Rondonópolis/MT,

Tudo sobre a dieta Dukan

A dieta Dukan é um tipo de dieta da proteína que é dividida em 4 fases, pela qual se permite emagrecer cerca de 5 kg só na primeira semana. Confira os alimentos permitidos, os proibidos e como funciona cada fase desta dieta.

1ª fase da dieta Dukan: fase de ataque
Na 1ª fase da dieta Dukan só é permitido comer os alimentos ricos em proteínas. Não é permitida nenhuma fonte de carboidrato e nenhum doce.
  • Alimentos permitidos: carnes magras, grelhadas, assadas ou cozidas sem adição de gordura, kani, ovos cozidos, peito de peru defumado, iogurte natural ou desnatado, leite desnatado, queijo cotagge. Deve-se comer sempre 1 colher e meia de farelo de aveia por dia, pois ela sacia a fome, e 1 colher de bagas de Goji, pelo seu poder depurativo.
  • Alimentos proibidos: todos os carboidratos como pão, arroz, macarrão, frutas e os doces.
Esta fase dura de 3 a 7 dias e nela perde-se de 3 a 5 kg.

2ª fase da dieta Dukan
Na 2ª fase da dieta Dukan se introduz na alimentação alguns legumes e verduras, mas não é permitido comer nenhum carboidrato e nenhum outro doce além da gelatina light, para não comprometer o emagrecimento. Os legumes e as verduras devem ser consumidos crus ou cozidos em água e sal. Eles devem ser temperados com uma mínima quantidade de azeite e limão, com ervas finas ou com vinagre balsâmico.
  • Alimentos permitidos: tomate, pepino, rabanete, alface, cogumelo, aipo, acelga, berinjela e abobrinha.
  • Alimentos proibidos: alimentos ricos em carboidratos, doces e frutas.
Atenção: nesta 2ª fase, deve-se intercalar 1 dia comendo só proteína e outro dia comento proteína, legumes e verduras, até completar 7 dias. No dia em que comer só proteína coma também 1 colher de bagas de Goji e, nos outros dias, 2 colheres.
Nesta fase, que dura até 1 semana, perde-se de 1 a 2 kg.

3ª fase da dieta Dukan: etapa de manutenção
Na 3ª fase da dieta Dukan se pode comer carnes, legumes, verduras e se acrescenta 2 porções de frutas por dia, 2 fatias de pão de forma integral e 1 porção de 40g de queijo, de qualquer tipo.
Pode-se comer 1 porção de carboidrato 2 vezes por semana, que pode ser: arroz integral, macarrão integral ou feijão. Além disso, pode-se ter 2 refeições completas onde se pode comer qualquer alimento que já tenha sido consumido nesta dieta, acompanhado de uma taça de vinho ou de cerveja.
  • Alimentos permitidos: proteínas, legumes, verduras, 2 frutas por dia, pão integral, queijo.
  • Alimentos proibidos: arroz, macarrão e feijão mais de 2 vezes por semana e todos os outros farináceos. Frutas proibidas: banana, uva e cereja.
Esta fase deve durar 10 dias para cada 1kg que o indivíduo queira perder. Ou seja, se o indivíduo quer perder ainda mais 10 kg, esta fase deverá durar 100 dias.

4ª fase da dieta Dukan: para manter a forma.
Na 4ª fase da dieta Dukan é preciso ter 1 dia por semana no qual se come somente carnes magras e leite desnatado, fazer 20 minutos de exercício físico por dia, abandonar o elevador e subir e descer sempre de escadas, e ingerir 3 colheres de farelo de aveia por dia, sempre.
  • Alimentos permitidos: todos os já citados anteriormente e é obrigatório comer 3 porções de frutas por dia.
  • Alimentos proibidos: doces e carboidratos mais de 2 vezes por semana.
Nesta dieta é preciso beber, no mínimo, 2 litros de água por dia, para garantir o bom funcionamento intestinal e conseguir eliminar bastante toxinas. Outros líquidos permitidos são chá, café sem açúcar nem adoçante e refrigerante zero, com moderação.

Passo a passo da dieta Dukan
Para saber quantos dias deve durar cada fase da dieta Dukan, o Dr. sugere:
  • Para quem quer perder 5kg: 1 dia na 1ª fase;
  • Para quem quer perder de 6 a 10 kg: 3 dias na 1ª fase;
  • Para quem quer perder de 11 a 20 kg: 7 dias na 1ª fase. O tempo que vai demorar nas outras fases vai variar conforme a perda de peso do indivíduo.
Os únicos doces que se pode comer nesta dieta são o pudim de ovos com leite desnatado do Dr. Dukan e a gelatina light sem açúcar.

Vantagens da Dieta Dukan
Não há limitação de quantidade de alimentos a serem consumidos, somente os tipos de alimentos são restritos.

Desvantagens da Dieta Dukan
A Dieta Dukan pode ser uma alternativa para quem deseja uma perda de peso rápida, contudo vale lembrar que há um grande risco de ocorrer um reganho de peso também rápido.

Os carboidratos são as principais fontes de energia do corpo, a exclusão deles como recomendado pela dieta pode promover quadros de tonturas, fraqueza e desmaios. Além disso, como o consumo insuficiente de carboidratos o corpo tende a converter gordura em energia acarretando na liberação de corpos cetônicos, componentes que em altos níveis podem ser prejudiciais às células.

Devido ao elevado consumo de alimentos de origem animal, como carnes e produtos lácteos a quantidade de gordura saturada e colesterol ingerida é muito elevada, o que contribui para aumentar os níveis de colesterol ruim (LDL-colesterol) e favorecer ao entupimento de vasos sanguíneos podendo acarretar em quadros de aterosclerose, e aumento do risco de infarto e AVE.

O grupo amina contido nos aminoácidos que compõem as proteínas é eliminado pelos rins. O excessivo consumo de proteínas pode ocasionar um aumento significativo na quantidade de amina a ser eliminada promovendo, consequentemente, uma sobrecarga renal. Se essa situação permanecer por longos períodos, há o risco do desenvolvimento de insuficiência renal.

O desconforto gástrico pode também ser uma queixa entre os adeptos de dietas ricas em proteínas como a Dukan. Esse desconforto pode estar relacionado ao demorado processo de digestão de proteínas e gorduras. Alimentos ricos nesses nutrientes apresentam uma digestão mais complexa o que os deixa no estômago por mais tempo, favorecendo o desconforto gástrico.

Apesar das recomendações sugeridas na última fase, a Dieta Dukan não transmite a seus adeptos conceitos de alimentação saudável e equilibrada, portanto não há mudança de hábitos alimentares e consequentemente não há reeducação alimentar, dificultando assim a manutenção do peso.