Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Escolhendo sua "barrinha"...

Hmmm ti dilícia de barrinhaaaaaaaargh!! Ah ta... É proteína né?

Engraçado como uma coisa simples como comer uma barra de proteína possa ser um feito tão complexo a ponto de nos fazer parar por 30 minutos para poder escolher um modelo. No Brasil até que é fácil, mas nos EUA, é tão difícil quanto escolher uma camisa num saldão torra torra...

Estou falando isso porque a presença entidade "barrinha" na dieta normalmente é mais para o indivíduo ter um snack do que estar bem alimentado do ponto de vista nutricional, e a presença dela causa uma série de distorções que vão desde a confusão dos alimentos protéicos com as barras de frutas até uma escolha pelo criterioso método "uni-duni-tê".

Do uso da barrinha:

Sua namorada(o) resolve fazer greve de sexo.
O que de pior ela pode fazer? Dormir de calça jeans e jaqueta preta de motoboy virada para o outro lado da cama com tudo apagado ou OU OU OU OU: usar uma calcinha minúscula, deixar um sonzinho ambiente com o abajur na meia luz, reclamar do calor, puxar assunto com você e ficar esfregando a perna na sua coxa?
Pense bem...
Se você nunca fez dieta na vida, encarar uma barrinha é quase como se fosse pedir pra sair, porque o gostinho doce, o chocolate, o prazer ao comer... PRAZER AO COMER? Sim, exato... Selecionamos a barrinha porque ela guarda algum prazer ao comer, a mesma relação entre sua namorada e você... NAO POR CAUSA DO COMER, não me interpretem mal... Mas pelo fato de ser uma relação prazerosa - que alias os namoros tem de ser, ou alguém aqui namora pra ficar brigando, se estressando, atendendo telefone mudo na madrugada, mandando amigo ver onde ela está com quem está e o que está fazendo?


Comer não é muito assim... se você abrisse mão do prazer de comer momentaneamente, fazer dieta seria tão simples quando pegar um taxi que te levaria onde quer que você desejasse, da mesma forma que a dieta pode, e só ela pode, te levar ao físico que você deseja.
Portanto cuidado com a barrinha: você pode estar sofrendo porque quer. Falta prazer? Procure sua namorada. Não tem? Arranje... Não quer arranjar? Bom, daí vai treinar que pelo menos a fissura dá uma acalmada - mas se for treinar com este intuito, use séries altas... Outro dia explico por que...
Mas é assim: se você está em dieta busque prazer em situações prazerosas e não na comida... Lembra que quem quer largar o cigarro simplesmente não se expõe ao vício, mas lembre-se que o fumante não é obrigado a fazer de 3 a 7 fumadas ao dia para sobreviver... De certa forma FOMOS viciados em ter prazer em toda alimentação, só que somos obrigados, para sobreviver, fazer de 3 a 7 refeições diárias, portanto quanto menos você procurar comidas que agucem seu paladar, mais fácil será fazer a dieta...

MOMENTO DE REFLEXÃO: FAZER DIETA DEPOIS DE UM DIA DE DIETA É DIFERENTE DE FAZER DIETA DEPOIS DE DEZ DIAS DE DIETA - LEMBRE-SE DO EFEITO POLIMENTO! CADA VEZ QUE VOCÊ FAZ A DIETA CERTA DEPOIS DE UMA QUANTIDADE INCREMENTAL DE DIAS EM DIETA, ELA FUNCIONA MELHOR, MAIS RÁPIDO E VOCÊ SENTE MENOS VONTADE DE FUGIR DELA - CULTIVE SEU SUCESSO PELA REGULARIDADE OU ENFRENTE SEU FRACASSO PELA INSTABILIDADE...

