Rondonópolis/MT,

O vai e vem da balança pode estragar a tatuagem

Dentre todas as dúvidas que permeiam a cabeça de uma pessoa que está prestes a fazer uma tatuagem, uma delas é se a tatuagem estica quando engorda. A pele não é rígida e uma pessoa ao longo da vida passa por momentos em que engorda ou emagrece. Este movimento pode danificar a tatuagem ou não?
A alteração de peso pode estragar uma tatuagem?
Assim como existem pigmentações de tinta que são mais difíceis de ser removidas, existem estilos de tatuagem e regiões que estão mais suscetíveis a alterações.
Pequenas alterações de peso ou de tonificação muscular dificilmente alterarão uma tattoo, exceto que elas estejam em regiões muito elásticas e sejam extremamente minimalistas. Neste caso, na verdade, o que acontece é que a tinta se espalha. É natural da tatuagem, com o passar dos anos, perder seu traço original e precisar de retoques.
Porém, se a alteração de peso for repentina e a pele não acompanhar, a probabilidade de deformações aumenta. A alteração não será a ponto de deformar completamente o desenho, mas a simetria pode ser perder e alguns traços ficarem tortos ou sumirem.
O grande problema para as tatuagens são as estrias. Neste caso entram grávidas tatuadas, pessoas que começam a fazer musculação intensamente e indivíduos que perdem ou ganham massa com muita facilidade e repentinamente. Nestes casos as chances de aparecem estrias na pele é muito grande e estas fissuras ficam como cicatrizes e, caso formem no meio da tatuagem, o retoque se torna um processo muito delicado.

É possível retocar uma tatuagem que esticou?

tatuagem-estica-2.jpgBEATRIZ HELENA/BOLSA DE MULHER
O retoque é sempre possível. Porém, se houver estrias no meio do desenho é bem provável que o trabalho não fique como anteriormente. A dica é procurar profissionais que tenham habilidade com este tipo de trabalho e estúdios de tatuagem que sigam as regras da Anvisa.
Além disso, é possível prevenir que isto ocorra optando por regiões onde a possibilidade de acumulo de gordura é menor, como tornozelo, costela, punho e costas. Regiões como braços, seios, colo, coxas, barriga e quadris são as mais suscetíveis a alterações na pele.