Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Conheça os jeitos mais bizarros de morrer!


Nesta galeria, ninguém foi burro o bastante pra ser atropelado por um carro inteligente. Pra entrar aqui, sujeito teve que morrer — e de um jeito bem esquisito!COMO, POR EXEMPLO, COM UMA CAMISINHA ENTALADA NA CABEÇA: Gary Ashbrook, de 31 anos, foi encontrado morto em um incidente bizarro. Ele vestiu um preservativo como se fosse um gorro e esvaziou três latas de óxido nitroso entre a camada de látex da camisinha e suas vias respiratórias. O óxido nitroso, usado como auxiliar em anestesias, deixou o cara tão chapado que ele apagou e morreu asfixiado.

MORREU DE ATAQUE CARDÍACO DEPOIS DE ACORDAR DURANTE O PRÓPRIO FUNERAL
Fagilyu Mukhametzyanov, do Tartaristão, foi declarada morta pelos médicos em junho de 2012, mas não havia morrido. Tanto é que acordou, horrorizada, no meio do próprio enterro. O choque foi tamanho que ela morreu — desta vez de verdade — de ataque do coração. Ela tinha 49 anos e seu marido processou o hospital que a declarou morta da primeira vez .

ESMAGADA POR UMA PLACA DE PUBLICIDADE
Diane Durre, de Nebraska (EUA) morreu depois que uma placa de 23m caiu em cima da caminhonete em que ela estava. O poste que sustentava a placa se partiu por causa do vento e despencou de uma altura de 4,5 m. Diana havia marcado de se encontrar — a placa era a referência do encontro — com um casal que viria adotar filhotes da sua cachorra. Os filhotinhos sobreviveram e foram adotados posteriormente.

ATROPELADO PELO CORTADOR DE GRAMA
Um sueco de seus quarenta e poucos anos estava cortando a grama do jardim de sua casa com um daqueles cortadores que parecem mini-tratores. Segundo testemunhas, por causa do mato alto, ele não percebeu que se dirigia para um barranco e acabou caindo de lá com cortador e tudo. Na queda, as lâminas do cortador — que permanecia ligado — caíram por cima dele mutilando seu corpo de maneira devastadora.

MORREU POSANDO PARA FOTO DE CASAMENTO
 Na véspera do seu casamento, em agosto de 2012, a noiva resolveu fazer uma sessão de fotos no alto das quedas de Dorwin, uma imensa catarata que fica em Rawdon, norte de Montreal, no Canadá. Foi a própria noiva quem escolheu a locação, mas, durante as fotos, a pobre coitada se desequilibrou e caiu do penhasco. Seu corpo só foi encontrado quatro horas depois e as duas pessoas que testemunharam o caso entraram em colapso e ainda hoje recebem apoio psiquiátrico.

O HOMEM QUE MORREU DENTRO DA PRÓPRIA COVA
A história trágica de David Pendleton começou quando sua mulher morreu. Aos 77 anos, o baque foi grande e ele passou a se comportar de modo estranho. Poucos dias depois de ficar viúvo, Pendleton foi encontrado, armado e alterado, do lado da cova que mandou para cavar para si mesmo, ao lado do túmulo da mulher. De dentro da cova, que já havia sido ornada com uma lápide em seu nome, Pendleton apontou a arma para o policial e disse que só sairia de lá morto. O policial ordenou a Pendleton que abaixasse a arma, mas ele não obedeceu. O oficial abriu fogo e Pendleton caiu morto ali mesmo, ao pé de seu próprio túmulo.

NADANDO COM PIRANHAS ASSASSINAS
Um garoto de 18 anos chamado Oscar Barbosa pulou de sua canoa em um rio infestado de piranhas em Rosario Del Yalta, nordeste da Bolívia e foi devorado. Segundo testemunhas, ele estava bêbado. As autoridades classificaram a sua morte como suicídio baseado no fato de que ele conhecia o rio e sabia do risco que corria ao pular da canoa.

