Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Saiba quais são os principais erros na hora de aplicar o protetor solar e como corrigi-los

O verão está se aproximando, as temperaturas subindo cada vez mais e os programas de fim de semana passam a ser na praia ou piscina em baixo do sol. Além de curtir, é importante proteger a pele para evitar queimaduras e envelhecimento precoce. Mas, às vezes, você passa o produto e sente que não fez efeito? Isso acontece porque você pode estar cometendo alguns erros na hora de aplicá-lo. A versão mexicana da Revista Marie Claire conversou com a dermatologista Dendy Engelman para saber quais são esses erros e como corrigi-los.

1. VOCÊ NÃO PASSA A QUANTIDADE SUFICIENTE
Alguns protetores solares são grossos e gordurosos e, por isso, você passa pouco para não deixar o rosto ou corpo oleoso e com um aspecto brilhante. Ou, às vezes, evita passar uma boa quantidade para não ficar com a pele esbranquiçada. Mas isso pode deixar sua pele pouco protegida e causar queimaduras. Use uma quantidade de protetor que irá cobrir toda a pele e espalhe bem para que ele seja absorvido rapidamente e não fique branco. Você também pode optar por um protetor solar de toque seco que costuma ser mais fino.

2. VOCÊ NÃO APLICA DE FORMA UNIFORME
Para que a proteção seja efetiva, você deve aplicar o produto no rosto e corpo inteiros de forma uniforme, evitando passar mais ou menos em algumas regiões. E não se esqueça das mãos, pés, orelhas e lábios, algumas das áreas que costumam ser deixadas de lado na hora da aplicação. Lembre-se que todas as partes do corpo são sensíveis ao sol.

3. VOCÊ SÓ APLICA UMA VEZ AO DIA
Normalmente, os protetores solares protegem a pele até duas horas após a aplicação. Por isso é tão importante reaplicá-lo ao longo do dia. Se for ficar exposta diretamente à luz solar, o dermatologista indica passar o produto a cada hora. A proteção pode ir além: use chapéu, óculos de sol e maquiagens com FPS. É muito mais fácil prevenir do que tratar depois.

4. VOCÊ NÃO USA EM DIAS NUBLADOS
Os raios UV estão sempre presentes, independente do clima, e é a exposição diária a eles que contribui para o envelhecimento precoce da pele. Inclua o protetor solar na sua rotina de beleza  para criar o hábito de usá-lo diariamente, faça chuva ou sol, e sua pele agradecerá.

5. VOCÊ NÃO USA O FPS CERTO
Toda pele precisa de foto proteção, até mesmo a negra que não tem risco de queimadura, mas precisa de proteção contra o câncer de pele. O que varia de acordo com o tipo de pele é o FPS (Fator de Proteção Solar). Quem é branca deve usar protetor com FPS 50, morenas com FPS 30 e negras com FPS 15.

6. VOCÊ SÓ USA A PROTEÇÃO DOS PRODUTOS DE BELEZA
Alguns produtos, como bases e pós, têm FPS. No entanto, a proteção de maquiagens não é suficiente contra os raios UV. O ideal é passar os dois juntos: primeiro o protetor solar e depois a maquiagem. Outras opções mais práticas são o BB cream, que une hidratação, proteção e cobertura, e o protetor solar com cor, que tem cobertura mais eficaz.

Fonte: Marieclaire

Foto: Thinkstock