Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

50 filmes que todo cinéfilo precisa assistir

Se você realmente quer conhecer a história do cinema, precisa voltar mais de cem anos atrás e acompanhar cada década, notando as novas técnicas e os novos temas que marcaram a evolução dos filmes como entretenimento, denúncia e arte.

Para ajudar você nessa jornada, selecionamos 50 filmes que não podem faltar na lista de qualquer cinéfilo de carteirinha. Confira:

Década de 1900

Viagem à Lua (Voyage dans la lune, Georges Méliès, França, 1902)-Divulgação

1. Viagem à Lua
Motivos para ver:
- É considerado o primeiro filme de ficção já produzido
- Também é o filme que introduziu a ideia de efeitos especiais
- Mistura fantasia e humor e é divertido até hoje

Década de 1920

Nanook, o Esquimó (Nanook of the North, Robert J. Flaherty, EUA, 1922)-Divulgação

2. Nanook, o Esquimó
Motivos para ver:
- É considerado o primeiro documentário em longa-metragem já produzido
- Na verdade, é o primeiro “mockumentary”, porque mistura documentário e ficção, com cenas ensaiadas
- Não é todo dia que você conhece a rotina de uma família de esquimós
- A vida do protagonista é um retrato da luta do homem contra a natureza

3. Nosferatu
Motivos para ver:
- Não haveria cinema de terror sem Nosferatu
- É um marco do expressionismo alemão
- Para entender a força do cinema mudo
- É provavelmente a adaptação mais sombria da obra de Bram Stoker, responsável por ampliar o mistério sobre as figuras dos vampiros

4. Metrópolis
Motivos para ver:
- É o avô da ficção científica no cinema
- A figura de Maria inspirou robôs por todo o século XX (inclusive C3PO)
- Os cenários futuristas são icônicos
- Retrata a luta de classes no início do século

Década de 1930

Drácula (Tod Browning, EUA, 1931)-Divulgação

5. Drácula
Motivos para ver:
- Popularizou o horror e os filmes de monstros
- Bela Lugosi interpreta o conde Drácula em seu papel mais famoso
- É por causa dessa versão que os vampiros passaram a ser vistos como criaturas elegantes e sedutoras

6. King Kong
Motivos para ver:
- A cena do Empire State Building inspirou centenas de filmes
- É um marco para o stop-motion
- Ray Harryhausen começou sua carreira ali, como assistente do animador William O’Brian

7. O Triunfo da Vontade
Motivos para ver:
- Foi o filme mais importante do regime nazista, encomendado por Adolf Hitler
- Documenta de forma chocante a organização das tropas alemãs e o poder de controle de Hitler sobre o povo
- É uma aula de propaganda política
- Faz refletir sobre o papel do cinema e sua influência sobre o espectador

8. A Noiva de Frankenstein
Motivos para ver:
- A sequência se saiu melhor que o filme original
- Capta as sutilezas do trabalho de Mary Shelley
- É um dos filmes de horror mais populares de todos os tempos
- Trouxe toques de comédia aos filmes de monstros, influenciando o gênero para sempre
- Boris Karloff interpreta o monstro

9. Tempos Modernos
Motivos para ver:
- É o último filme com o personagem Carlitos, de Charles Chaplin
- Tem a ousadia de ser um filme mudo em tempos de cinema falado
- Criticou a sociedade americana e capitalista, mesmo sendo produzido nos EUA
- Critica a desumanização das máquinas usando humor e poesia

10. O Mágico de Oz
Motivos para ver:
- Influenciou o imaginário popular como poucos filmes
- Pode ser sincronizado com o álbum Dark Side of The Moon, do Pink Floyd
- É um marco no uso do technicolor
- Os sapatinhos vermelhos se tornaram um dos objetos mais valiosos da história do cinema

