Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Dicas para uma depilação perfeita


Com cera, pinça,cremes ou lâmina a depilação deixa a pele lisinha, sem os pelos indesejados. Mas o resultado deste ritual de beleza nem sempre é o desejado – é possível ficar com manchas, pequenos machucados e pelos encravados. Alguns cuidados básicos tornam o processo mais fácil e menos doloroso.

Cuidados antes e depois da depilação:
- Mantenha a pele hidratada, o que facilita o nascimento dos pelos e impede que eles encravem tanto.
- Esfolie o corpo de uma a duas vezes por semana. O processo remove a queratina excessiva da pele e facilita a passagem do pelo.
- Caso use cera quente ou fria, não passe hidratante nas regiões a serem depiladas para ajudar na adesão do produto.
- Só faça uso de ceras e materiais descartáveis – a higiene evita infecções.
- Cera quente deve ser evitada por quem tem vasinhos ou varizes, já que o calor provoca mais rompimentos e dilatação dos vasos.

- Aposte na pinça apenas na hora de remover os pelos residuais ou em pequenas áreas, porque ela pode provocar pequenos ferimentos que resultam em manchas.
- Cremes e loções depilatórias devem ser testados em pequenas áreas antes de aplicados no corpo. Como os ativos que “derretem” os pelos são potencialmente irritantes recomenda-se aplicar uma pequena quantidade de óleo mineral ou vegetal na pele antes de usá-los.
- A mesma dica do óleo vale para os descolorantes. Esses produtos, aliás, não estimulam o crescimento dos pelos ao contrário do que muita gente acredita.
- Se você sofre com pelos encravados em regiões como virilha e axila não faça depilação com cera. Para evitar as bolinhas e inchaços use lâmina e se possível aposte em um método prolongado de depilação, como os lasers e luz pulsada. Isso impede também que os encravados deixem cicatrizes definitivas.

Qual é a melhor maneira de depilar:
 Cera quente, fria, lâmina de barbear? Depende do local e com qual método você mais se adapta. Confira quais os tipos de depilação recomendadas para cada região do corpo:

Virilha
É aconselhável para esse local, cera quente (dói menos que fria), Lâmina de barbear, creme depilatório, depilador elétrico e laser. Evite cera fria, pois dói muito.

Pernas e coxas
Você pode optar por cera quente ou fria, lâmina, creme depilatório, depilador elétrico e laser.

Axilas
Vá de creme depilatório, cera quente, lâmina de barbear ou laser. Evite pinça.

Queixo
Cera quente/fria ou pinça (se tiver pouco pêlo escuro), são as opções. Esqueça lâmina de barbear e creme depilatório.

Buço
As opções são: cera quente, pinça ou descolorante (ambos, se tiver pouco pêlo) e laser. Não use lâmina de barbear e creme depilatório, pois podem irritar a região.

Braços
Prefira a descoloração (pêlo loiro no braço é sepersexy), cera quente, fria ou laser. Jamais use lâmina de barbear nesse local.

Sobrancelhas
Vá de pinça, que retira pêlos um a um. Nessa região não opte por laser e creme depilatório, pela proximidade com os olhos.

Barriga
Opte por cera fria/quente, se tiver muito pêlo e pinça ou descolorante se tiver pouco pêlo, ou laser. Não use lâmina de barbear.

Seios
Prefira a pinça. Esqueça qualquer outro método nesse local, pois a pele das mamas é delicada e fácil de irritar.

Prós e contras dos métodos para depilação:

Lâmina
 É a popular gilete. Corta a parte mais superficial do pêlo, apenas.
Duração: Dois ou três dias.
Dor: Indolor.
Prós: Fácil, rápido, barato, indolor.
Contras: Precisa ser feita com muita freqüência, já que é apenas superficial. Precisa haver cuidado para não ocorrerem cortes na pele. Também pode causar alergias, irritação e até foliculite. Não deve ser usada no rosto.
Recomendações: não use a lâmina a seco. Raspe na hora do banho e ensaboe a área para facilitar, estique a pele, e passe a lâmina sempre no sentido do crescimento do pêlo, para não encravar. Sempre use lâminas novas.

Creme depilatório
É um creme que dissolve os pêlos. Depois de aplicar o creme, você passa uma espátula sobre a pele e o retira pronto, está depilada.
Duração: De 3 a 5 dias.
Dor: É indolor.
Prós: Fácil de aplicar, pode ser feito em casa, indolor. 
Contras: Cheiro não muito agradável (o que pode ser resolvido com a versão perfumada). Pode causar alergia.
Recomendações: É muito importante que, antes de usar este creme, você faça um teste em um pedacinho de pele (no antebraço, por exemplo) para excluir a possibilidade de alergias.

