Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Entrevistas de Emprego

 Dicas para utilizar o português correto

Você pode não ter sido aquele estudante nota dez em todas as disciplinas da escola, especialmente em Língua Portuguesa, mas isso não significa que foi um péssimo aluno. A verdade é que tudo o que tentaram te ensinar foi para que em algum momento importante, como uma entrevista de emprego, por exemplo, você usasse o seu conhecimento da melhor maneira possível.
A língua portuguesa pode ser odiada por muitos; mas todos os bons profissionais desse país dependeram dela para ingressar em um emprego. A cada dia são milhares de jovens defrontando com uma prova para aquele emprego tão desejado ou necessário, e muitos são reprovados porque não sabem expor em linhas coodernadas as suas idéias; ou em muitas vezes pecam em “assassinar” o português em discursos sem conteúdo, cheios de vícios de linguagem.
Independente de outros elementos como postura, apresentação visual e conhecimento específico do cargo concorrido, precisa-se ter atenção em duas coisas: o currículo e  o  discurso no momento da entrevista. As maiores reclamações dos selecionadores são: erros de concordância, ortografia e em muitos casos, demasiado uso de gírias na hora da entrevista.
Apresentamos algumas dicas que visam auxiliar pessoas que disputarão uma vaga de emprego: prepare um currículo bem elaborado e verifique se não há erros ortográficos; use sempre os pronomes de tratamento ao falar com o selecionador, jamais use o "a gente vamos”, “a gente fizemos", essas expressões são erradas e promovem muitas desclassificações precoces.
Um dos erros muito comuns são as conjugações impróprias como: "tu vai”, “tu entendeu", e até erros fonéticos como "cê vai”, “eu vô”, “tô bem", observe que isto é por causa da  linguaguem  diária e da influência do grupo de convivência da pessoa. Portanto faça leituras de livros bons, e do estilo que você gosta, pois com certeza irão ajudar.

Dicas para ir Bem na Entrevista de Emprego

Não é a toa que a maioria dos recrutadores é de psicólogos. As empresas tentam, através deles, avaliar o candidato em pontos que são considerados pelo meio como essenciais. Assim, siga nossas dicas para , na entrevista de emprego, driblar o entrevistador.
Ao ser indagado pelos objetivos profissionais e particulares, seja claro e mostre vontade, determinação e ambição.
Seja otimista em suas respostas.
Procure conhecer, antes da entrevista, detalhes da vaga e da empresa, para que você possa se posicionar diante da oportunidade, não se baseando apenas no salário oferecido.
Tenha um objetivo para com a empresa, de forma que o entrevistador sinta sua vontade de fazer parte da equipe.
Ouça mais do que fale. Não se atrase nem falte.
Ao ser indagado sobre os empregos anteriores, não fale mal do chefe.
Converse formalmente.
Boa sorte!

Fonte:Empregolândia