Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Funk milionário: favela é coisa do passado

O funk sempre foi conhecido por descrever a vida nos morros, principalmente os cariocas, e falar sobre a vida das classes mais baixas. Não é questão de preconceito, mas de cultura mesmo. O batidão também fez fama por causa da conotação sexual, além de falar sobre violências nos bailes. Mas, isso ficou em segundo plano com a chegada do funk ostentação.

Agora a moda é falar de luxo, é esnobar e falar sobre produtos que até então estavam longe do público em questão. Isso porque o funk começou a atingir as classes mais altas.

Veja quanto os funkeiros gastariam para ter tudo o que eles cantam nas músicas. Tem hit que chega a acumular mais de R$ 3 milhões em um único refrão. Haja ostentação...

MC Pocahontas quer um cara rico para gastar com roupas, carro e beleza. E para conquistar o coração da "mulher do poder" só com muitas posses... 
Assista ao vídeo de Mulher do Poder, de MC Pocahontas

Na música do MC Danado, quem está em alta na turma tem que ter carro caro, moto e dinheiro para esnobar no relógio da marca Rolex. Para sair em um "rolê" precisa pouco mais de R$ 340 mil para ser o "top do momento"... 
Assista ao vídeo de Top do Momento, de MC Danado

Já Guimê sabe que para agradar uma "novinha" é com carrão e moto e, claro, muita grana no bolso... 
Assista ao vídeo de Plaquê de 100, de MC Guimê

E para chegar e parar tudo, MC Boy do Charme dá a lista: camiseta de marca cara, cordão de ouro no pescoço, vários carros importados e até um jet ski. Separa a grana que para ser o cara na ronda precisa desembolsar mais de R$ 700 mil... 
Assista ao vídeo de Quando Eu Chego Eu Paro Tudo, de MC Boy do Charme

O garoto é novinho e é o Justin Bieber brasileiro, mas na hora de esnobar ele tem a letra mais cara do funk. Também, com iate, Lamborghini e Ferrari na mesma música fica difícil competir...
Assista ao vídeo de Ela Quer, de MC Gui

Fonte: R7/entretenimentos

Fotos: Arte R7