Rondonópolis/MT,

Fantásticas piscinas públicas

Sucesso absoluto em vários países da Europa, Austrália e nos Estados Unidos, a piscina pública é uma ótima opção de lazer para grandes concentrações urbanas que estão localizadas longe de um rio ou mar próprio para o banho. Não é preciso dinheiro para aproveitar. Todas são abertas, basta chegar e mergulhar. Agora, se a primeira imagem que lhe vem à cabeça é um tanque de água abarrotado de gente, o melhor é rever imediatamente os seus conceitos.

1) Blue Lagoon, Grindavík, Islândia - Mesmo com o clima frio, a água desta piscina é naturalmente quente. Por isso, ela fica aberta sempre e recebe 400 mil visitantes por ano. O complexo existe desde a década de 1970, mas em 1999 passou por uma grande reforma e ganhou SPA, sauna e restaurante.

2) Bondi Baths, Sydney, Austrália - Localizada em Bondi Beach, na Austrália, esta piscina pública está aberta todo o ano desde 1929. De dimensões olímpicas e lado a lado com o Mar da Tasmânia, a piscina de água salgada costuma ter a temperatura mais fria que a do mar, devido à sua construção em betão e, em dias mais quentes, é uma bela pedida!

3) Pamukkale, Hierapolis, Turquia – Pamukkale,  que em turco significa Castelo de Algodão, é uma montanha coberta por rocha branca calcária, que há milhões de anos é esculpida pelos sulcos de água que ali correm e que lhe concederam um aspecto único de rara beleza. As águas termais brotam do chão à 35 graus e formam piscinas de água azul turquesa.

4) Badeschiff, Berlim, Alemanha – Em alemão, Badeschiff significa literalmente “navio de banhos”, nome mais do que apropriado para esta piscina pública de 27 metros que ocupa uma embarcação no Rio Spree, no centro da cidade de Berlim.

5) Kastrup Søbad, Copenhagen, Dinamarca – Edificada em 2005, essa piscina pública fortificada resguarda os nadadores dos ventos mais desagradáveis, proporcionando, simultaneamente, uma vista maravilhosa do Mar Báltico.

6) Thermae Bath Spa, Bath, Inglaterra – Única fonte termal do Reino Unido, onde você poderá desfrutar de um banho quente e da vista das edificações históricas de Bath.

7) Piscine Josephine Baker, Paris, França – Piscina flutuante com teto retrátil localizada no mítico rio Sena, em frente à gigantesca biblioteca François Mitterrand. Ela capta a água do rio que passa por um tratamento para, depois de ser utilizada, ser devolvida tratada ao mesmo rio, sendo assim um elemento importante de purificação das águas.

8) Gellért Thermal Baths, Budapeste, Hungria – Com uma arquitetura impressionante e uma história que data do início do século XX, a verdade é que as águas medicinais que caracterizam esta piscina pública (aliás, todo o seu complexo) remontam ao século XV. Hoje, as maiores atrações são, sem dúvida, a piscina efervescente que, posicionada sob um gigantesco telhado de vidro, se estende ao longo de 30 metros.

9) Hamilton Pool, Austin, Texas – Embaixo de uma cachoeira de 15 metros e cercada por enormes placas de calcário, essa piscina está localizada na área de preservação Balcones Cayonlands Preserve. Desde 1960, a piscina tem sido uma área de recreação e natação para os visitantes e moradores de Austin. Como a água da piscina não é tratada quimicamente, o monitoramento é constante para garantir a qualidade da água para o banho dos turistas.

10) Harbour Bath Islands Brygge, Copenhagen, Dinamarca – A revitalização do porto de Copenhagen deu origem a uma piscina pública inusitada no centro da cidade. A população nada em meio a docas, rampas para barcos, falésias e até mesmo um farol estilizado.

11) Kits Pool, Vancouver, Canadá – É a maior piscina em extensão do país, com 137 metros de comprimento. Aquecida e salinizada, é uma das atrações turísticas mais procuradas da região.

12) Venetian Pool, Flórida, Estados Unidos – Com inspiração na arquitetura de Veneza e 3 milhões de litros de água que são trocados todos os dias, essa piscina pública é um ótimo lugar para quem quer aproveitar um domingo com a família e mergulhar em águas doces.

Fonte: Hypeness