Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Conserve suas roupas usando o cabide correto

Cabides são essenciais para evitar que alguns tipos de roupas amassem dentro do armário e facilitam bastante o dia a dia. Contudo, se não forem adequados ao tipo de tecido e modelo de roupa, os cabides podem acabar deformando a peça. Escolher o modelo certo evita que a roupa esbije, ganhe marcas de pregador, desfie ou até mesmo fique escorregando do acessório.

A personal organizer Ingrid Lisboa lista os principais tipos de cabide e ensina quais os mais indicados para cada tipo de roupa.

Cabide de arame 
É o tipo mais barato e, por isso, comumente usado por lavanderias. Fino e frágil, o cabide de lavanderia é aquele que costuma estragar a roupa e deve ser evitado ao máximo. “É o pior vilão dos cabides e não deve ser usado para pendurar roupas de nenhum tipo”, ressalta Ingrid.

Cabide de acrílico 
Segundo a personal organizer, o cabide de acrílico em tamanho médio é o que acomoda melhor a maioria das peças femininas. “O único contra desse material é que ele escorrega, mas para resolver esse problema basta colar um pedaço de feltro no cabide”, ensina Ingrid. Roupas com ombreira precisam de um cabide no formato anatômico para evitar deformação.

Cabide de madeira 
De acordo com a especialista, os cabides de madeira são os mais resistentes, mas também encabeçam a lista dos mais caros. “Ocabide de madeira é mais caro e ocupa mais espaço, mas é uma boa escolha”, resume a personal organizer. Contudo, segundo ela, a conservação da peça em cabides de madeira é a mesma do cabide de acrílico. Esse tipo de cabide é adequado para roupas bem-pesadas, como casacos.

Cabide com pregador 
Difíceis de pendurar em cabides tradicionais, shorts e saias são as peças de roupa mais indicadas para cabides com presilha. De acordo com Ingrid, esse tipo de cabide também é indicado para roupas com um ombro só e para visualizar melhor calças no guarda-roupa. “É muito importante que a presilha seja de silicone, porque os demais materiais marcam a roupa”, ensina ela.

Cabides cobertos com tecido 
Cabides enfeitados com tecido deixam o guarda-roupa mais charmoso. Se a ideia for revestir velhos cabides com tecido, aproveite para pendurar neles roupas de tecido fino, como seda, que desfiam facilmente em contato com outro tipo de material.

O que não colocar em cabide 
A personal organizer destaca que algumas peças de roupa não devem ser colocadas no cabide. "Por causa do tecido, algumas roupas não podem ficar penduradas, como peças tricotadas, principalmente em linha ou naquele material de acrílico que imita lã. Peças em jersey também não devem ser penduradas", completa.


Foto: Thinkstock