Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Pit bulls: os cães são maus ou os proprietários são ruins?

Aqui estão algumas fotos que fará você pensar diferente sobre pit-bulls. Lembre-se: “Julgue o feito, não a raça.” A administração Obama acabou de se pronunciar contra a legislação para raças específicas, o que é um grande triunfo para vários cachorros e os donos que os amam.

1. Pit-bulls são estereotipados como uma raça maldosa e não confiável.
Via Flickr: 81065540@N00

2. Qualquer pessoa que olhar para este rosto pode dizer que embaixo dele não há nada além de amor.
Via Flickr: 43713155@N06

3. Ninguém merece ser julgado pelo seu estereótipo.
NINGUÉM NA MINHA FAMÍLIA É "INERENTEMENTE PERIGOSO"
4. Vamos lá, olhe para esse sorriso.
Via Flickr: 95024670@N00

5. Infelizmente, sua força e suposta insensibilidade à dor gera a exploração dos humanos e eles são obrigados a brigar.
Via Flickr: 14856755@N00
Também existe um rumor que os pit-bulls têm “mandíbulas que trancam”, o que os torna uma raça assustadora. Enquanto esses cães têm mandíbulas fortes, elas não se trancam, fisiologicamente falando. Isso é uma característica comportamental específica do próprio cachorro e não é atitude da raça como um todo.

6.… O que é de cortar o coração quando você percebe que violência não é da sua natureza, mas meramente uma característica ensinada a eles.
Via Flickr: 95024670@N00

7. Devido ao fato de que pit bulls têm sido criados para serem “cachorros de briga”, eles podem necessitar de um pouco mais de socialização e amor e carinho quando filhotes.
Via Flickr: 82328600@N00
8. Lembre-se: Não existem raças ruins, apenas maus (ou desinformados) donos.
Via Flickr: 95024670@N00

9. A raça é frequentemente reconhecida como leal.
Via Flickr: 95024670@N00

10. Vamos parar e falar sobre esse herói que tomou um tiro pelo seu dono.

Não se preocupe! Ele sobreviveu.

11. Um pouco de amor para abraçar.

12. E sorria!

13. Eles têm alguns dos melhores sorrisos do mundo.

14. O AKC confirma a propensão da raça à “coragem e inteligência”.

15. Diz a lenda que eles dão grandes abraços.

16. E amam e respeitam as suas mães como toda criança deveria.

17. Nós já paramos e falamos sobre os seus sorrisos?

18. Esse pit bull com os seus melhores amigos - gato e pintinhos - deveriam fazer você duvidar da sua suposta “inerente natureza violenta”.
Assista o vídeo aqui!

19. Pit bulls são ansiosos para agradar os seus humanos.

20. Alguns são muito educados.

21. Alguns são mais legais do que você jamais será…

22.… Muito mais legais.

23. Mas eles vão sair com você do mesmo jeito.

24. Vários donos adoradores de pit bull afirmam que os seus cachorros têm um ótimo senso de humor.

25. Eles certamente não têm medo de serem derp-tásticos.

26. Ei, lembram quando isso aconteceu?

E só vai ficando melhor…

…E melhor…

E, meu Deus, um pintinho na cabeça dele?

No seu fuçinho??A PACIÊNCIA!

O amor!

O seu coração já explodiu?

Sim, isso é a vida real e sim, ele é um pit bull.

27. Aqui tem uma mostrando a sua forma preferida de brigar.
Via imgur.com

28. Um dos vários exemplos de pit bulls participando de amizades entre espécies.

29. Eles na verdade são extremamente pacientes.

30. O que faz deles ótimos cachorros de família.

31. Fiona Apple, sobre a sua pit bull, Janet: “Ela é minha melhor amiga e minha mãe e minha filha e minha benfeitora, e foi ela que me ensinou o que é o amor.”

32. Essa pit bull mostrando os seus filhotes para a sua bebê humana nos faz sentir muitas coisas.

33. Basicamente, pit bulls podem ser os seus melhores amigos.
texasgirly1979 / youtube.com / Via imgur.com
Assista o vídeo aqui!

34. Então talvez nós todos devemos pensar duas vezes antes de julgar essa raça inteira…

35. E dar o amor que eles merecem.

36. Será que a gente consegue só mais um “Awwwww”?
TexasGirly1979 / youtube.com / Via giphy.com
Assista mais vídeos de Sharky, o pit-bull aqui.

37. Awwwwwwwwww

Achei esse artigo excelente, vale a pena ler: Ética e Pitbulls


Este post foi traduzido por usuarios de Duolingo, um serviço que ajuda estudantes de idiomas praticar suas hablidades traduzindo textos do dia-a-dia para suas línguas maternas.