11. E o Vento Levou
Motivos para ver:
- Foi uma das maiores superproduções já feitas em Hollywood
- Tem quase quatro horas de duração, mas flui bem, então você se sentirá orgulhoso ao terminar
- Revela detalhes do passado escravista norte-americano
- Clark Gable profere uma das frases mais famosas do cinema: “frankly, my dear, I don’t give a damn”

Década de 1940

Cidadão Kane (Citizen Kane, Orson Welles, EUA, 1941)-Divulgação

12. Cidadão Kane
Motivos para ver:
- Foi considerado o melhor filme de todos os tempos durante 50 anos pela revista Sight and Sound
- Mostra bastidores da indústria jornalística (e é inspirado num personagem real)
- Mistura um drama íntimo a uma história de vida pública
- O fotógrafo Gregg Toland inovou ao colocar diferentes planos em foco ao mesmo tempo.

13. Casablanca
Motivos para ver:
- Ganhou o Oscar de Melhor Filme
- Tem duas das falas mais famosas do cinema: “Play it again, Sam” e “We’ll always have Paris
- Fala sobre a Segunda Guerra Mundial, mesmo tendo sido lançado antes do final da guerra

Década de 1950

Cantando na Chuva (Singin’ in the Rain, Gene Kelly, EUA, 1952)-Divulgação

14. Cantando na Chuva
Motivos para ver:
- É uma homenagem e uma aula sobre a transição do cinema mudo para o sonoro
- Tem alguns dos números musicais mais adoráveis de todos os tempos
- Gene Kelly protagoniza uma das cenas mais famosas do cinema: literalmente cantando e dançando na chuva, entre postes de luz

15. Um Corpo Que Cai
Motivos para ver:
- Depois de “Cidadão Kane”, foi eleito o melhor filme de todos os tempos pela revista Sight and Sound desde 2012
- James Stewart e Kim Novak formam um dos casais mais intrigantes do cinema
- Suas reviravoltas vão ficar martelando em sua cabeça durante dias

16. Hiroshima, Meu Amor
Motivos para ver:
- É o primeiro e mais famoso longa de Alain Resnais
- O filme começou como um documentário antes de migrar para a ficção, por isso reúne imagens reais do ataque a Hiroshima
- Resnais causa impacto ao mesclar imagens de um casal apaixonado e imagens da guerra

Década de 1960

Acossado (À Bout de Souffle, Jean-Luc Godard, França, 1960)-Divulgação

17. Acossado
Motivos para ver:
- Foi um dos primeiros filmes da Nouvelle Vague
- Inaugurou truques estilísticos popularizados nas décadas seguintes, como os cortes rápidos
- Seus personagens ilustram o comportamento jovem iconoclasta da geração sessentista

18. A Doce Vida
Motivos para ver:
- Critica a vida fútil de celebridades, paradoxalmente fazendo parte desse mundo
- É um clássico de Fellini, mestre do cinema italiano
- Marcello Mastroianni influenciou o estilo dos homens da época

19. Psicose
Motivos para ver:
- É um filme excelente inspirado num livro considerado péssimo
- A cena do chuveiro foi composta por 50 cortes e levou uma semana para ser filmada
- É provavelmente o melhor suspense já feito por Alfred Hitchcock (considerado o mestre do gênero)

20. Lawrence da Arábia
Motivos para ver:
- Ganhou 7 Óscares, incluindo o de Melhor Filme
- Inspirou George Lucas e Steven Spielberg com seu estilo épico
- Mostra as contradições da guerra com sensibilidade e emoção

21. 007 Contra Goldfinger
Motivos para ver:
- É o mais importante dos filmes de James Bond, considerado o primeiro grande sucesso da franquia
- A essência de James Bond está na cena em que Sean Connery tira uma roupa de mergulho, revelando um terno impecável por baixo
- Goldfinger é um dos melhores vilões da série

