Rondonópolis/MT,

Cabelos masculinos tendência 2013: visual retro


Dois cabeleireiros top afirmam: se você quiser ter um cabelo moderno em 2013, tem que apostar nos estilos anos 50 e 60. O estilo vintage está fazendo a cabeça dos homens. É o que mostraram os desfiles de moda europeus e o que afirmam duas feras em cabelos masculinos, Ricardo Cassolari, do salão que leva seu nome, e Luiz Cintra, do salão Emília Borges, ambos de São Paulo. “O visual rockabilly, que esteve em alta em 2012, continua sendo a tendência mais forte em corte masculino este ano”, diz Cassolari. O que o caracteriza são as laterais curtas e um topete mais comprido. “As variantes de penteados são muitas: o topete pode ser colocado para trás, usado para o lado mais bagunçado ou penteado para o lado com gel. O corte é versátil e fica bem em qualquer formato de rosto. O homem fica mais moderno e sofisticado.”

Segundo Luiz, o lance é ter aquelas riscas para os penteados laterais, como as que seu avô usava. “Após anos com a tendência dos cabelos cuidadosamente despenteados, o estilo ‘mauricinho’ está de volta”, diz. Careta? Que nada. O corte pode ficar bem bacana se você pedir para o cabeleireiro deixar a parte de cima mais bagunçada e desestruturada. “Isso já deixa o look bem moderno.”

Arrumar o cabelo é muito fácil. “Gel deixa os penteados mais alinhados”, afirma Luiz. “E cera ou pomada e secador dão o acabamento nos estilos mais alternativos, levantando os fios maiores e preservando o volume em cima.” Abaixo, alguns dos estilos.





Cary Grant
Para você ficar com uma cara mais séria, estilo executivo bem-sucedido, aposte no cabelo penteado para o lado e levemente puxado para trás. “É um corte ideal para homens clássicos, que preferem usar o cabelo arrumado e bem penteado”, diz Luiz Cintra.



Steve McQueen
Este tipo é indicado para quem prefere não cuidar muito dos fios. “Ele é curto com leve assimetria, que não requer muitos cuidados e pode ser facilmente penteado para trás ou para a lateral, sempre reforçando o ar natural do look”, diz Luiz.




Elvis Presley
O topete mais alto tem volume e é penteado para trás. É um corte que pode ser usado por todos os tipos de homens, desde os mais clássicos até os desencanados. “É fácil de arrumar e passa uma imagem bem masculina”, afirma o especialista.



James Dean
Parece o corte democrático, mas tem as laterais levemente mais longas. Também pode ser adotado por homens de qualquer estilo e qualquer profissão. “Se penteado para o alto e estilizado com uma cera ou pomada, o cabelo fica bem jovial. Já penteado para trás ou para o lado com o auxílio do gel aparenta um corte mais clássico.”



Michael Caine
Aqui, a risca do lado é bem marcada, e o topete, volumoso, com laterais bem curtas. “Esse visual é mais indicado para o homem com estilo marcante, porque a diferença dos cabelos curtos da lateral com o fio maior em cima dá um contraste grande”, afirma Luiz.






Fonte: Revista Vip
Fotos do topo: Kadu Niemeyer