Rondonópolis/MT,

Cuidado com o Dr. Google!

Qualquer dúvida sobre saúde e lá vai você pesquisar na internet. Cuidado! Ainda que muito eficaz, o Google não é um médico. Teve uma dor de cabeça daquelas? Se der um Google, vai descobrir que pode tanto ser stress quanto vista cansada, enxaqueca... Até um tumor cerebral. Bem-vinda à era da informação fácil. A internet ajuda você a encontrar o caminho para casa. E anda sendo usada também para autodiagnosticar problemas de saúde.

Por isso, é difícil resistir à infinita quantidade de sites sobre o assunto na rede. Segundo uma pesquisa desenvolvida pela estudiosa Wilma Madeira, da USP, esse é um dos temas mais procurados na internet. Ela conta que 83% dos 116 participantes (52% eram mulheres entre 18 e 60 anos de todo o Brasil) procuram informações médicas e 85% voltam a fazer pesquisas online depois de visitar o doutor em carne e osso. Segundo Wilma, não é que os pacientes duvidem dos médicos. Mas as consultas estão cada vez mais rápidas e alguns têm vergonha de perguntar até esclarecer todas as dúvidas.

E é aí que entra a internet. Está tudo lá. A preocupação dos especialistas é que a prática leve ao autodiagnóstico e à automedicação. "Conhecer melhor a doença é importante", diz o neurologista Abram Topczewski. "O perigo está em se acomodar com os dados da internet e não procurar um especialista. Ou entrar em pânico sem motivo real. Colocamos a rede e os médicos frente a frente em cinco questões de saúde. Veja o resultado!

“ Tenho uma pinta que está crescendo. Pode ser câncer de pele?"
Dr. Google diz: "Se você tem mancha, verruga ou pinta com bordas irregulares, que esteja aumentando ou mudando de cor, cuidado. Se não for percebida a tempo, pode evoluir para um sintoma de câncer de pele."

“O médico diz: A informação é alarmante”, fala Cristina Abdalla, dermatologista do Hospital Sírio-Libanês (SP). "Mas, como o sucesso do tratamento depende do diagnóstico precoce, é prudente ir ao médico." Segundo ela, se for encontrada uma irregularidade na pinta, observam-se assimetria, tipo de borda e coloração. "É preciso estar alerta quando a pinta coça, sangra ou vira uma ferida que não cicatriza." Aí, é hora de marcar consulta com urgência.

 “Tenho medo de pegar gripe suína. Adianta tomar vitamina C?"
Dr. Google diz: "O risco de epidemia da gripe suína é grande. Para ficar longe dela, use máscaras, saia pouco de casa, coma alimentos que contenham vitamina C para dar resistência ao corpo, evite grandes aglomerações e cumprimentar com beijos, abraços e apertos de mão."

O médico diz: Não existe comprovação científica de que a vitamina C seja capaz de combater a influenza A (H1N1)", responde Fernando Motta, virologista do Laboratório de Vírus Respiratórios e Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz. Ela é importante para melhorar o sistema imunológico. Porém, não adianta consumi-la em excesso, pois a sobra é eliminada na urina. O virologista recomenda ler as orientações sobre a gripe no site do Ministério da Saúde.

"Dói quando faço xixi. Será cistite? O que devo tomar?"
Dr. Google diz: "Eu estava assim há alguns dias, tomei Sepurin e melhorou. Pode ser infecção urinária ou coisa do tipo.”

O médico diz: "Só um médico pode receitar medicamentos. A consulta virtual indicou um analgésico que alivia a dor, mas não trata", fala Miriam Dambros, urologista da clínica Célula Mater (SP). Pode ser cistite. Porém, apenas um urologista é capaz de detectar o causador da infecção e prescrever o antibiótico indicado.

 “Engordei! É culpa da pílula?"
Dr. Google diz: "Sim. Muitas mulheres engordam quando tomam pílula."

O médico diz: "Eu começaria a investigação pela pílula, mas vários fatores provocam aumento repentino de peso", fala João Soares, endocrinologista da Unifesp. Um médico pode checar se o anticoncepcional que você toma é dos antigos, com muita progesterona, que têm esse efeito. "Eliminada a possibilidade, eu suspeitaria de mau funcionamento da tireoide", alerta. Outras possíveis razões: síndrome de ovário policístico ou até stress.

 “Tenho muuuita dor de cabeça. Pode ser uma doença séria?"
Dr. Google diz: Se a cabeça dói, pode ser enxaqueca ou culpa das tensões do dia a dia. Se o incômodo persistir, talvez seja mais sério: meningite ou tumor cerebral.

O médico diz: A análise é simplista. "Dor de cabeça é sintoma de 300 doenças", fala o neurologista Abram Topczewski. "Pode indicar hipertensão, hipoglicemia, sinusite, tumor cerebral, problemas de visão... Um especialista investigará com mais precisão.”

Busca saudável
Quer saber mais? Confie em sites oficiais ou de médicos renomados, como estes:

www.saude.gov.br
: O site do Ministério da Saúde fornece orientação sobre vários males.

www.sbce.med.br: Alimentado pela Sociedade Brasileira de Cefaleia, esclarece mitos e verdades sobre o mal e indica médicos.

www.drpastore.com.br
: Tem artigos de saúde do cardiologista do Incor Carlos Alberto Pastore.

www.inca.gov.br: O Instituto Nacional de Câncer, órgão do Ministério da Saúde, apresenta táticas de prevenção e detecção de vários tipos da doença.

www.fiocruz.br: A página da Fundação Oswaldo Cruz, vinculada ao Ministério da Saúde, tem glossário de doenças e entrevistas com médicos de várias áreas.

www.drauziovarella.com.br
: Contém artigos do médico oncologista e entrevistas com outros experts, além de dados sobre doenças, gravidez, qualidade de vida.


Fonte: M de Mulher