Rondonópolis/MT,

14 indícios de que seu filho tem algum problema de audição

Os problemas auditivos nas crianças nem sempre são tão fáceis de serem identificados. É comum que pais e responsáveis acreditem que os sinais são claros e têm total relação com os ouvidos, mas é possível que os indícios sejam inesperados e surjam de um jeito que você nunca imaginou. Entre os exemplos estão o desempenho na escola e até mesmo o fato de fazer xixi na cama. Quem explica é a otorrinolaringologista Dra. Tanit Ganz Sanchez.

Ele evita convívio com os amigos - “Normalmente, as crianças que apresentam algum problema no ouvido tendem ao isolamento e optam por não brincar com outras crianças”, explica a médica.

Vai mal na escola - Segundo a especialista, o bom funcionamento do ouvido é essencial para que os pequenos consigam assimilar e se relacionar com as informações de ambientes distintos. Assim, pode-se entender por que o desempenho nas tarefas da rotina pode ser comprometido.

Faz xixi na cama - Algumas crianças que demonstram tontura por problemas no labirinto acabam fazendo xixi na cama devido ao receio de levantar para ir ao banheiro durante a noite.

Desatenção - As crianças que possuem tontura podem parecer desatentas, porque se esforçam para procurar uma posição mais confortável para suavizar o problema.

Hiperatividade - De acordo com a médica, a hiperatividade é típica de crianças que não conseguem se ajeitar numa posição confortável e segura, por isso estão sempre se mexendo em busca disso.

Tem medo de altura - Este sinal pode ser decorrente de problemas do equilíbrio, porque a criança tenta sempre achar e ficar em posições que lhe dão maior sensação de equilíbrio.

Não gosta de colo - Este indício também se enquadra no caso acima, além disso, o colo chacoalhando ou virando para os lados compromete a estabilidade da criança.

Não gosta de brincadeiras de girar, subir e descer - Este sintoma é como os dois sinais anteriores, pois a criança pode não se sentir em equilíbrio nesta situação. As brincadeiras de girar estimulam o labirinto e dão mais tontura, assim como a altura.

Não obedece algumas ordens - Se as crianças não respondem as solicitações dos pais ou professores, podem possuir zumbido no ouvido ou até mesmo certo grau de perda auditiva.

Reclama de barulhos mesmo baixos - A hipersensibilidade auditiva nas crianças é mais usual do que se pensa. “Por mais que seja natural que os sons altos incomodem mais do que os sons baixos, crianças com hipersensibilidade auditiva já começam a se incomodar com sons mais baixos do que 95 decibel (dB). Para se ter uma noção, uma conversa em volume normal alcança cerca de 65-70dB”, explica a especialista.

Não reage a barulhos fortes - Este é um dos sinais decorrentes da perda auditiva na idade escolar, de acordo com a otorrinolaringologista. Se a criança não reage a barulhos altos, é um indício de problemas na audição.

Pede para aumentar o som com frequência - Outro sintoma que pode aparecer no estágio em que a criança frequenta a escola, também é sinal de que algum problema no ouvido está impedindo que ela ouça no volume normal.

Mostra dificuldade na alfabetização ou no aprendizado em geral - Este indício é também decorrente do problema no estágio escolar. A médica afirma que mesmo perdas leves ou em um ouvido só, como as crianças que têm sequência de otites, por exemplo, podem apresentar dificuldade de aprendizagem. Isso porque o cérebro é muito ávido por informações e a perda auditiva diminui a quantidade de informação que chega ao cérebro pelos ouvidos.

Troca fonemas na escrita - Similar ao sintoma anterior, este sinal acontece porque o problema de perda da audição reduz o quanto de informação alcança o cérebro por meio dos ouvidos.

Fonte: iTodas

Foto: Thinkstock