Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Tipos de sombras: conheça as diferenças

Sombra em pó, cremosa, líquida ou compacta? Os olhos bem maquiados costumam ser o destaque da produção, seja no dia ou à noite. Para não ter erro, é importante não só escolher a cor da sombra, mas também conhecer as variadas texturas e saber o jeito de aplicar. Tudo isso faz muita diferença no resultado final. Os maquiadores Dudu Castro, do salão Crystal Ipanema, e Raphaella Bahia, do Studio Longevitá, no Rio de Janeiro, explicam as características de cada tipo de sombra.

Sombra em pó

Possui fórmula leve que desliza suavemente pelas pálpebras e proporciona uma aplicação ultrassuave, com acabamento natural. “Algumas meninas têm problemas com esse tipo de sombra, pois podem cair partículas nos olhos e causar irritação. Uma dica é usar um lencinho em baixo dos olhos na hora da aplicação para não borrar, e até para demarcar melhor aquele cantinho”, sugere Dudu.

Uma das vantagens da sombra em pó é a cor mais intensa, por isso é mais indicada para a noite. “Ela deixa o aspecto de tom mais intenso, ideal para quem quer que a sombra realce na maquiagem”, diz Raphaela.

Para aplicar, encoste o pincel na sombra e depois tire o excesso com batidinhas na mão. Outra possibilidade é diluir a sombra em água, assim fica mais fácil de aplicar e tem o mesmo efeito.

Sombra cremosa
Tem a textura cremosa, secagem rápida, desliza facilmente sobre a pálpebra, mas e tende a se acumular nas dobrinhas da pálpebra. Para evitar que isso aconteça, procure sempre misturar com outro tipo de sombra, em pó ou compacta. Outra desvantagem é que ela derrete facilmente, por isso deve ser evitada em maquiagens de longa duração.

Sombra compacta

As grandes vantagens é que ela não espalha tanto como o pó solto, acabamento mais aveludado, ótima fixação e não borra. A cor não fica tão intensa e deixa os olhos com aspecto mais natural. “Esse tipo de sombra dá a liberdade de fazer vários efeitos, tudo vai depender da maneira que ela é aplicada”, afirma Raphaela.

Sombra líquida
Não é indicada para os olhos muito fundos, pois acaba se depositando entre as pálpebras. A aplicação da sombra líquida deve ser feita com a ponta do dedo, espalhando com leves batatinhas. Mas para ter um efeito transparente, deve-se utilizar um pincel molhado. A maioria das sombras liquida são à prova d’água.

Pigmentos
São bons para fazer esfumados no canto dos olhos e é o tipo mais indicado para se trabalhar com as cores escuras. A desvantagem é que pode acumular nas linhas de expressão, por isso é preciso ter cuidado ao aplicar.


Fonte: Bolsa de Mulher