Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Melhores dicas para o seu bronzeado

Como a primavera está quente demais e fazendo sol, muita gente
gente está indo à praia e piscina, já que essa é a época ideal de ganhar uma cor, se bronzear e realçar a maquiagem. Pegar uma corzinha, ficar bronzeada requer muito cuidado,  para não ficar vermelho tomate e nem se arriscarem a pegar alguma doença como o câncer de pele. Se você não sabe, a exposição demasiada no sol pode causar queimaduras graves, desidratação e ao invés de ficar bonita, pode se tornar numa tragédia.

Dicas para um bronzeado perfeito
A cor mais morena faz você parecer mais magra, disfarça algumas manchas e transmite uma imagem saudável, um trio de motivos irresistíveis, que te fazem querer passar muito tempo embaixo do sol. Mas não adianta querer ficar bronzeada de um dia para outro a não ser que dolorosas queimaduras e o envelhecimento precoce também estejam nos seus planos.
Esse também é o caminho mais rápido para o melanoma, o mais perigoso tipo de câncer de pele, afirma a dermatologista Ewalda Von Rosen Seeling Stahlke, de Curitiba, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Ou seja, vá à praia ou à piscina munida de óculos escuros, chapéu e protetor solar e comece a usufruir de todos os benefícios trazidos pelo sol e eles não são apenas estéticos.
A luz natural também é uma grande aliada da sua saúde, porque faz o organismo absorver a vitamina D -- substância que melhora a absorção do cálcio encontrado nos alimentos. Esse mineral é indispensável para a formação e a manutenção dos ossos, prevenindo a osteoporose (doença em que o esqueleto fica enfraquecido). Basta meia hora de exposição aos raios solares por dia para você obter os benefícios.
Agora, se a morenisse está na sua lista de objetivos, redobre os cuidados. É importante aplicar o filtro solar cerca de 20 minutos antes do banho de sol, tempo para que o produto seja absorvido; reaplicar o filtro a cada duas horas e evitar o horário entre 10 e 16 horas, alerta a dermatologista. A seguir, ela enumera uma série de dicas preciosas e receitas que vão deixar a sua pele preparada para um bronze de dar inveja, além de prolongar a cor por muito mais tempo.
As células de nossa pele demoram, em média, 21 dias para sair da camada mais inferior e atingir a camada superior, descamando após. Assim, qualquer bronzeado precisa de uma nova exposição solar antes de 21 dias com a finalidade de ser mantido.
Além disso, a melanina demora de 24 a 36 horas para ser totalmente reposta e poder intensificar o tom do bronzeado. Portanto, exagerar no sol neste período pode gerar queimaduras de primeiro grau (pele avermelhada e ardor) e " decascar ".

Exposição correta e progressiva ao sol
Tomar banho de sol até as 10 horas ou após as 16 horas , quando predominam os raios UV-A, causadores de bronzeamento direto da pele com eritema fraco; aumentar 10 minutos no tempo de exposição a cada 3 dias , iniciando com 15 minutos no primeiro dia ; recordar-se de que o efeito bronzeado demora até 72 horas para manifestar-se .

LEMBRE-SE
Em bronzeado menos é mais! Menos sol, menos queimaduras, mais tempo para chegar à cor do verão, mais tempo a cor durará, com menos efeitos colaterais.

LEMBRE-SE
O UV-A é uma das principais causas de envelhecimento cutâneo prematuro foto-induzido, gerando radicais livres que desnaturam colágeno e elastina, além de poder causar efeitos alérgicos. Portanto não abuse!

LEMBRE-SE
Que o sol entre 10 e 16 horas é rico em UV-B , principal responsável pela vermelhidão da pele. Este eritema aparece entre 6 e 20 horas após a exposição solar, e sempre significa queimadura , com estímulo à produção irregular de melanina (sardas, manchas) e estímulo ao espessamento da pele , associado à alterações no DNA celular e diminuição da imunidade cutânea, que pode promover o desencadeamento de câncer de pele.

Betacaroteno para ficar no tom do verão
Alguns alimentos melhoram o aspecto da pele e intensificam naturalmente o bronzeado. Dias antes de se expor ao sol, capriche na ingestão de cenoura, mamão, manga, melão, abóbora, laranja e as folhas verdes (como salsa, repolho, couve, espinafre e agrião) ricos em betacaroteno, nutriente que se transforma em vitamina A no organismo e é vital para o crescimento e a renovação das células.
Mas, ao contrário do que muita gente pensa, esses alimentos não estimulam a melanina (pigmento responsável pelo bronzeado). Na verdade, o caroteno se deposita na pele, conferindo-lhe um tom amarelado e isso acontece mesmo na ausência dos raios solares. Para saber se você está ingerindo grandes quantidades de betacaroteno, observe a palma das mãos. Se ela fica amarelada, é sinal de acúmulo da substância. Para o estoque na pele diminuir e a coloração desaparecer basta interromper a ingestão, explica a médica de Curitiba.
Cuidado ainda se você estiver muito clara, pois há o risco de surgir um tom amarelado artificial. Já nas pessoas morenas a coloração produzida pelo pigmento tende para o dourado. Para ativar o poder bronzeador, o ideal é ingerir três cenouras diariamente. Incremente seu cardápio com duas receitinhas de sucos, turbinados com caroteno, e faça o seu bronze arrasar nesse verão.

