Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Os mitos e verdades sobre malhação

Quando se trata de dieta e musculação, nem sempre o que funciona para os outros pode funcionar para você. Além de arriscado, o treino sem indicação profissional pode prejudicar e até atrasar seu objetivo, ao invés de aperfeiçoá-lo. Um dos fatores que contribuem para isso são os inúmeros mitos que envolvem a prática da atividade física.

Segundo o clínico geral e fisiologista do exercício João Pinheiro (SP), é preciso ficar atento ao que é mito e verdade para evitar aquele ‘truque’ que seu amigo ouviu falar que funciona. “O primeiro passo para quem deseja entrar na academia é fazer uma avaliação física antes e durante a programação de atividades físicas.

Ela permite ao professor analisar dados e informações importantes sobre o aluno e, a partir deles, montar um programa de exercícios personalizado de acordo com as necessidades do aluno”, afirma.

Ele esclarece o que é real e o que é balela sobre malhação:

Abdominais queimam a gordura abdominal
Mito. O exercício trabalha os músculos da região, fortalecendo-os e deixando definidos. Porém, o que realmente elimina a gordura do corpo são os exercícios aeróbicos, como a corrida, caminhada, futebol e dança, entre outros. “Os abdominais ajudam no processo de troca de gordura por massa magra, mas não reduzem a gordura da região”, diz João.

Você só emagrece se malhar cinco vezes por semana
Verdade. Para obter um resultado satisfatório, é necessário praticar exercícios físicos ao longo da semana e intercalar dois dias para descanso. No entanto, o volume e a intensidade do treino devem variar conforme o objetivo de cada aluno.

A queima de calorias só começa a partir de 20 minutos de exercício
Mito. Qualquer atividade física gasta calorias, mas, para emagrecer, este gasto precisa ser grande. “Se você corre por dez minutos, queimará a quantidade de calorias correspondentes ao tempo de exercício praticado”, conta o fisiologista.

Quanto mais suor, maior o emagrecimento
Mito. Suor não é sinônimo de queima de gordura. “Se você se pesar após a atividade física, pode até notar uma alteração no ponteiro da balança, mas não significa que você emagreceu. Basta hidratar o corpo que logo o peso voltará ao normal”, revela o profissional. O ideal é que sejam consumidos dois goles d’água a cada cinco ou 10 minutos de atividade física para evitar desidratação.

Músculos são mais pesados que gordura
Verdade. Os músculos, de fato, pesam mais que gordura. “Algumas pessoas notam o ponteiro subir na balança mesmo quando investem na malhação, pois o peso corporal pode aumentar à medida que você treina e ganha massa muscular”, ressalta João.

Malhar em jejum emagrece
Mito. Praticar exercícios sem estar bem alimentado faz com que o corpo queime massa muscular sem perder gordura. Além disso, você corre o risco de perder a força e até desmaiar. “Antes de malhar, é importante comer uma fonte de carboidrato leve, como pão, com um suco ou uma fruta. E alimente-se a cada duas horas para repor o que foi perdido durante o treino”, aconselha.

Sentir dor depois do exercício é sinal de que está funcionando
Mito. É normal sentir dores após os primeiros dias de treino. No entanto, se a dor continuar, pode ser sinal de que você está pegando pesado demais.

Quem malha precisa ingerir suplementos alimentares
Mito. Geralmente, não há necessidade de recorrer aos suplementos alimentares. A pessoa que ingere estes produtos sem necessidade corre o risco de ganhar quilinhos extras.


Fonte: iTodas