Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Três receitas de sangria muito refrescantes

Destaque nas mesas espanholas - e presença já garantida em vários restaurantes e bares daqui -, a sangria nasceu humilde, da mistura de algum vinho tinto local barato, pedaços de frutas da estação e um pouco de açúcar ou de mel. Com o passar do tempo, foi ganhando fama e se sofisticando com receitas mais complexas, que incluem novos sabores e outras bebidas.

Hoje, a sangria pode ser feita à base de espumante, vinhos branco ou rosé e ainda levar licor ou um destilado, como rum ou conhaque. "Também dá para incrementar com certas especiarias, como zimbro ou amburana, que lembra o gosto da baunilha", sugere a chef Lígia Karazawa, sócia do restaurante Clos de Tapas, em São Paulo. Assim como os pratos elaborados por ela, que são uma livre interpretação da cozinha espanhola, as sangrias servidas na casa fogem ao Bubbly sangria lugar-comum. Nas misturas há ingredientes inusitados, como calda de maracujá e gelo feito com polpa de açaí.

A seguir, você encontra versões saborosas e frescas, perfeitas para o verão. Uma delas, batizada com o mesmo nome do restaurante, é o carro-chefe da carta de drinques e contém licor e rum, além de vinho tinto - dispensado nas outras duas receitas, criadas com exclusividade para CLAUDIA. Ambas são interpretações para o clericot, a sangria preparada com vinho branco ou espumante. Em uma, entram uma dose generosa de limão-siciliano e licor da mesma fruta. Segundo Lígia, é uma bebida perfeita para harmonizar com comidas mais fortes e untuosas, como a carne de porco. "A acidez ajuda na digestão", justifica a chef.

Bubbly sangria, Sour Clericot, Sangria Clos de Tapas.
Foto: Carlos Cubi

Bubbly sangria
· Você vai precisar de:

20 mililitros de água
1 caixa de morango
4 maçãs em cubos
3 laranjas, sem casca, em cubos médios
5 kiwis em cubos
1 xícara de licor de laranja
gelo a gosto
750 mililitros de espumante.

· Modo de preparo:
Bata a água com os morangos. Transfira para uma jarra, junte as demais frutas e o licor. Adicione gelo, complete com o espumante e sirva.
Rende 4 taças de 300 mililitros.

Sour Clericot
· Você vai precisar de:

1 abacaxi em cubos
200 gramas de uva verde cortada ao meio
6 limões-sicilianos sem casca, em cubos
1 xícara de licor de limão-siciliano
gelo a gosto
750 mililitros de vinho branco (sauvignon blanc ou chardonnay)
350 mililitros de soda limonada.

· Modo de preparo:
Em uma jarra, junte o abacaxi, a uva e o limão. Acrescente o licor e gelo a gosto. Despeje o vinho e depois a soda. Misture e sirva
Rende 4 taças de 300 mililitros.

Sangria Clos de Tapas
· Você vai precisar de...

Para o gelo:
100 mililitros de água
200 gramas de polpa de açaí
2 colheres (sopa) de açúcar

Para a calda:
150 gramas de açúcar
150 mililitros de água
200 gramas de polpa de maracujá

Para a sangria:
1 manga tommy cortada em cubos
500 gramas de lichia em calda picada
4 grapefruits ou laranjas-baía, sem casca, cortadas em cubos pequenos
1 xícara de licor de pêssego, 1 xícara de rum ouro
750 mililitros de vinho tinto cabernet sauvignon ou Bordeaux.
Gelo a gosto

· Modo de preparo

Prepare o gelo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador, despeje em uma fôrma de cubos de gelo com 12 compartimentos e leve ao freezer.

Prepare a calda:
Em uma panela, derreta o açúcar mexendo até caramelizar. Aos poucos, acrescente a água, mexendo sempre, até dissolver o açúcar e obter uma calda com consistência ligeiramente grossa. Reserve. Bata a polpa de maracujá no liquidificador e coe para retirar as sementes. Leve a polpa coada de volta ao liquidificador, junte a calda de açúcar e bata até obter uma mistura homogênea. Em outra panela, leve ao fogo baixo até reduzir a quantidade para um terço do total.

Prepare a sangria:
Disponha as frutas no fundo de uma jarra. Acrescente o licor de pêssego, o rum e a calda de maracujá. Adicione o vinho e misture. Sirva com pedras de gelo comum e três unidades do gelo de açaí em cada taça. Rende 4 taças de 300 mililitros.

Fonte: M de mulher

Foto de capa: Silvia Santana