Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Livre-se da preocupação, relaxe

Ultimamente tenho pensado bastante sobre a nossa cultura, e uma das coisas mais estranhas é a “preocupação“, vivemos num mundo em que anda todo o mundo preocupado com alguma coisa e em que ficamos ofendidos quando alguém nos diz “relaxe“, basta ligar a televisão e alguém conhecido morreu, ou alguma catástrofe afligiu um qualquer país distante, as vacas já estiveram loucas, os pintos constipados, o vizinho costuma estacionar de forma estranha por isso deve ser terrorista, e a história continua… Seja com corrupção tráfico de influências, inflação, a crise energética… a lista nunca mais acaba.

Eu não tenho dúvidas de que as pessoas sempre se preocuparam com tudo. Dale Carnegie em “Como Evitar Preocupações e Começar a Viver”, que foi publicado em 1944, está carregado com histórias do início do século sobre as preocupações das pessoas que eram sobre todo o tipo de coisas. Mas de fato tal como Dale Carnegie refere de forma categórica e explicada em vários pontos, estar preocupado não tem qualquer sentido nem utilidade. Vou então deixar-lhe aqui algumas razões que mostram a inutilidade de estar preocupado, mas mais, vou-lhe provar que estar preocupado pode ser uma atitude ou estado de espírito prejudicial para a sua saúde e que aprender a relaxar é 
fundamental para o seu bem-estar.

As coisas nunca acontecem da forma que imaginamos

Quando está preocupado, não está mais do que a tentar prever o futuro. Está a pensar, “Eu sei que vai correr mal”. Mas pensar assim não tem qualquer sentido, porque VOCÊ NÃO CONHECE O FUTURO, apenas sabe que as coisas nunca acontecem como imaginamos. Por isso para quê estar preocupado? Relaxe o que tiver de acontecer acontecerá, não vai conseguir saber tudo nem controlar o mundo.

Estar preocupado significa que abdicou do seu poder

Algumas pessoas estão tão entrincheiradas em preocupações que não conseguem ver que existe outra forma para viver. A preocupação retira-lhe o poder de ser proativo. Mas a verdade é que você tem total controle sobre a forma como reage às situações, então porque é que abdica desse poder de forma tão inocente ?

A preocupação não produz absolutamente nada

Por que perder o seu tempo e energia com uma coisa que não o leva a lado nenhum? Quando se preocupa com qualquer coisa isso muda alguma coisa? Utilize o seu tempo e empenho em algo produtivo como, por exemplo, relaxar.

“Deixe de se preocupar e comece a viver” – Dale Carnegie

A preocupação distorce a realidade

Nós vivemos num tempo em que as pessoas vivem mais anos, tem um melhor acesso a cuidados de saúde (mesmo que se diga o contrário esta é a realidade), as pessoas tem oportunidades ilimitadas para prosperar tanto financeira como pessoalmente, hoje em dia qualquer pessoa pode viajar para qualquer parte do mundo em pouco tempo, existe um grande acesso a todo o tipo de informação e material educativo. Claro que existem riscos e potenciais perigos, mas a preocupação apenas os aumenta de forma despropositada e impede-nos de ver as oportunidades e a quantidade infindável de possibilidade ao nosso dispor.

“Enquanto estamos focados no medo, preocupação, ou ódio, não nos é possível experimentar a felicidade, entusiasmo ou amor.” – Bo Bennett

Estar preocupado faz mal à saúde

Estar preocupado não é um estado natural e tem efeitos adversos na sua saúde, mesmo na sua saúde física e não só mental. Quando se preocupa com alguma coisa existe sempre um aumento de stress e ansiedade causando uma subida da sua pressão arterial, aumentam também os níveis de ácido do estômago, dores de cabeça e rigidez muscular, entre muitas outras coisas.