Aparelhos elétricos
Existem alguns tipos de aparelhos elétricos de depilação. Alguns se parecem com um aparelho de barbear normal; outros têm dispositivos internos que enrolam e puxam o pêlo, arrancando-o. O terceiro tipo é o roll-on, que parece os aparelhinhos usados em salão.
Duração: 20 dias (o segundo e o terceiro tipos; o primeiro, como não arranca o pêlo pela raiz, faz com que a depilação dure menos).
Dor: Os tipos que arrancam o pêlo pela raiz provocam mais dor.
Prós: Rápido de usar agride menos a pele em comparação com a lâmina comum.
Contras: Caro
Recomendações: Não devem ser utilizados em peles machucadas, propensas a irritação ou que tenham sido expostas ao sol.

Cera fria
Um dos métodos mais populares de depilação. Espalha-se a cera sobre uma lâmina de celofane e colada na área a ser depilada. Depois, puxa-se a lâmina, com força, para arrancar os pêlos.
Duração: De 20 a 30 dias. 
Dor: Doloroso.
Prós: Bom pra quem é sensível ao calor. Pode ser aplicada em casa.
Contras: Dói mais que a cera quente, por não ter calor para abrir os poros. Resseca a pele é um dos métodos mais agressivos. Pode provocar foliculite. Os pêlos precisam estar longos.
Recomendações: Após a depilação, é recomendável hidratar a pele com alguma loção calmante, com camomila, maracujá, aloe vera etc.

Cera quente
Outro método bem popular inclusive nos salões de beleza. Este método dói menos do que a cera fria, porque a temperatura alta da cera ajuda a fazer com que os poros se expandam e a depilação seja mais fácil. A cera quente pode ter em sua composição agentes hidratantes ou relaxantes (mel, algas etc.), o que auxilia a evitar reações desagradáveis.
Duração: De 20 a 30 dias.
Dor: Doloroso.
Prós: O calor ajuda a abrir os poros, provocando menos dor do que a cera fria. Os pêlos, enfraquecidos, tendem a diminuir com a freqüência das sessões.
Contras: Dói. Pode queimar a pele, ou escurecê-la. Os pêlos precisam estar longos.
Recomendações: Fique de olho: a cera quente reutilizada é foco de infecções. Recomenda-se que a sessão seja repetida só depois de no mínimo 28 dias, que é o tempo que a pele leva para se recompor depois da depilação.

Depilação com linha (iraquiana, chinesa, egípcia)
Também chamada de depilação a fio, porque arranca os pêlos fio a fio, utilizando-se uma linha de seda ou de algodão.
Duração: Cerca de um mês.
Dor: Dói como uma pinça.
Prós: Não existe química envolvida. Pode ser feita no rosto. 
Contras: Não existe contra-indicação, porque não existe química envolvida. A sessão é demorada para se depilar um rosto feminino, demora-se 30 minutos. Para se depilar uma barba, pode-se demorar seis horas. É cara.
Recomendações: Antes: limpar bem o local a ser depilado, com álcool 70%. Depois: Não é bom usar cremes hidratantes nos dois dias sucessivos à depilação.

Depilação definitiva
Existem alguns tipos, mas aqui vamos tratar do laser, o método mais popular. O laser é captado pela melanina pigmento responsável pela coloração do fio. Essa energia vai destruir a capacidade de o folículo produzir um novo fio.
Duração: É definitiva. Os pêlos só vão reaparecer em algumas áreas no caso de alguma disfunção hormonal. 
Dor: É doloroso. A esteticista aplica gelo/anestésico sobre a área a ser depilada.
Prós: É definitivo. O laser pode ser aplicado em qualquer área do corpo.
Contras: Tratamento caro e doloroso. Peles morenas e pêlos claros exigem um equipamento específico. São necessárias cerca de seis sessões para o tratamento ser completo. Se a intensidade do aparelho não for bem regulada, corre-se o risco de haver queimaduras de segundo grau.
Recomendações: É recomendável que se fique sem tomar sol por pelo menos três semanas antes do tratamento. Depois das sessões, deve-se evitar o calor/sol sobre o local depilado.

Pinça
É o método campeão para pequenas áreas, como a sobrancelha.
Duração: 20 dias.
Dor: Doloroso.
Prós: Ideal para áreas pequenas (como sobrancelha) pode ser feito em casa.
Contras: Doloroso, trabalhoso. Machuca a pele.
Recomendações: Higienizar a pinça antes do uso.

Depilação Íntima
A depilação íntima (depilação sempre com cera quente das áreas íntimas femininas e masculinas: vulva, ânus e até testículos) é campeã no gosto das brasileiras e dos brasileiros também. Uma das principais razões de seu sucesso é a questão da higiene: Sem a depilação, por mais cuidado que a pessoa tenha, sempre pode ficar algum resíduo que facilite o acumulo de bactérias.

Apesar de a depilação íntima seja praticamente indolor, a cera tem que estar na temperatura adequada  a região do ânus, por exemplo, é muito irrigada e sensível, e pessoas com tendências a ter hemorróidas têm de ter o dobro de cuidado. É recomendado o aval do médico (nem todos os ginecologistas aprovam a idéia) antes de tentar esse método depilatório.
Duração: aproximadamente 30 dias.

Agora com essas dicas conquiste aquela tão sonhada pele lisinha sem contratempos indesejados.