Rondonópolis/MT,

Confira 7 usos inusitados para a forminha de gelo

Esses objetos quase tão antigos quanto à própria geladeira podem muito mais do que apenas fabricar gelo. A primeira geladeira doméstica foi fabricada em 1913, e revolucionou a vida doméstica. A possibilidade de armazenar os alimentos sem que os mesmos estragassem rapidamente mudou radicalmente os hábitos alimentares em todo o mundo – e, atualmente, é quase impossível imaginar como seria a vida humana sem a maravilhosa ajuda desse eletrodoméstico.

É claro que, com a inovação trazida pela geladeira, vieram outras mais, como a fabricação doméstica de cubos de gelo, por exemplo. As famosas “forminhas” são quase tão antigas quanto a própria geladeira e quebram um belo galho quando o assunto é resfriar bebidas.

Assim como a geladeira, as formas de gelo também evoluíram ao longo do tempo. No entanto, mesmo se tornando cada vez mais modernas e práticas, ainda podem ser usadas para muito mais do que apenas fabricar gelo.

1 – Organize seu material de escritório
Clipes, grampos, borracha, tachinhas e outras miudezas utilizadas no escritório não precisam mais ficar jogados por aí. Os compartimentos da forminha de gelo proporcionam uma organização óbvia, embora inusitada. Além disso, o ambiente fica mais descontraído.

2 – Saiba onde estão seus brincos e anéis
As formas de gelo também podem ser úteis para organizar e separar suas bijuterias. Cada par de brincos fica em um quadradinho, assim como os anéis, que podem ser guardados individualmente ou aos pares.

3 – Pare de procurar moedas pela casa
Que tal um lugar no qual você possa não apenas guardar as moedas que encontra pela casa, mas também separá-las de acordo com seu valor? A forma de gelo pode ser a solução. Acostume-se a colocar nela toda moeda que estiver “perdida” nos bolsos ou pelos cômodos da sua casa.

4 – Congele condimentos na quantidade certa
Oito cubinhos de uma forma de gelo equivalem à medida de um copo, mais ou menos. Isso significa que, se você picar seus condimentos e congelá-los nos compartimentos da forminha, poderá utilizá-los na quantidade certa – e como bem entender.

5 – Chá gelado, mas não aguado
Congele o chá na forminha de gelo. Os cubinhos formados serão úteis quando você fizer um chá e quiser consumi-lo gelado rapidamente. O gelo feito do próprio chá evita que o novo chá fique “aguado”. O mesmo princípio serve para os sucos, por exemplo: basta fazer gelo do próprio suco, para que ele não fique aguado depois.

6 – Organize a caixa de costura
Botões, pedaços de linha, alfinetes e miçangas ficam perfeitamente organizados se forem armazenados em formas de gelo.

7 – Caixinhas de ferramentas úteis
Pregos, parafusos, porcas e outras miudezas que habitam as caixas de ferramentas podem perfeitamente ser guardadas em forminhas de gelo, para facilitar o acesso a elas no dia a dia. Essa dica vale, principalmente, quando uma pecinha se solta de um objeto ou móvel e você não tem como consertá-la naquele momento. A forma serve, então, de depósito temporário, para que a peça não se perca até que possa ser novamente colocada em seu devido lugar.
Não tenha medo de usar a criatividade. Se você parar para pensar por cinco minutos, sem dúvida será capaz de encontrar inúmeros outros usos para a forminha de gelo. Quando isso acontecer, compartilhe conosco nos comentários: para quê, além de fazer gelo, você usaria as forminhas?


Fonte: Dicas de Mulher