Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Pelo de cachorro precisa de cuidados para ficar bonito e saudável


Os pelos dos animais não servem só para deixá-los bonitinhos e fofos. Eles têm uma função importante para a saúde do animal, pois ajudam a regular a temperatura do corpo. Por isso, é preciso tomar cuidado com o tipo de produto utilizado, além de adotar alguns hábitos em casa.

Segundo a proprietária do pet shop Pet da Pri, Priscila Daud, a escovação diária é imprescindível para manter a beleza e a saúde da pelagem do cão. “Isso elimina os pelos mortos e contribui para o nascimento de novos fios. Além disso, evita que o pelo fique embaraçado”, explica. O processo deve ser feito com um pente de metal resistente ou de aço inoxidável, para evitar machucar o animal. A profissional também indica banhos semanais, que garantem a saúde da pelagem e a higiene do cãozinho. Veja como tratar o pelo do seu animal:

Como remover manchas?

Cachorros de pelo escuro podem ficar avermelhados se ficarem muito tempo expostos ao sol, pois os fios queimam. Para reverter o quadro, recomenda-se hidratação e banho com shampoo tonalizante. Já os cães de pelo claro podem ficar amarelados devido ao acúmulo de sujeira. Neste caso, a indicação são os shampoos e condicionadores branqueadores.

Crédito: Shutterstock

Como evitar os nós
“Hidratação quinzenal feita em pet shop ajuda muito. Existem vários tipos, por isso deve-se observar se a pele do animal é oleosa, seca, se os pelos são quebradiços, etc.”, recomenda Priscila. Para desembaraçar a pelagem, a indicação é usar uma boa quantidade de condicionador ou produto para hidratação e escovar bem durante a secagem. “Se o nó está muito rente à pele, o ideal é cortar. Já o animal que está com mais de 30% do pelo com nó deve ser tosado com máquina zero, pois o processo de desembolo é dolorido e traumático”, explica a especialista.

Tosar no calor: sim ou não?
Muitos proprietários pensam que devem tosar seu bichinho no calor para que ele “não sofra tanto”, mas, segundo Priscila, isso é um mito. A tosa higiênica deve ser feita mais alta apenas na barriga, porque, ao deitar-se, o animal troca calor com o piso, o que ajuda bastante a refrescar. “Só recomendamos a tosa em cachorros de pelagem dupla, como o pastor belga e o husky siberiano, por conta do histórico, já que são animais que foram criados no frio”, esclarece.

Para refrescar o cachorro no verão, vale servir água fresca com uma pedrinha de gelo, mas sem exagero. Deixe o animal deitar onde quiser e mantenha o ambiente refrescado, tomando cuidado apenas para não deixar o ventilador muito próximo ao cão, uma vez que seus olhos podem ficar ressecados.

Crédito: Shutterstock

Pelo caindo sobre o olhinho: cortar ou não?
Algumas raças, como o lhasa apso e o shih tzu, têm uma pelagem mais compridinha próxima aos olhos. Segundo Priscila, ela é importante para proteger os olhinhos e não deve ser cortada. Se isso acontecer, o pelo crescerá mais grosso e comprido e se juntará às secreções dos olhos, podendo bater na córnea e provocar feridas. Se você já cortou o pelo desta região, a recomendação é limpar os olhinhos todos os dias com algodão umedecido e aparar os fios, no mínimo, a cada 20 dias.

Alimentação conta?
Conta. “O ideal é sempre comprar a ração premium ou super premium, que são mais caras, mas têm um bom custo-benefício. A longo prazo, é possível perceber diferença na pelagem e menor acidez na lágrima e saliva, evitando, consequentemente, manchas amarelada na região dos olhos e patinha, caso o animal tenha mania de lamber”, recomenda a especialista.

Fonte: Bolsa de Mulher