Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Proteja-se do pornô de vingança

Não seja vítima do pornô de vingança, saiba como proteger suas fotos e vídeos. Dicas simples podem impedir que arquivos íntimos caiam nas mãos erradas. Conheça alguns aplicativos para computador, Android e iOS que ajudam a proteger seus arquivos.

Nas últimas semanas, a internet foi inundada por discussões sobre o chamado revenge porn, as fotos vídeos pornográficos caseiros, frequentemente gravados por casais, que acabam sendo vazados - nesse caso, de propósito - por parceiros enfurecidos depois do fim do namoro e cuja repercussão acabam transformando a vida da garota envolvida em um inferno.

Pornografia caseira compartilhada via Whatsapp não é novidade, infelizmente - principalmente porque esses materiais, frequentemente, mostram moças que não sabem que estão sendo expostas e acompanham dados pessoais. Mas nunca no Brasil um caso de uma anônima repercutiu tanto quanto o da garota goiana cuja vida foi virada de cabeça pra baixo depois de ter vídeos de momentos íntimos divulgados pelo ex, que nega que tenha sido o responsável pelo tal vazamento. Na última semana, uma adolescente do Piauí se matou depois que um vídeo seu fazendo sexo com um rapaz e uma outra moça se espalharam pela rede.

Uma pesquisa da Internet Watch Foundation do ano passado deu conta que 88% das fotos e vídeos caseiros íntimos acabam espalhados na internet, muitas vezes sem consentimento das partes envolvidas, às vezes pelas mãos de parceiros depois do fim de relacionamento, mas também por terceiros que acabam tendo acesso ao material, como amigos que usam seu celular, técnicos de informática etc.

Como se proteger? Claro que é impossível ter controle sobre um material que não está no seu aparelho, mas existem maneiras simples e eficientes de garantir que os vídeos e fotos íntimas produzidas pro você, aqueles que você não quer que os outros vejam, acabem caindo em mãos erradas. Tanto no celular quanto no computador, a melhor maneira de proteger seus arquivos é usando pastas separadas com senha e evitando armazenar esse tipo de coisa em contas de e-mail ou na pasta comum de fotos do celular. De maneira geral, não é aconselhável fazer cópias do material - quanto mais versões do arquivo você tiver por aí, mais medidas terá de tomar para evitar que eles vazem.

Veja alguns serviços que podem te ajudar a manter fotos e vídeos bem protegidos:

No computador

Para proteger arquivos e pastas com senha no Windows ou no Mac, uma das maneiras mais comuns é compactar os arquivos em um .zip com senha. A maneira de fazer isso varia de acordo com o seu programa compressor de arquivos, mas se você usar o compressor nativo do Windows, basta inserir uma senha abrindo a pasta compacta e clicando no menu no topo em Arquivo e depois em Adicionar uma senha. Uma outra solução é instalar um app que protege as pastas com uma senha, como o Password Folder, que é grátis.

No Android

Whatsapp Lock: O app protege o Whatsapp e todas as mensagens trocadas por ele, incluindo fotos e vídeos, com uma senha. Grátis.

Keep Safe:  O app cria uma pasta de fotos protegidas e permite que você crie ainda um segundo nível de proteção, com uma segunda senha, como uma pasta protegida dentro da pasta protegida.

No iOS

Senha para Whatsapp:  Instale o aplicativo para proteger com senha seu Whatsapp e as mensagens, as fotos e os vídeos compartilhados. O app também permite sincronizar todas suas mensagens do Whatsapp em outros aparelhos com iOS (como seu iPad). Embora eles também fiquem protegidos com a senha, não é aconselhável produzir cópias de um material que você não quer ver por aí, então se sua intenção for garantir sua privacidade, evite essa opção. Custa US$ 0,99.

-  Private Photo Vault Grátis Há diversos apps para iOS que criam diretórios secretos de fotos e vídeos, protegidos por uma senha. O Photovault é o melhor deles porque permite proteger seus arquivos por baixo de duas senhas diferentes. É como se você pudesse criar um fundo falso dentro da sua pasta de coisas secretas.