Rondonópolis/MT,

O triste fim de Glee

Maldição de Glee? Mortes, cenas fortes e muitas brigas agitam bastidores da série que enfrenta muitos problemas meses antes da estreia da última temporada. Fenômeno teen desde a estreia em 2009, Glee terá um fim melancólico. A última temporada da série, que irá ao ar em setembro, foi reduzida pela metade e terá apenas 13 episódios.

Nos últimos cinco anos, o elenco enfrentou polêmicas e passou por momentos difíceis, como a morte de Cory Monteith, que vivia o protagonista Finn Hudson. Um ano após a morte dele, Glee chora mais uma perda. O namorado da atriz Becca Tobin, Matt Bendik, foi encontrado morto num quarto de hotel. Relembre as polêmicas da série que deixará o mundo teen cheio de saudades.
Foto: Montagem R7/Getty Images

Intérprete de Kitty nas quarta e quinta temporadas, Becca Tobin chora a morte do namorado, o empresário Matt Bendik. Ele foi encontrado morto num quarto de hotel na Filadélfia, onde estava acompanhado da atriz. O motivo da morte ainda não foi esclarecido
Foto: Montagem R7/Divulgação/Reprodução/Instagram

A tragédia aconteceu dias antes de a morte de Cory Monteith completar um ano. No dia 13 de julho de 2013, o ator foi encontrado morto num quarto de hotel em Toronto, no Canadá, por causa de uma overdose de heroína. Protagonista de Glee, a perda do eterno Finn Hudson deixou o mundo inteiro chorando.

Além de ter interpretado um dos personagens mais queridos da série, Cory também era o namorado de Lea Michele, seu par romântico em Glee. Na época, a atriz ficou devastada com a morte dele, assim como todo o elenco. Um episódio de despedida para Monteith foi ao ar na quinta temporada. O tributo a Cory quebrou recorde de audiência nos Estados Unidos e fez muitos teens chorarem ao redor do mundo.
Foto: Getty Images

Além de Cory, Glee quase passou por mais uma tragédia. A atriz Charice Pempengco, que participou da segunda temporada da série, tentou se matar em 2013. A filipina de 22 anos, que também é cantora, se assumiu homossexual e tentou tirar sua vida por causa de sérios problemas financeiros.
Foto: Reprodução /JustJared

Após a trágica morte de Cory Monteith, a série passou por momentos complicados e seu futuro ficou indefinido. Depois da quinta temporada — da qual Finn Hudson ainda é parte —, os produtores anunciaram que Glee terá apenas mais 13 episódios e terminará na sexta temporada.
Foto: Divulgação

Depois da morte de Cory, começaram a surgir várias brigas nos bastidores, que estremeceram as relações no elenco.
Foto: Divulgação

Naya Rivera e Lea Michele teriam travado uma batalha de egos nos bastidores, já que a intérprete de Santana achava que colega teria privilégios da produção. Os dois lados, porém, negaram qualquer desentendimento entre elas.

Naya Rivera, inclusive, quase saiu de Glee. As constantes brigas da atriz com o restante do elenco e a produção teriam atingido um alto nível de estresse. Na sexta e última temporada, Naya pediu para não participar de todos os episódios e fará menos aparições na série.
Foto: Reprodução

Uma onda de hackers no Twitter deixou muitos fãs de Glee desesperados. Tudo por que um internauta invadiu a conta de Chris Colfer e escreveu que ele não participaria mais da última temporada. Depois do caos se instalar na web, o intérprete de Kurt veio a público para esclarecer o mal entendido e dizer que estará, sim, na despedida de Glee.
Foto: Getty Images

Lea Michele também foi alvo de hackers. A conta da atriz foi invadida e o espertinho escreveu que ela estaria grávida. Nem demorou muito tempo para os fãs descobrirem que não passava de uma brincadeira de mau gosto.
Foto: Getty Images

Um ano após a morte de Cory Monteith, Lea Michele está voltando a vida normal aos poucos. Em junho, a atriz apareceu com um novo namorado, o modelo Matthew Paetz, e mais polêmicas vieram. Segundo o TMZ, o amor de Michele seria garoto de programa.
Foto: Montagem R7/Reprodução/Instagram/Twitter

O ensaio dos três protagonistas Dianna Agron, Cory Monteith e Lea Michele para a revista GQ gerou polêmica por trazer os atores em poses bem sensuais.
Foto: Reprodução/GQ

Se fora das telinhas Glee toma conta das manchetes, algumas cenas da série também causam controvérsia. Glee aborda assuntos polêmicos, como bulimia e homossexualidade, temas que ainda são considerados tabus. O episódio em que os personagens Blaine e Kurt têm a primeira noite de amor recebeu muitas críticas.
Foto: Reprodução/Fox

Outro episódio controverso de Glee foi The Shooting Star, que retrata o desespero dos alunos quando um tiro é disparado na escola. O capítulo virou alvo de críticas porque foi ao ar pouco tempo após o tiroteio na escola de Newton, que deixou 20 crianças mortas.
Foto: Reprodução/Fox


Fonte: R7/Entretenimento