Encontre no EC

Rondonópolis/MT,

Filmes baseados em livros para adolescentes que não agradaram

Quando Hollywood descobriu a poderosa e lucrativa fórmula de adaptar livros infanto-juvenis para os cinemas, uma nova febre surgiu. Com casos de grande sucesso como os de Crepúsculo, Harry Potter e Jogos Vorazes, os estúdios estão sempre procurando a próxima série de livros que se transformará em filmes (e em dinheiro). Acontece que nem sempre essa fórmula dá certo e, com o fracasso de um primeiro filme, os livros não ganham continuações nas telonas.

Veja a seguir!

Eragon
O filme baseado no livro de sucesso não teve muita sorte. Com críticas bastante negativas e uma bilheteria apenas ok, o restante dos livros da coleção Ciclo da Herança não deve ter chances nos cinemas.

Academia de Vampiros
O primeiro filme, chamado O Beijo das Sombras não deu muito certo. Custou cerca de US$ 15 milhões e faturou US$ 15,3. Quer dizer, mal se pagou. No Rotten Tomatoes, site que reúne críticas feitas ao redor do mundo, apenas 9% de pessoas aprovou o filme.

Dezesseis Luas
O filme Dezesseis Luas chegou aos cinemas em 2013 como mais uma promessa de grande franquia infanto-juvenil baseada em livros. No entanto, a história que gira ao redor de bruxas e magia não foi bem de bilheteria e nem obteve boas críticas, mesmo contando com um grande elenco. O fracasso do primeiro filme praticamente impossibilita que algum dos outros livros da série ganhe adaptação nas telonas.

Os Seis Signos da Luz
Os Seis Signos da Luz é um filme lançado em 2007 que se baseia na série de livros Rebelião das Trevas, de Susan Cooper. A história do menino aparentemente comum que descobre ser parte de uma linhagem de guerreiros que lutam contra as trevas não empolgou nas telonas e foi mal nas bilheterias. Não se fala mais em adaptar nenhum dos outros quatro livros da série.

A Bússola de Ouro
O filme baseado é na série de livros Fronteiras do Universo. Lançado em 2007 e tem efeitos especiais impressionantes, além de um elenco invejável, que conta com Nicole Kidman e Daniel Craig. Entretanto, este é outro caso de adaptação de um livro de sucesso que não foi bem nas bilheterias. O filme recebeu muitas críticas e não agradou ao público. Por conta disso, continuações foram canceladas.

Desventuras em Série
Apesar de ter vários elementos muito bons, como a atuação de Jim Carrey, o filme não emplacou o que fez com que o estúdio descartasse qualquer continuação. Fãs da série de livros ficaram decepcionados e pedem até hoje para que as publicações ganhem adaptações cinematográficas.

Eu Sou o Número 4
O filme de 2011 não foi tão mal assim, mas é mais um exemplo daquelas produções nas quais os estúdios apostavam alto... E não corresponderam. Depois de três anos, nada mais foi dito sobre uma continuação.

Percy Jackson
A série de livros Percy Jackson e os Olimpianos é um sucesso de vendas no mundo. O primeiro filme, Percy Jackson e o Ladrão de Raios, no entanto, decepcionou os executivos de Hollywood. Esperava-se uma arrecadação bem maior, e as críticas também não foram tão positivas. Mesmo assim, o segundo filme, Percy Jackson e o Mar de Monstros, foi lançado e teve um resultado melhor, mas ainda abaixo das expectativas. Isso coloca o futuro dos outros livros em jogo. Será que eles vão ser adaptados para os cinemas ou não?

Os Instrumentos Mortais
O primeiro filme da série de livros Os Instrumentos Mortais chegou aos cinemas em 2013. Intitulado Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos, o longa conta a história da jovem Clary, interpretada por Lily Collins, que presencia um assassinato e fica perplexa ao descobrir que faz parte de um mundo sombrio, com demônios, magos e outros tipos de criaturas fantásticas. Apesar de o filme não ter rendido tanto dinheiro quanto o esperado, o estúdio responsável pela franquia já está produzindo a continuação, que deve chegar aos cinemas em 2015.


Fotos: Divulgação