Rondonópolis/MT,

5 Motivos Para Não Tentar Uma Gambiarra na Hora da Reforma


As gambiarras devem ficar bem longe da sua reforma se você quer ter uma obra tranquila e que dure por muitos anos. Muita gente já presenciou (ou até mesmo já fez) uma gambiarra. Esse é o nome dado para uma técnica “alternativa” de se resolver um problema, que não é a solução perfeita para o que ele pede - na verdade, passa bem longe disso.

Pode até ser que as gambiarras dêem certo, e esse é um dos principais argumentos das pessoas que defendem essas técnicas. Porém, mais cedo ou mais tarde, essa solução pode parar de dar certo e te deixar na mão.

Depois de conhecer alguns motivos que deixam bem claro os porquês de você não tentar fazer gambiarras, nós temos certeza que isso nem passará mais pela sua cabeça!

Gambiarra? Sai Pra Lá! 5 Motivos Infalíveis Para Abandonar Essas Técnicas

Sempre que você precisar resolver alguma coisa na hora da reforma, resolva do jeito certo. Assim, você não vai se arrepender!

1 - Existem (Grandes) Chances de Dar Errado

A gambiarra é um método alternativo. Então, mesmo que haja chances de dar certo, as chances de dar errado são bem maiores.

Um bom exemplo para isso é o novo padrão de plugues de tomada no Brasil, que passou a valer mesmo desde o dia 1º de julho de 2011. Agora, elas vêm com 3 pinos - 2 para alimentação e 1 para aterramento.

Muita gente acha que esse terceiro pino que fica no meio do plugue é dispensável e simplesmente arranca com um alicate e pronto, mas se o pino está lá, é claro que ele tem uma função, que é ser ligado junto com o fio terra para evitar choques.

Se algum aparelho elétrico ou eletrônico estiver em curto-circuito e você tentar ligá-lo, não levará um choque, já que essa tensão será direcionada para o aterramento. Assim, você não se machuca.

Por isso, remover este pino pode ser muito mais perigoso do que parece. Ah, e os adaptadores de tomada também não são a melhor solução: o ideal é arrumar as instalações elétricas da sua casa, para que todas tenham esse padrão.

2 - O Barato Pode Sair Caro

Você já deve ter ouvido essa frase, e acredite, ela faz todo o sentido. Muitas vezes, nós queremos economizar um pouquinho, e o resultado é um gasto muito maior.

Suponha que você tenha construído um novo cômodo na sua casa e que a fiação elétrica vá passar por cima do forro. Porém, na hora de isolar as emendas, você percebe que a fita isolante acabou, e resolve deixar assim mesmo.

Realmente, se os fios desencapados não entrarem em contato entre si, não há como ter um choque. Porém, nunca se sabe quando isso pode acontecer. E se um dia você vai limpar o forro e acaba mexendo um pouco nos fios?

Se eles encostarem, o resultado será um belo curto-circuito, que pode desarmar o disjuntor da casa ou, pior, queimar alguns de seus aparelhos elétricos e eletrônicos. Tudo isso para tentar economizar 5 reais.

Pode até ser um pouco mais barato investir na gambiarra, mas com certeza o prejuízo será muito maior se você tiver algum problema no futuro.

3 - A Segurança Fica Totalmente Comprometida

Segurança é fundamental, ainda mais quando na sua casa, que é um dos lugares em que você mais passa seu tempo durante o dia e quer estar totalmente tranquilo.

Na hora de escolher um chuveiro para o novo banheiro, é claro que você vai procurar pelos melhores modelos, mas na hora de instalar, deixa os fios sem isolamento (lembra daquela fita isolante que você não comprou para economizar?).

Isso é um grande perigo! Pelo motivo que for, pode ser que um fio encoste no outro. Como eles estão desencapados, o choque vai ser forte - ainda mais pela tensão da maioria dos chuveiros ser 220V.

Como se não bastasse, são grandes as chances de isso acontecer enquanto você toma banho, com o corpo todo molhado e os pés descalços - a pior combinação para levar um choque.

Você pode se machucar feio com isso, então nem pense em deixar os fios desencapados. Use um conector de porcelana ou um kit prático para a instalação de chuveiros. Assim, você elimina as chances de que os fios encostem.

4 - Pode Fazer Muita Sujeira

Lavar a louça com aquela torneira que acabou de ser instalada é ótimo, mas esse pode ser um problema sério quando se trata de gambiarras, já que muitas delas insistem em apresentar vazamentos, seja por falta de fita veda rosca ou porque o anel de vedação já está muito gasto.

Para tentar amenizar a situação, algumas pessoas podem tentar usar fita isolante ou até pedaços de tecido, até que um belo dia aparece um vazamento na cozinha. É só pisar com o chinelo sujo para começar a sujeira.

Então, você fecha o registro e perde longos minutos (ou até horas) para limpar tudo de novo. Além disso, ainda precisa comprar um rolo de fita veda rosca ou um anel de vedação novo, isso sem falar na madeira do armário, que está toda molhada.

Para evitar essa situação, sempre que encontrar um vazamento, feche o registro, retire a torneira e tente verificar o problema. Se você não souber como fazer isso, peça a ajuda de um profissional, que deixará tudo nos trinques.

O resultado será uma torneira sem nenhum vazamento, uma cozinha sem sujeira, uma conta de água mais barata e o meio ambiente mais preservado, já que você evita o desperdício.

5 - Pode Prejudicar o Visual da Casa

Uma das partes mais legais de toda reforma é escolher a nova cor das paredes. Pois bem, na hora de terminar a primeira demão (e ainda falta dar a segunda demão) no quarto do casal, você descobre que a tinta acabou.

Para não ter que gastar muito, você compra a tinta de outra marca, bem menos conhecida, mais barata e aparentemente na mesma cor. É lógico que isso vai dar problema!

Se até duas latas da mesma tinta e da mesma fabricante podem dar um pouquinho de diferença, imagina de outra marca. O resultado vai ser uma parede com duas (ou mais) cores, totalmente diferentes do restante da casa.

E agora, para resolver? Simples, comprar mais uma lata da primeira tinta, aquela mais cara, para tentar arrumar a situação, ou seja, a tinta barata não adiantou de nada.

Se isso acontecer com você, compre exatamente a mesma tinta, de preferência até na mesma loja, para que haja mais chances de que as latas sejam do mesmo lote. Acredite: a pintura fica bem melhor quando você usa a mesma tinta.

Gambiarra: o Jeito Errado de Resolver Problemas na Reforma

Pode parecer que optar por uma gambiarra é mais fácil ou mais barato, mas não se deixe enganar: essa é uma das piores decisões que você pode tomar. Mesmo que funcione por um tempo, nada se compara a resolver os problemas da reforma do jeito certo.

Então, se isso acontecer com você, escolha as soluções adequadas, que são muito mais seguras, eficientes e duradouras. Com certeza, você não irá se arrepender.

Ah, e é melhor não se arriscar tentando fazer nenhuma gambiarra. Nesses casos, você pode contar com os serviços de um marido de aluguel, por exemplo.