Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Máscara de cílios: a escovinha ideal para alongar, dar volume ou deixar o look natural


Tem escovinha de rímel para todos os gostos e necessidades: arqueada, esférica, com cerdas espaçadas... Explicamos qual usar para obter o efeito que você deseja. Toda mulher carrega um rímel na bolsa. Mas, você sabia que você pode conseguir vários efeitos diferentes utilizando as cerdas adequadas para cada momento?

Arqueada
Para quem já tem cílios grandes, porém retos, que crescem para baixo, o maquiador Evandro Ângelo recomenda usar primeiro o curvex. Depois, aplique camadas de rímel com esse tipo de escovinha, que ajuda a curvar ainda mais os pelos e segura o efeito do aparelho. 
Opções:
1- Super Curlacious, Avon
2- Virtuôse, Lancôme

Com cerdas curtas e rígidas 
“Esse modelo é como um pente, pois ordena os fios sem que o produto se acumule neles”, explica Nádia Tambasco, maquiadora do salão Marcos Proença, em São Paulo. Ideal para quem quer um look natural, já que não a longa nem dá volume demais. 
Opções 
1- Máscarapara Cílios Azul AC Make Up, Água de Cheiro
2- Define-A-Lash, Maybelline

Com cerdas espaçadas 
“Elas alongam e destacam os cílios”, diz Evandro. “E o aplicador é fininho o suficiente para capturar os fios desde a raiz e reuni-los em grupos, estendendo-os e definindo-os". A fórmula desses produtos é geralmente menos espessa para não bagunçar os pelos. 
Opções
1- Mascara Volume et Longueur, Anna Pegova
2- Audacious Lashes, Eudora

Com cerdas longas e finas
“É uma escovinha que retém mais produto, permitindo aplicar maior quantidade nos fios. Assim, é indicada para quem quer dar a impressão de cílios volumosos”, explica Evandro Ângelo, cabeleireiro e maquiador do salão C. Kamura, em São Paulo. 
Opções:
1- BADgal Lash, Benefit
2- Plush Lash, M.A.C

Esférica
“As vantagens dessa escovação a liberdade e a precisão. Ela permite a aplicação em todas as direções e alcança os fios inferiores e os que ficam no canto interno”, afirma Nádia Tambasco. Use como complemento de outro rímel que alongue ou dê volume. 
Opções
1- Phenomen’Eyes, Givenchy
2- Telescopic Explosion, L’Oréal Paris

Automática
“Os movimentos de oscilação ou giro funcionam para quem tem pelos curtos, porque os definem desde a raiz”, afirma Evandro. Esse tipo também dá mais volume, já que a rotação faz com que o aplicador deposite o produto mais de uma vez sobre os fios. “O uso pode dispensar o curvex”, diz ele.
Opções
1- Diorshow 360, Dior
2- Volume Fast & Perfect, Bourjois

Fonte: Cláudia
Fotos: Latinstock foto 1, Carlos Cubi fotos 1, 3, 4, 5, 6, 7