As Barras de Frutas -

Essas são as esposas do demônio...
Dissimuladas... Cobertas de um granulado safado, feitas de uma palha que parece feno e ricas em açúcar simples de fruta - a frutose - que alem de jogar sua insulina para o teto com força, aumentando sua fome, aumentam a conjugação de triglicérides de cadeia média e a reserva destes na forma de gordura. Elas de fato são o ferra dieta - minam a sua vontade pelo paladar agradável, pelo fator orexígeno da insulina e arrebentam o seu resultado pela ação endócrina da insulina. Cuidado! Elas vêm disfarçadas em pele de cordeiro magro com coisas escritas tipo: NATURAL, FRUTAS FRESCAS, VITAMINAS, e outros anzóis de pescar baleia...

As Barras Protéicas -

Se você vai ceder melhor ceder para algo que te sacie do que para algo que te excite... Já dizia o ditado judeu: se vai fazer uma coisa errada - APROVEITE. Vem cá, cá entre nós vai... Barrinha é uma pequena cagadinha... Já viu amendoim, caramelo ou chocolate de dieta? Pois bem, apesar da barrinha não ser um arrebento total, lembre-se do que te falei: cuidado com a estimulação do seu paladar e a necessidade que você vai criar em saciá-lo...

Da mesma forma que sua namorada estará te provocando ao ficar languida na cama como no início da nossa história, a barrinha vai ficar te namorando e durante o dia você vai consumir ALGUMAS barrinhas, isso se você não der uma derrapada e pegar uma colherada de um docinho depois do almoço achando que tudo bem... Você na situação com sua namorada possivelmente não deitaria de lado: ficaria conversando, tentando convencê-la de que seria muito legal, que é natural e mais um monte de argumentos vencidos porque ela está conquistando o intuito dela: fazer você ficar doido na expectativa, te judiar pela negativa e ainda te dar uma canseira para o dia seguinte por ir prolongando a conversa até altas horas da madrugada a fio... E como ela é boa nisso!

A barrinha é assim: é a mulher pelada do cabra em dieta. Ela vai ficar te lembrando como as coisas são gostosas mas não vai te deixar atingir aquele nirvana de ter sua vontade preenchida.

PORTANTO, PARA ESCOLHER A SUA BARRINHA:

A saciedade é diretamente proporcional a taxa de proteína e de gordura da barrinha e inversamente proporcional a taxa de carboidratos. Qualquer barrinha que tenha uma relação proteína: carboidrato 1:1 ou maior favorecendo o carboidrato vai fazer você ter mais fome e mais vontade de comer doces em geral. Isso aumentará não só sua insulina quanto também sua ansiedade e daí fazer a dieta não será um "sweet ride" e sim um "walking barefooting in hell"....

Não esquente o pote com a gordura - quando mais gordura e proteína, maior a saciedade e o valor nutricional da bicha - dessa forma você pode inclusive usá-la como um substituidor de refeição pela quantidade de calorias e nutrientes construtores.

Esquente muito o pote com açucares e polióis (tipo de açúcar para melhor entendimento vai... - mas na realidade são alcoóis para edulcoraçao e dulcificação - complexo... merece um post só para explicar isso...) - se você tiver duas barrinhas com conteúdos iguais de carboidratos mas com quantidades diferentes de açucares ou poliois, escolha a que tenha menos açúcar/polióis.

Falo para as barrinhas, mas serve para qualquer substituidor alimentar de fonte protéica... Tem um sorvete atualmente cuja proposta é muito legal. Maaaaaaas... Tem relação proteína carboidrato 1:1 e apesar de não ter açucares, tem polióis... 

E por fim, fique esperto... É muito diferente um suplemento protéico de um alimento enriquecido com proteína, ou seja, uma coisa é uma barra protéica que tem gosto de caramelo velho, outra coisa é um chocolate de amendoim com caramelo que algum esperto enfiou um biscoito de proteína no meio... 90% das barrinhas são doces com proteína, e doce por doce meu amigo, tem coisa no mercado que dá no mesmo valor nutricional de um belo milk shake que você pediu para o garçom bater com uma colher de sopa de whey... (e não das muito cheias, hein...)

Fique de olho...

bjão, abração e muita saúde com muito desempenho (e muito prazer, mas do jeito certo...)
(lembra que sexo também é aeróbio...) 

Fonte: Superperformance