Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Alisamento de cabelo masculino com prancha (chapinha)


Modelos masculinos têm seus cabelos alisados para as passarelas há mais de uma década, mas homens modernos ainda não conseguiam seguir esse exemplo. Isso acontecia porque, até agora, as pranchas alisadoras de cabelo eram desenhadas para os cabelos das mulheres - e não os dos homens. Agora existe prancha alisadora de cabelo desenhada especificamente para o cabelo masculino.

A maioria dos homens tende a usar cabelo curto (67%). Isso significa que os alisadores masculinos devem ter pranchas mais finas em relação àquelas desenhadas para mulheres. Os produtos femininos são grandes e pesados demais para lidar com o cabelo masculino de forma fácil e apropriada. O produto para cabelos masculinos é pequeno e tem pranchas finas o que facilita o manuseio.

Como fazer alisamento no cabelo com chapinha

Antes de alisar o cabelo com a chapinha ou “fazer chapinha”, saiba que o manuseio desse aparelho requer alguns cuidados especiais para evitar danos ao cabelo. Siga os passos abaixo para obter o melhor resultado possível sem danificar os fios.

Instruções

1. O cabelo deve estar limpo para poder fazer o alisamento. Se acabou de lavar e estiver molhado, seque-o com um secador ou aguarde até que ele esteja completamente seco para não “fritar” e destruir o cabelo.

2. Antes de passar a prancha, aplique produtos termo ativos que com a ação do calor hidratam e protegem o cabelo.

3. Use de preferência uma prancha com revestimento de cerâmica. Ligue ela e deixe descansar por 10 minutos até que fique totalmente quente.

4. Escove os cabelos antes de começar a utilizar a chapinha para facilitar o deslizamento da prancha nos fios.

5. Divida o cabelo em diversas mechas e inicie o alisamento pelos fios da parte de trás da cabeça em direção aos do topo.

6. Selecione uma mecha, pressione a chapa na raiz do cabelo e puxe lentamente até as pontas em movimento contínuo, sem qualquer interrupção e sem virar o pulso para não criar ondas. Passe a prancha duas vezes em cada mecha.

7. Se sua chapinha não possuir o termostato (botão de regulagem da temperatura), será preciso ligar e desligar várias vezes o aparelho para evitar um superaquecimento.

8. Pode usar todos os dias, desde que a exposição seja em períodos pequenos, caso contrário, pode danificar o cabelo.

9. É recomendável fazer uma boa hidratação semanal.

10. Penteie como desejar.

Dicas & Avisos

Silicones, pomadas e outros cosméticos indicados para cabelos alisados são bem vindos antes e depois do alisamento.

Na hora de escolher sua prancha alisadora opte por cerâmica, pois mantém temperatura homogênea.

Se esta é a primeira que você está usando uma chapinha e está um pouco inseguro, tente usar a prancha com uma temperatura bem baixa até se familiarizar mais com o aparelho.

Perguntas e respostas:

. A chapinha faz mal ao cabelo?
Não, desde que você use o produto certo, para proteger os fios do calor, e não exagere na temperatura do aparelho (no máximo 190 graus).

. Que produto usar antes e após a chapinha?
Antes usar um leave-in termoativado, com silicone ou queratina ou anti-frizz termoativado e depois hidratantes feitos à base de óleo, para repor a água perdida.

. O que prejudica mais: a chapinha ou o secador? A chapinha. Ela leva o calor diretamente aos fios. Por isso, deve ser usada com cuidado.

. Quais são os danos causados pela chapinha?
Os fios podem ficar ressecados e, em casos extremos, quebrados e até mesmo queimados.

. Quantos dias por semana pode usar?
Da maneira certa (com proteção), todo dia, com exceção de cabelos já muito danificado.

. Pode-se usar a prancha no cabelo molhado?
Nunca, porque para secar o cabelo inteiro é necessário pranchar os fios muitas vezes. Assim, seus fios poderão “cozinhar”. Faça escova antes da chapinha.

. O aparelho pode encostar no couro cabeludo?
Não. Mantenha distância de, no mínimo, 3 centímetros, para evitar queimaduras.

. Quem tem cabelo fino pode usar a chapinha?
Pode, mas é preciso usar o aparelho em temperatura mais baixa (150 graus).

. E quem tem cabelo tingido?
Sim. Mas não exagere na temperatura (use até 140 graus), para não desbotar ou modificar a tonalidade.

. Por que os fios grossos ficam espigados e como evitar o problema? Esse tipo de cabelo contém muita queratina. Em contato com o excesso de calor, o fio acaba ficando duro e sem movimento.
Para proteger aplique um produto termoativado à base de silicone. Ele forma uma película protetora e, por isso, deixa os fios maleáveis e mais brilhantes.

. Qual a vantagem da chapinha de cerâmica?
 Ela mantém a temperatura estável. Por isso, não é necessário passar a prancha muitas vezes no mesmo lugar.

. E a de íons?
Ela acaba com o arrepiado, fecha as cutículas e deixa o cabelo mais brilhante e macio.



. A chapinha de metal (sem termostato, botão que regula o calor) oferece riscos ao cabelo?
Sim. Como esse modelo atinge temperaturas altíssimas, é preciso desligá-lo da tomada, de tempos em tempos, para que ele não torre o cabelo.

. Como perceber que a chapinha está danificando o cabelo?
Ele fica áspero, ressecado e com pontas duplas. Se o calor for exagerado, dá para sentir um cheiro de cabelo queimado no momento da agressão.

. É possível recuperá-lo?
Sim, com hidratações semanais. Diminuir o uso de secador e de chapinha ajuda.

. Quantas vezes cada mecha pode ser chapada?
No máximo três vezes para uso apenas de um efeito liso, sendo que existe Procedimentos que é necessário passar até 7 vezes como a Escova Progressiva.

. Qual é o truque para que o cabelo fique sem marcas?
Comece sempre pela raiz, segurando a prancha a 90 graus. Quando estiver na metade do comprimento, abaixe a mão, acompanhando o formato da cabeça. Pressione bem e puxe até as pontas. Faça um movimento contínuo, sem interrupção, do começo ao fim da mecha.

. Quem faz chapinha três vezes por semana precisa fazer tratamento?
Sim, precisa de uma hidratação a cada 15 dias.

. Por onde se começa a pranchar?
Por trás, dos fios da nuca em direção aos do topo.

. Como alisar a franja?
Passe a chapinha da raiz em direção ao nariz, sem quebrar o pulso, para ficar sem topete.

. Qual é o segredo para que a ponta não fique espigada?
Quando estiver chegando perto do fim da mecha, vire o aparelho para fora ou para dentro, deixando a ponta modelada e natural.


Fonte: Vila mulher, Encontreaqui.org, Cabelolisoptbrasil