22. 2001, Uma Odisseia no Espaço
Motivos para ver:
- É a obra-prima de Stanley Kubrick
- É um filme enigmático que permite múltiplas interpretações
- O roteirista acabou por desenvolver a história num livro, enquanto Kubrick terminava as filmagens sozinho. Por isso, os finais ficaram bastante diferentes nas duas versões
- O design de mobiliário e figurino se inspirou na moda da época, mas acabou se tornando sinônimo de visual futurista

Década de 1970

O Poderoso Chefão (The godfather, Francis Ford Coppola, EUA, 1972)-Divulgação

23. O Poderoso Chefão
Motivos para ver:
- Marlon Brando incorporou Don Corleone desde o teste de elenco, impressionando os produtores
- É o mais popular dos filmes de máfia e transformou o gênero, introduzindo sutilezas e humanizando os mafiosos
- Ganhou Óscares de Melhor Filme, Roteiro e Ator (Marlon Brando)

24. O Exorcista
Motivos para ver:
- Mistura o gênero de terror com o drama pessoal do padre, tornando a história fácil de identificar
- A produção ficou cercada de “maldições”, incluindo mortes e acidentes na equipe
- Foi o primeiro filme de horror a fazer sucesso com cenas “pesadas”, como a da menina virando a cabeça ou descendo as escadas – coisa que viraria clichê no gênero

25. Tubarão
Motivos para ver:
- É considerado o primeiro blockbuster, por investir pesado em publicidade e faturar horrores no fim de semana de estreia
- O suspense em torno do tubarão é único: antes de mostrar uma única nadadeira, ele já é assunto na cidade inteira
- A trilha sonora de John Williams é um personagem por si só

26. Guerra nas Estrelas
Motivos para ver:
- O buzz em torno do filme ( e das duas sequências e três prólogos) dura até hoje, tendo se tornado parte da cultura pop e somando fãs de todas as gerações
- Na época, George Lucas duvidou do sucesso do filme e fez uma aposta com Steven Spielberg (que acabou lucrando muito)
- O estúdio também não acreditou no projeto e deixou que Lucas tivesse os direitos sobre o merchandising dos produtos ligados ao filme
- A dupla de robôs mais simpática das galáxias está no filme: R2D2 e C3PO

27. Noivo Neurótico, Noiva Nervosa
Motivos para ver:
- Ganhou o Oscar de Melhor Filme
- O roteiro inclui longos monólogos e discussões sobre psicologia, moral e linguística, como não se vê em outros filmes
- Diane Keaton e Woody Allen têm uma química incontestável (dentro e fora das telas)
- Para os estudiosos: Marshall McLuhan faz uma participação especial

Década de 1980

Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu (Airplane!, Jim Abrahams, David Zucker e Jerry Zucker, EUA, 1980)-Divulgação

28. Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu
Motivos para ver:
- Foi eleita a comédia mais engraçada de todos os tempos pela revista Empire (numa pesquisa que contou os risos-por-minuto de seus leitores)
- Explora um humor surrealista e apoiado em piadas soltas, mais do que num roteiro coeso – mas o resultado é infalível
- Leslie Nielsen está impagável

29. Caçadores da Arca Perdida
Motivos para ver:
- Indiana Jones se tornou um arquétipo de herói-arqueólogo graças a este filme
- Harrison Ford está no auge do seu carisma
- É um dos melhores filmes de aventura já produzidos

30. E.T. – O Extraterrestre
Motivos para ver:
- É o clássico Spielberg: feito para adultos e crianças, com a inocência e a aventura em doses certas
- A cena da bicicleta voando em frente à lua é uma das mais famosas de todos os tempos
- O filme não perdeu sua força com o tempo e continua funcionando para audiências (inclusive infantis e hiperconectadas) até hoje, por ser uma fábula universal

31. Ran
Motivos para ver:
- Um dos últimos filmes de Kurosawa, carrega a experiência e a sensibilidade acumuladas pelo cineasta em 40 anos de carreira
- Traz uma visão japonesa feudal sobre a história do Rei Lear
- Kurosawa é reconhecido por críticos como um dos maiores cineastas de todos os tempos
- Foi o filme mais caro produzido no Japão até aquele momento