Suco bronzeador
Ingredientes
1 copo pequeno de suco de laranja 1/2 beterraba crua e 1 cenoura média
Modo de preparo
Centrifugue a cenoura e a beterraba e misture ao suco de laranja
Vitamina do verão
Ingredientes
1/2 beterraba 1/2 cenoura 1/2 maçã 1 col. (sopa) de salsinha 100 ml de água-de-coco
Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Coe se achar necessário e tome com gelo.

Filtro solar
Não cometa o erro de comprar um frasco com fator de proteção solar (FPS) mais elevado e, na praia ou na piscina, passar o produto apenas uma ou duas vezes durante o dia. O ideal é e usar no mínimo filtro com fator 15, que protege contra os raios UVA e UVB, ensina a dermatologista Ewalda. Se optar por um fator mais alto, a regra é a mesma.
Também é importante seguir as instruções de uso do protetor. A quantidade que cabe no dedo indicador, muitas vezes usada para proteger um braço inteiro, serve apenas para uma área equivalente ao dorso da mão. Quanto mais lento for o processo de bronzeamento, mais tempo ele vai durar. Se a pele receber de uma só vez uma grande carga de radiação, provavelmente vai queimar e descamar, explica a especialista. Já com a exposição gradual e com foto proteção, ocorrerá a produção de melanina e o resultado será mais satisfatório.

Cuidado com as manchas!
Fique longe de substâncias que podem provocar manchas na pele com a exposição ao sol. Evite o contato com frutas ácidas, como laranja e limão e até mesmo o uso de perfumes cítricos e passe longe de produtos caseiros para bronzear. Todas as plantas que possuem seiva podem causar queimaduras, alerta a dermatologista de Curitiba.
Após fazer a depilação, observe se a pele está sensível, apresentando vermelhidão. Tomar sol nessas condições é pedir para pintar o corpo todo de manchas. O ácido retinóico, componente de muitos tratamentos de beleza, também é um imã para essas marquinhas. Evite usá-lo no verão ou, se não for possível, passe longe de sol e nem pense em esquecer o filtro.

Faça o bronze durar, durar
A hidratação é um fator muito importante para prolongar a duração do bronzeado. Ficar deitada na esteira borrifando água sobre o corpo não resolve nada. A hidratação da pele é feita das camadas mais profundas para as mais superficiais. O iodo e o sal (no caso da praia) e o cloro (no caso da piscina) ressecam muito a pele -- agressão minimizada com o uso de um bom filtro solar.
É recomendável ainda tomar uma ducha de água doce após o mergulho e reaplicar o filtro solar. Durante o banho de sol, beba muita água e evite o álcool, que desidrata demais, aconselha Ewalda. Depois da praia, tome bastante água e use hidratantes à base de uréia, que ajudam a reter o líquido na epiderme. Óleos de semente de uva e de maracujá também são ótimos componentes para a hidratação.
A seguir, duas receitas de máscaras para deixar a pele hidratada após a exposição ao sol, extraídas do livro Beleza à Flor da Pele, da dermatologista Adriana Vilarinho, responsável pela beleza da pele de Gisele Bündchen e Daniela Cicarelli.

Máscara amaciante de uva
Indicação: para qualquer tipo de pele que esteja dando sinais de ressecamento ou desidratação
Ingredientes
1 xícara de uva fresca com pele e bem lavada 1 xícara de chá de água 2 colheres de chá de óleo de semente de uva (à venda em drogarias ou lojas de produtos de beleza) 1 colher de sopa de farinha de trigo
Ferva a água. Acrescente as uvas e deixe cozinhar por uns cinco minutos. Retire do fogo e amasse bem as frutas até obter um suco. Coe e espere amornar. Acrescente o óleo de semente de uva e a farinha de trigo. Misture até formar uma pasta. Passe no rosto limpo. Deixe agir por 30 minutos e enxágüe com água de morna para fria. Repita a dose sempre que sentir a pele áspera e esbranquiçada.

Máscara para pele bronzeada
Indicação: para atenuar linhas de expressão, hidratar e refrescar a pele exposta ao sol.
Ingrediente
1 coco verde
Retire a água do coco e conserve. Abra o fruto, raspe a polpa (aquela carne branca) e coloque no liquidificador junto com a água-de-coco reservada. Bata até virar uma pasta. Aplique no rosto limpo e deixe agir por 20 minutos. Retire com água fria. Você pode repetir essa aplicação sempre que se expuser ao sol. Deixe a pele lisinha e bronzeada Remover as células superficiais da pele ajuda a deixar o bronzeado evidente. Quando você esfolia a camada morta da epiderme, traz à tona a cor que está por baixo. Com isso, o dourado adquirido na praia se prolonga por mais dias. Uma esfoliação caprichada também serve para evitar que surjam desagradáveis manchas pós-sol. E ainda deixa seu corpo e seu rosto macios. A pele gosta de massagem. Ao esfoliar, só é preciso tomar cuidado para não agredi-la, explica Ewalda. Siga este passo-a-passo uma vez por semana: tome banho com seus produtos de limpeza habituais, tire o excesso de água, aplique uma quantidade generosa de esfoliante e massageie sem usar força excessiva. Enxágue bem até remover todos os resíduos.

Fonte: brasilfashion, engenhariadocorpo,likeamake