Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Cuidado com os pombos: eles podem te atacar

Pombos estão em todos os lugares. São pequenos, se alimentam de qualquer coisa e conseguem voar. Ainda bem que eles não fazem mal pra gente, correto?
É aí que você se engana, meu amigo...
Todo cuidado é pouco. Eles são muitos, ferozes e voam!

Eles podem vir em números pequenos, apenas para fazer a escolta.

Ou podem montar uma grande unidade de ataque. A destruição é certa.

Eles não perdoam ninguém, nem mesmo crianças.

Algumas delas não têm a menor ideia do perigo que correm.

Aqui podemos ver, com exclusividade, algumas fotos dos ataques.

Eles são impiedosos e não tem medo de causarem danos com requintes de crueldade.

Ainda não se sabe a verdadeira causa de sua invasão, mas seus números parecem infinitos.

Identificamos na China uma grande concentração dos animais, mas nenhum ataque em grande escala foi feito no país. Ainda.

Suas armas mancham nossos veículos, e em grande número podem atrapalhar a visibilidade no trânsito.

Além de causar doenças, o que é uma clara utilização de armas biológicas e uma clara mostra de desobediência ao Tratado de Genebra.

Eles usam seu pequeno tamanho e aparente fofura para serem alimentados gratuitamente por seres humanos.

Pelo bem da humanidade, para que tenhamos chance de vencer esta guerra, não alimente os pombos.

Eles são rápidos e não poupam ninguém.

Se aproveitam do pânico que causam em alguns para compensar seu pequeno tamanho.

Poderíamos lutar se não nos desesperássemos em face à presença das aves.

Mesmo poucos deles podem fazer um grande estrago.

A estratégia deles é clara: dividir para atacar os mais fracos.

Com seu pequeno tamanho e peso conseguem chegar sem que percebamos.

Podem nos atacar enquanto menos esperamos, até enquanto dormimos, então esteja atento...

Eles estão sempre de olho!

Fonte: AcidCow, R7
Foto: Reprodução/AcidCow