POR COMBUSTÃO ESPONTÂNEA
Ninguém sabe dizer exatamente como Danny Vanzandt, de 65 anos, morreu. O irmão dele, Aaron, disse que encontrou o corpo gravemente queimado na cozinha, por voltas das 11h00 e chamou as autoridades.  O corpo de Vanzandt passou por autópsia e ninguém foi a capaz de apontar o que foi que começou o fogo, mas os legistas cravaram: ele não botou fogo em si mesmo.

POR PICADURA DE COBRA
Nos Estados Unidos há um tipo de charlatão que é muito comum. É o tipo de "milagreiro" que faz números com cobras e jura que nada vai acontecer com ele. Mack Wolford era um desses até que, em maio de 2012, ele se sentou ao lado da gaiola em que deixava a cobra que usava em seus números e levou uma picada na barriga. Ele acreditou que nada aconteceria com ele e se recusou a ir ao hospital. Quando seu estado de saúde piorou, seus parentes o levaram para a ala de emergência do hospital de West Virginia, mas já era tarde demais.

MORREU NA CAMA COM OUTRA MULHER (E UM CARA!)
William Martinez morreu em março de 2009 enquanto participava de um triângulo amoroso com sua amante e mais um cara. Se foi ruim para a família dele saber do caso que o cara tinha, houve, ao menos um lado bom. Eles ganharam cerca de R$ 6 milhões de indenização porque processaram o cardiologista de Martinez, alegando que ele não alertou ao paciente que evitasse exercícios físicos ou esforços prolongados.

MORTO POR PRODUTO DE SUA PROPRIEDADE
Uma coisa é você comprar um carro e morrer em um acidente automobilístico. Outra coisa é comprar a empresa que fabrica o veículo e, logo depois, ser vítima do próprio produto. Foi isso que aconteceu com Jimi Heselden que, em 2010, comprou a Segway Inc., que fabrica o veículo de mesmo nome (retradado acima). No mesmo ano, ele sofreu um acidente fatal com um Segway.

ATINGIDO PELO CORPO DE UM SUICIDA
Uma suicida pulou do oitavo andar de um prédio em Viladecans, perto de Barcelona, na Espanha, e caiu em cima de um ucraniano de 50 anos, que passava na rua, logo abaixo. A mulher morreu na mesma hora e o ucraniano chegou a ser levado para um hospital, mas não sobreviveu. A mulher dele, que andava ao seu lado, escapou com ferimentos leves.

TESTANDO VIDRO SUPOSTAMENTE INQUEBRÁVEL
Garry Hoy, um advogado canadense de 38 anos, estava recebendo visitantes em seu escritório e resolveu mostrar para eles que sua vidraça era inquebrável. Para isso, ele atirou seu corpo contra a vidraça. Seu corpo bateu e voltou, mas o vidro estalou. Quando ele tentou a segunda vez, descobriu que o estalo havia sido porque a vidraça havia desencaixado de sua moldura e, assim, ambos caíram — Hoy e a vidraça — de uma altura de 91 m até a dura superfície de concreto da frente do edifício onde ficava seu escritório, em Toronto.

ACERTOU UM TIRO EM SI MESMO DURANTE AULA DE SEGURANÇA COM ARMAS
Em março de 2013, Brian J. Parry ilustrou a palavra "ironia" ao acertar um tiro na própria cabeça durante um curso de segurança no porte de armas.

AFOGADO EM CHOCOLATE DERRETIDO
Vincent Smith II trabalhava em uma fábrica de chocolate em Nova Jersey (EUA) e escorregou enquanto colocava pedaços de chocolate dentro de uma caldeira de derretimento. Ele caiu dentro do tanque que continha uma imensa quantidade de chocolate derretido a uma temperatura de 50ºC e, atingido por uma das pás que misturam o chocolate, ficou inconsciente. Ele ficou submerso em chocolate quente por dez minutos antes que o socorro chegasse e o retirasse de lá, mas já era tarde demais.

Fonte: Oddee,R7 notícias
Foto: Reprodução/Oddee