32. De Volta Para o Futuro
Motivos para ver:
- Inundou a cultura pop com objetos de desejo, como o skate voador de Marty McFly e o carro viajante no tempo DeLorean
- Christopher Lloyd e Michael J. Fox formam uma dupla inesquecível
- Renova o tema da viagem no tempo com  humor juvenil e adrenalina
- É um retrato divertido da juventude dos anos 80 e 50
- É um filme que compreende como poucos a relação entre o adolescente e seus pais

33. Akira
Motivos para ver:
- Uma versão em live-action está engavetada há mais de dez anos, por ser considerada “impossível” de ser filmada
- É um dos poucos animes reconhecido mundialmente por cineastas e cinéfilos como uma obra-prima do cinema (e não apenas da animação)
- Influenciou o cinema de ficção científica ocidental com seus cenários futuristas distópicos e seu clima cyberpunk
- A história é complexa e enriquecedora, mesclando críticas sociais e econômicas, um drama pessoal complexo e um universo místico pouco explorado no ocidente

34. Túmulo dos Vagalumes
Motivos para ver:
- Faz um retrato de guerra intimista e trágico, sob um ponto de vista inesperado
- O filme pode ser entendido tanto como “anti-guerra” quanto como uma lição de respeito aos mais velhos e companheirismo entre irmãos
- É uma animação tão poderosa e real quanto um filme em live-action, e contribuiu para aumentar o reconhecimento do gênero
- Como todos os filmes do Studio Ghibli, seus desenhos são feitos à mão

35. Quero Ser Grande
Motivos para ver:
- Você nunca mais vai ouvir o “Chopsticks” (a música do Danoninho) sem querer tocar as notas com os pés num piano gigante
- Tom Hanks faz uma de suas melhores interpretações como a criança em corpo de adulto
- O filme explora a parceria entre garotos com a maturidade de uma obra-prima

36. Ilha das Flores
Motivos para ver:
- O documentário é tão bem escrito que se torna divertido como um filme de ficção
- O diretor mescla informações enciclopédicas a imagens contrastantes, causando um efeito irônico irresistível
- O filme chama a atenção para o problema dos lixões sem apelar ao melodrama

Década de 1990

O Silêncio dos Inocentes (The silence of the lambs, Jonathan Demme, EUA, 1991)-Divulgação

37. O Silêncio dos Inocentes
Motivos para ver:
- O vilão erudito vivido por Anthony Hopkins é um dos mais poderosos do cinema
- O personagem de Hannibal se inspirou no conde Drácula, mas trouxe inovações, como a mistura com o gênero policial
- Ganhou os cinco maiores Oscars: Melhor Filme, Diretor, Ator, Atriz e Roteiro

38. A Lista de Schindler
Motivos para ver:
- É um dos melhores e menos característicos filmes de Steven Spielberg
- Faz um retrato de guerra diferente, com poesia visual e narrativa
- A fotografia se transforma, acompanhando as emoções dos personagens
      
39. Forrest Gump – O Contador de Histórias
Motivos para ver:
- É a melhor atuação da carreira de Tom Hanks
- Você vai querer sair correndo pelas ruas, sem motivo
- Traz os relatos mais criativos da guerra e do movimento hippie americano que você já viu

40. O Rei Leão
Motivos para ver:
- É a animação de maior bilheteria de todos os tempos
- Traz uma história infantil inspirada na peça O Rei Lear, de Shakespeare
- Traz alguns dos melhores números musicais da Disney
- É um dos raros filmes infantis americanos que tratam o tema da morte

41. Pulp Fiction – Tempos de Violência
Motivos para ver:
- O roteiro picotado de Tarantino é uma verdadeira aula de cinema
- A trilha sonora é tão marcante quanto o roteiro
- Traz algumas das falas mais icônicas da cultura pop, como o uso de uma passagem bíblica por Samuel L. Jackson antes de um assassinato
- A cena de dança de John Travolta e Umma Thurmann é inesquecível

