reduzir o LDL, que é o colesterol ruim, e pode prevenir doenças cardiovasculares.

4. Soja

 
Atenua os efeitos da menopausa em mulheres, pode prevenir o câncer de mama ou cólon e ainda ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, pois ajuda a reduzir o colesterol ruim.

5. Tomate

 
Ele possui poder antioxidante, reduzindo a concentração de radicais livres, previne o ataque cardíaco por impedir a oxidação de LDL, ainda previne o câncer de próstata.

6. Alho

 
Combate infecções, fortalece o sistema imunológico e pode prevenir alguns tipos de câncer, como, por exemplo, o câncer de próstata.

7. Iogurte

 
Atua na manutenção da nossa saúde óssea e dos nossos dentes por se rico em Cálcio. Além disso, ele possui bactérias benéficas, que auxiliam no funcionamento do intestino, fortalecendo o sistema imunológico e na nossa correta absorção dos nutrientes.

8. Peixe

 
Alguns peixes como salmão, bacalhau e sardinha são ricos em Ômega 3, e por isso previnem doenças relacionadas ao coração ao aumentar nosso bom colesterol.

9. Nozes
 
Frutas oleaginosas, como as nozes, possuem grande poder antioxidante e são ricas em gordura do bem, ajudando a diminuir o acúmulo de colesterol ruim. Porém, por serem ricas em gordura, engordam. Logo, as porções diárias não podem passar de 3 a 4 unidades.

10. Mel

 
Diferente do açúcar, o mel é um adoçante rico em nutrientes. Ele alivia dores de garganta, inibe células cancerígenas e possui propriedades antissépticas.

11. Brócolis

 
Fonte de fibras, minerais e vitaminas, atua na defesa do organismo, previne doenças cardiovasculares e diabetes.

12. Cebola

 
Além de possuir estudos mostrando que previne inúmeros tipos de câncer, podem contribuir diminuindo o colesterol e a pressão sanguínea e ainda pode abaixar o nível de açúcar no sangue.

13. Batata doce

 
Pode prevenir doenças cardíacas, derrames, alguns tipos de câncer e ainda melhorar resistência insulínica, o que pode ajudar a evitar a diabetes.

Fonte:Maisde50