Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Maximize seus músculos corrigindo sua postura

Muitas pessoas sofrem com dores nas costas e o grande causador deste problema pode ser a má postura. Por isso, fique atento ao foco da dor e se ligue nos alongamentos que podem corrigir seu posicionamento e de quebra fazer seus músculos aparecerem.

Analise seu alinhamento

Para analisar sua postura o primeiro passo é tirar fotos. Peça para alguém tirar fotos de você de corpo inteiro, uma de frente e outra de lado, de preferência vestindo apenas shorts para que você possa visualizar com mais exatidão as “linhas” do seu corpo. Ao posar para foto mantenha seus músculos relaxados e os pés na largura do quadril.  Agora, com as fotos em mãos, veja se você se enquadra em alguma das situação abaixo e descubra como resolver o seu problema.

Cabeça para frente

Onde dói: seu pescoço
O problema: rigidez muscular na parte de trás do pescoço
Correção: alongue seu pescoço diariamente usando apenas sua cabeça, deixe cair o queixo para baixo e em direção a seu pescoço e mantenha a posição por 5 segundos, em seguida gire o pescoço para os dois lados tentando relaxar a região; faça isso 10 vezes.


Ombros elevados

Onde dói: pescoço e ombros

O problema: seu trapézio é encurtado (músculo que começa na parte de trás do seu pescoço e corre através da parte superior das costas)

Correção: com um dos braços por trás de suas costas, incline a cabeça para o lado oposto até sentir o alongamento na parte superior do trapézio. Aplique uma leve pressão com a mão livre sobre a sua cabeça, para forçar a região. Mantenha a posição por 30 segundos e repita 3 vezes.


Ombros arredondados

Onde dói: pescoço, ombro ou costas

O problema: os músculos peitorais apertadas

Correção: coloque seu braço contra o batente da porta na posição na posição “L” e com o cotovelo estendido até sentir o alongamento no peito e na frente de seus ombros. Mantenha a posição por 30 segundos e tente fazer este movimento quatro vezes por dia.


Inclinação pélvica

Onde dói: parte inferior das costas (por causa do arco mais pronunciado em sua coluna lombar). A inclinação também muda a sua postura e “empurra” seu estômago para fora, mesmo que você não tenha um pingo de barriga essa má postura pode te fazer parecer barrigudo.

O problema: os flexores do quadril, que lhe permitem mover suas coxas até seu abdômen, estão apertados.

Correção: De barriga para baixo, dobre as pernas para trás até sentir a frente de seu quadril esticar confortavelmente. Alcance seus pés com suas mão e puxe suas pernas. Segure esta posição por uma contagem de 30 segundos e repetir 3 vezes.


O problema: glúteos fracos

Corrigi-lo: A ponte de glúteos é a sua solução. Deite de costas com os joelhos dobrados cerca de 90 graus. Aperte os glúteos juntos e empurre os quadris para cima até que seu corpo fique reto, como uma prancha. Mantenha por 5 segundos e faça 2 ou 3 séries de 12 repetições diárias.


Pés de pombos (pés fechados)

Onde dói: joelho, quadril ou parte inferior das costas

O problema: músculos externos da coxa apertados

Corrigi-lo: em pé, cruze as pernas e incline-se para o lado oposto do lado dolorido até sentir seu quadril se estendendo confortavelmente. Mantenha a posição por 30 segundos. Repita 3 vezes.

Pés de pato (pés abertos)

Onde dói: quadril e parte inferior das costas

O problema: Você não tem flexibilidade em todos os músculos em seus quadris.

Correção: Tente a bola suíça. Com a pélvis apoiada sobre a bola suíça, fique na posição de flexição. Dobre suas pernas para frente tentando trazer a bola para frente. Role a bola de volta para a posição inicial. Faça 2 ou 3 séries de 12 repetições por dia.


Fonte: Revista Men’s Health