Rondonópolis/MT,

Truques para engravidar: o que é mito e o que é verdade?

Quando uma mulher resolve engravidar e encontra alguma dificuldade, o que não faltam são conselhos e dicas para ajudar a acelerar o processo. Mas será que existe mesmo alguma forma eficaz ou tudo não passa de crendice? A ginecologista Elza Almeida, da Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase), esclarece o que é mito e o que é verdade.

Transar todos os dias no mesmo horário
Se o casal sente prazer de ter essa rotina, tudo bem, mas o período fértil de uma mulher é somente nos dias próximos e no dia da ovulação, ou seja ela pode até transar diariamente, mas somente vai engravidar se ovular. Um dos sinais de que a ovulação está para ocorrer é a presença de um muco vaginal mais abundante, tipo “clara de ovo”. Outra prática antiga é medir a temperatura diariamente antes de se levantar da cama. Quando ocorrer uma elevação de aproximadamente um grau centigrado ocorreu a ovulação. Esses conhecimentos ainda podem ser usados.

Fazer a posição ‘papai-e-mamãe’ com uma almofada para levantar o bumbum
Isso é um mito que se baseia na anatomia da mulher e tem certo fundamento. Quando ela está deitada de barriga para cima, a vagina fica numa posição inclinada em que o fundo vaginal e o colo uterino ficam mais em baixo, formando um “lago seminal”. A almofada sob o bumbum, acentuaria essa inclinação. Depois da transa, os espermatozoides ficam depositados nesse local no fundo da vagina, e sua permanência mais tempo daria mais chance e mais facilidade para entrarem pelo colo uterino e alcançarem as trompas, encontrando o óvulo. Nas trompas é onde ocorre a maior parte das fecundações.

Fazer tabelinha e transar nos dias férteis
Verdade, esse é o canal! Cada mulher tem uma fase mais fértil. O primeiro passo é conhecer o ciclo e fazer um calendário menstrual. O primeiro dia da menstruação é o primeiro dia do ciclo. Marque no calendário e faça isso durante uns três ou quatro meses, anotando de quantos dias é o seu ciclo. O normal é que um ciclo tenha entre 25 e 35 dias. Sabendo quantos dias tem seu ciclo, no dia em que menstruar assinale o dia da próxima menstruação. O dia mais provável da ovulação será o 14o dia, contando para trás. O período fértil gira em torno de três dias antes e três dias depois da ovulação.

Tirar férias, viajar e fugir do estresse
Sim, é verdade. Os hormônios (estrogênio, cortisol e outros) são produzidos por glândulas endócrinas, mas sua produção é controlada por sustâncias estimuladoras de sua secreção, em glândulas ( hipófise e hipotálamo) no cérebro. Assim, o estresse, a alteração no sono, assim como os hábitos alimentares que não observam um equilíbrio entre a ingestão gorduras, carboidratos e proteínas, e o excesso de exercício ou atividades físicas, podem influenciar o ciclo menstrual e alterar, mesmo que transitoriamente, a fertilidade. Um período de férias para descansar, colocar o sono em dia, aproveitar para reformular hábitos e atitudes pode favorecer.

Começar a tomar ácido fólico
Verdade. O acido fólico é uma vitamina do complexo B, a vitamina B9, e está presente em alguns alimentos como espinafre, brócolis, couve manteiga, agrião e outras verduras verdes, amendoim, nozes, grão de bico, fígado de boi e gema de ovo. Não tem qualquer contra indicação, não causa enjoo e nem engorda. E é importante no processo da divisão celular, ou seja, principalmente enquanto o embrião está se formando, prevenindo má formação fetal e outros problemas. O ideal é que toda mulher, antes de engravidar, inicie uma suplementação de acido fólico e se mantenha tomando um comprimido ao dia até a 12a semana de gravidez.

Cuidar do peso
Os quilos a mais podem dificultar uma gravidez. O excesso de tecido gorduroso no corpo facilita o depósito de um tipo de hormônio estrógeno na gordura corporal e, como consequência, pode influenciar o ciclo menstrual e a ovulação regular. O ideal é haver uma orientação alimentar e conscientização da importância de manter-se com um peso adequado à sua altura, aliados ao hábito de exercícios físicos, o que certamente melhorará  sua fertilidade.

Fonte: iTodas