42. Clube da Luta
Motivos para ver:
- A reviravolta no fim do filme inspirou inúmeros suspenses na década seguinte
- A violência excessiva contrastada com a apatia do protagonista formou um retrato honesto da sociedade no fim do século
- O filme desafia o espectador e, mesmo assim, foi um sucesso estrondoso de bilheteria

43. Matrix
Motivos para ver:
- Resumiu as inquietações da década de 90 com os avanços tecnológicos e uma crise geral de identidade
- Popularizou a filosofia platônica de uma hora para a outra
- Inaugurou inúmeros efeitos especiais e inspirou todos os filmes de ação ou ficção científica que se seguiram
- Influenciou uma geração de jovens com seu estilo neogótico e seus questionamentos filosóficos

44. O Sexto Sentido
Motivos para ver:
- Como “Clube da Luta”, também inaugurou um novo clichê de reviravolta no roteiro
- Revelou Haley Joel Osment
- Traz a famosa frase “I see dead people”
- Fez muita gente passar a temer fantasmas, mesmo não acreditando neles

Década de 2000

O Tigre e o Dragão (Wo Hu Cang Long, Ang Lee, EUA/Hong Kong/China/Taiwan, 2000)-Divulgação

45. O Tigre e o Dragão
Motivos para ver:
- As lutas aéreas chamaram a atenção do mundo todo por sua beleza e qualidade
- As sequências coreografadas popularizaram ainda mais os filmes orientais no ocidente
- A fotografia estonteante, realçando tons da natureza, é de tirar o fôlego
- Mesmo não sendo (apenas) americano, o filme ganhou 4 Óscares

46. Cidade de Deus
Motivos para ver:
- É o filme brasileiro mais conhecido hoje fora do país
- Mistura a clássica história de tráfico com um estilo de câmera e narrativa inovador
- O filme emprega atores sem nenhuma experiência, tão bem dirigidos que não se percebe o amadorismo

47. Oldboy
Motivos para ver:
- É um filme nauseante e violento, que apesar disso impressiona pela inteligência do roteiro
- Diferente dos filmes de Hollywood, o protagonista é uma figura selvagem e grotesca, por quem o público acaba por torcer
- Os efeitos gráficos utilizados nas cenas de lutas dão um caráter pop ao drama
- Tem um dos melhores planos-sequência do cinema: a cena em que Oh Dae-Su ataca um exército de homens usando um martelo, num corredor 

48. O Labirinto do Fauno
Motivos para ver:
- É um conto ainda mais criativo e perturbador sobre a guerra
- A mistura de criaturas fantásticas e uma realidade horrível fazem do filme um verdadeiro pesadelo – como foi a guerra para seus personagens
- É o filme mais forte na carreira de Guillermo del Toro
- Valoriza atores espanhóis, sob os holofotes de Hollywood

49. Deixe ela entrar (Låt den rätte komma in, Tomas Alfredson, Suécia, 2008)
Motivos para ver:
- A versão sueca inspirou um remake americano quase instantâneo, tamanho seu sucesso
- Essa versão é mais violenta e traz sugestões sexuais perturbadoras
- A imagem do vampiro como uma criança assassina nunca foi tão bem explorada
- O filme consegue fazer o inverno penetrar a espinha do espectador

50. Batman – O Cavaleiro das Trevas
Motivos para ver:
- Entre tantos filmes de super-heróis, este mostrou que o gênero poderia ser trabalhado com seriedade e de forma autoral
- O personagem já fora retratado sob uma luz sombria por Tim Burton, mas Nolan excluiu o caráter infantil-pop dos filmes anteriores e criou uma trilogia mais atraente para adultos
- A atuação de Heath Ledger é épica como o Coringa


Fonte: Guiadasemana por Juliana Varella redator(a)