A Preocupação não é natural

As crianças preocupam-se? Os animais preocupam-se? Todos os adultos se preocupam? Não existe nada que diga que por ser humano e adulto se tem de preocupar. A preocupação é uma patologia, uma distorção do nosso estado natural.
Sabe qual é a instrução mais comum da bíblia ? Surpreendentemente não é “ame o próximo” ou “adore a deus”, ou qualquer coisa desse tipo. É simplesmente “não tenha medo”. Não é necessário ser religioso para perceber que este é um bom conselho.
Então como é que se liberta deste nefasto hábito de se preocupar com tudo ? Tal como todos os outros hábitos, pode não ser fácil mudar, mas vou deixar-lhe aqui alguns passos simples que podem ajudar a eliminar a preocupação da sua vida.

Tenha a consciência de que você é que tem o controle

No livro “Os Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes” Steven Covey conta-nos que o primeiro passo para ter uma vida melhor é termos a consciência de que somos livres para escolher a forma como reagimos às nossas circunstâncias. A preocupação é uma escolha, está dentro da nossa cabeça, portanto está na esfera da nossa própria influência.

Reconheça que a preocupação é um hábito

Tal como os hábitos, existe aquele momento em que a preocupação é desencadeada, e pode não ser fácil interromper este processo instintivo, principalmente se sempre foi uma pessoa que se preocupou em demasia sobre tudo. Mas é importante que perceba que qualquer hábito independente das suas raízes, pode ser alterado e em ultimo caso eliminado. A meditação pode ser uma boa forma de reconhecer os seus hábitos nefastos e encontrar um ponto de equilíbrio interno, um silêncio revelador.

Mantenha as coisas em perspectiva

Tal como disse E. Joseph Crossman, “Se quiseres testar a tua memória, tenta lembrar-te o que é que te preocupava à exatamente um ano”, será que ainda está preocupado com as mesmas coisas? Será que as coisas com que se preocupa hoje o vão preocupar daqui a uma semana, daqui a um ano? Lembre-se que a vida são dois dias, se passar o primeiro preocupado o segundo vai passar-lhe ao lado.

Enfrente os seus medos

Já pensou na quantidade de quedas que uma criança dá para aprender a andar ? Já alguma desistiu por ter medo de cair? Os nossos medos na grande maioria apenas existem enquanto não os enfrentamos. Por exemplo, que tem medo de falar em publico e isso o preocupa… Só vai passar quando tiver a oportunidade de falar em publico algumas vezes, até lhe parecer natural. No final vai perceber que afinal não era assim tão difícil.

Não tente controlar tudo

Veja se percebe você não vai conseguir controlar o mundo inteiro. O que tem realmente de acontecer acontecerá, aprenda a relaxar e a aceitar as coisas que não controla, é única coisa que pode fazer nestes casos. Porque você não controla o mundo, tem de aprender a reagir de forma positiva ás coisas que lhe acontecem.

Não se leve tão a sério

Se você falhar qual é o problema? Se fizer asneira da grossa não é o fim do mundo. Você é assim tão importante que o mundo para quando faz asneira? As derrotas são apenas temporárias. Os erros e os fracassos são apenas os degraus do sucesso, lembre-se do que disse Thomas Edison.

Livre-se da preocupação, viva uma vida tranquila sem andar preocupado.

“Eu não falhei uma única vez. Apenas descobri 10,000 maneiras diferentes que não funcionam.” – Thomas A. Edison

“Eu sou um homem velho e passei por muitas catástrofes na minha vida, mas a maioria nunca aconteceu” – Mark Twain

A preocupação é um veneno perigoso, não o deixe apoderar-se da sua vida e sugar a sua energia vital. Relaxe, a vida é mudança, dinamismo, imprevisibilidade, a vida não é uma ciência exata em que tudo acontece segundo o que estava programado, a única certeza é que antes de si muita gente por cá passou e sim… você vai morrer e depois de si muito mais pessoas vão nascer. Portanto, não se preocupe, a vida são dois dias, divirta-se todos os dias da sua vida, relaxe e aproveite a vida ao máximo.

Fonte: Bem-estar, Motivação e Desenvolvimento pessoal