Rondonópolis/MT,

5 series que tiveram finais decepcionantes

Você passa meses, às vezes anos, da sua vida seguindo fielmente uma história pela TV. E sim, é difícil dar adeus a uma série de TV que gostamos muito, mas isso fica muito mais difícil com um final frustrante. É muito comum que de tempos em tempos uma atração termine de uma maneira que desagrade os fãs, mas o pior é que os roteiristas parecem não aprender com os erros alheios e continuam estragando o momento da despedida.

Muitos finais já dividiram o público, como “Seinfeld” (1998), “Dawson’s Creek” (2003) ou “The Sopranos” (2007), e parece que não vamos nos ver livres deste tipo de decepção. Isso porque, nos últimos cinco anos, tivemos pelo menos cinco finais péssimos para séries de grande sucesso.

Acompanhe a lista com os 5 piores finais de séries da atualidade:

HOW I MET YOUR MOTHER (2005 - 2014)
Tudo bem que alguns queriam mesmo que o Ted ficasse com a Robin e que meio mundo já teorizava isso, mas não é bem o destino dos personagens que incomodou tanto os fãs no final de "How I Met Your Mother",  mas sim a correria. Depois de anos esperando para conhecer a tão falada mãe, Tracy McConnell nos foi apresentada na última temporada, que mostrou um único final de semana durante 22 episódios. Então, no último capítulo: Robin e Barney se casam, se separam; Ted conhece Tracy, tem os filhos e ela morre; os personagens chegam até o ano de 2030, Ted se declara para Robin e eles ficam juntos (ou não). Sim, tudo isso em um único episódio.

24 HORAS (2001 – 2010)
Pior que um final em que acontecem muitas coisas, é um final em que não acontece nada. Todos esperavam uma grande despedida para Jack Bauer, mas o último episódio não teve nada de extraordinário, nem parecia um final. Pois bem, pode ser que neste ano os fãs terão um bom desfecho, já que a série voltou (vai ver foi por isso que terminou dessa maneira) para um especial, “24: live another day”, transmitido no Brasil pelo canal por assinatura Fox, nas terças, às 22h30.

LOST (2004 - 2010)
Como não falar de um dos finais mais odiados de todos os tempos? O suspense prendeu o público com muitos mistérios - teve fumaça misteriosa, urso polar em ilha tropical, Iniciativa Dharma e muitas coisas inexplicáveis -, que geravam teorias e mais teorias. Eram realmente muitas pontas soltas para amarrar e os fãs ficaram com elas bem soltinhas mesmo. Isso porque não deu pra engolir que eles simplesmente estavam mortos e tudo se resolve com alguma explicação sobrenatural. 

DEXTER (2006 - 2013)
Muitos fãs se perguntavam: será que descobrem a verdade sobre Dexter e ele vai ser preso? Será que ele morre? Será que ele finalmente vai ter um final feliz em paz? Não, não e não. O final de Dexter realmente surpreendeu, mas porque ninguém achava que poderia ser tão ruim. Ou alguma vez você imaginou o seu anti-herói favorito abandonar o filho com a assassina Hanna Mackay em Buenos Aires, matar a irmã (que estava em estado vegetativo), forjar a própria morte, para virar lenhador e terminar sozinho, sabe-se lá onde – seguimos esperando uma razão plausível para isso.

HEROES (2006 - 2010)
Não dava para esperar muito do final de uma série que foi ficando cada vez pior ao longo dos anos.  A trama foi ficando gigante, com muitos núcleos e também começou a colecionar pontas soltas. Só os fãs mais fiéis resistiram até o fim, esperando uma boa reviravolta, a qualidade do primeiro ano da atração, mas a recompensa não foi das melhores. O fim era daqueles que não parecia fim e deixou todos se perguntando por que assistiram até ali. A série também vai ganhar uma minissérie,  prevista para 2015.

Fonte: Guiadasemana por Luísa Venter redatora