Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Pé de homem também merece cuidados

Já imaginou o sofrimento dos pés masculinos ao permanecerem calçados por longos períodos em calçados inadequados?Na planta do pé há glândulas que produzem suor, o que gera umidade na área interna do calçado.

Durante um dia de caminhada ou após a extensa permanência na mesma posição, os pés chegam a produzir o equivalente à meia xícara de chá, caso o calçado não cumpra requisitos básicos de absorção da transpiração contínua. Tal situação, aliada à ausência de luz e ao fato do sapato ser fechado, implica numa proliferação de fungos, de bactérias e de micro-organismos. Responsáveis diretos por odores indesejáveis - o temível chulé.

Os pés também estão incluídos na lista da beleza masculina. Item muitas vezes negligenciado por ser escondido nos sapatos; pés rachados, grossos, roxos, ásperos e sujos não são nem um pouco atraentes ou saudáveis.

Agora, conheça algumas dicas simples que, se incorporadas no dia a dia farão os pés dos homens lindos, hidratados e saudáveis:

Dicas para o dia a dia

Bons cuidados iniciam com a higienização dos pés
Durante o banho, lave os pés e concentre-se na limpeza minuciosa dos dedos. Terminado o banho, seque bem os pés e aplique talco anticéptico. Como resultado, a pele ficará visivelmente seca, o que diminuirá a intensidade de umidade - diagnóstico comumente observado em pessoas que transpiram muito pelos pés.

Pés higienizados, hora de colocar a meia!
Antes de vestir a meia, verifique se os pés estão completamente secos. Lembre-se que o talco contribui para evitar a umidade. Se necessário, seque novamente a região úmida e aplique mais talco. Feito o processo, vista a meia. Registramos que a meia de algodão absorve com mais facilidade a umidade e, combinada ao talco, também evita o mau cheiro.

Pés higienizados, meia colocada, hora de calçar um sapato confortável
Pés saudáveis precisam de sapatos confortáveis que permitam a respiração podal e prolonguem a sensação de conforto. Escolher um sapato que aperte os pés é um martírio de incômodas dores, principalmente quando a sua profissão exija que você permaneça em pé ou sentado por longos períodos. Além de escolher um sapato confortável para trabalhar, procure substituí-lo à cada seis meses. Este é o período ideal para manter a flexibilidade de um calçado. Faça o teste e perceba como o cansaço nos pés e nas pernas será atenuado.

Faça uma vez por semana:

Banho de imersão
Prepare uma bacia com 2 litros de água morna e 50 ml de óleo corporal com a fragrância de preferência. Permaneça com os pés submersos de 30 a 60 minutos.

Esfoliação
Com um creme esfoliante para os pés massageie suavemente a planta dos pés e sua superfície, estendendo-se até os tornozelos. Dedique-se aos calcanhares, pois estes absorvem grande parte dos impactos e tendem a apresentar rachaduras com mais frequência que outras regiões dos pés.

Higiene
Lave os pés com água morna, removendo todo resíduo oriundo da esfoliação.
Com uma tesoura ou um alicate específico para cortar unhas inicie o processo de corte. Tome cuidado para que as unhas sejam cortadas quadradas com os cantos arredondados. Não remova a cutícula, apenas empurre-as ou retire partes em excesso.
Lixe a área das unhas que foram cortadas e sua superfície suavemente.
Lave novamente os pés e enxugue.

Hidratação
Para hidratar dê preferência aos hidratantes específicos para os pés, pois são ricos em uréia, substância essencialmente importante na dissolução da queratina (produto metabólico das células que recobrem os pés, as mãos, as unhas e os cabelos).
Após massagear os pés com o hidratante sugere-se cobrir os pés com meias de algodão para maximizar o efeito hidratante.

Fonte: Dsconto,Meu pé de conforto