Rondonópolis/MT,

Corte com franjinha: 9 coisas para refletir antes de fazer

Para quem prefere manter os fios longos, uma franja é capaz de repaginar o visual e deixá-lo rapidamente atualizado. Detalhe que emoldura a face, esconde partes indesejadas, disfarça ou salienta o formato do rosto, dá mais movimento e leveza ao cabelo, a franja consegue tudo isso com apenas algumas poucas tesouradas.

Difícil decidir por adotar ou não uma franjinha? O primeiro passo para esta transformação é querer. Depois, analise todos os prós e contras abaixo, dependendo do seu tipo de cabelo:

Considere antes de cortar a franja

1. A manutenção do corte da franja precisa ser mais frequente do que o resto do cabelo. As curtinhas, que ficam na altura das sobrancelhas ou dos olhos, devem ser aparadas a cada mês. Já as mais longas podem ser refeitas de dois em dois meses.

2. Se você tem o cabelo muito fino, a franja é ideal para emoldurar o rosto e dar personalidade ao visual. Para criar mais volume na parte frontal, corte uma porção maior do cabelo, tornando a franja mais espessa.

3. Lembre-se que a testa abafada sob fios de cabelo, especialmente se você tem fios oleosos, contribui para o aparecimento de acne e mais produção de oleosidade na pele e fios que ficam o tempo todo em contato com a testa.

4. A franja costuma ficar bem em quem tem traços fortes, pois deixa o visual mais infantil. Já quem tem os cabelos com muito volume na raiz ou muito crespos precisa lembrar que é mais difícil que a franja fique alinhada".

5. Considere que os fios mais curtos sobre rosto vão precisar ser melhor controlados, caso seu cabelo seja muito “rebelde”. E isso é um fator que exige tempo e dedicação, além de possivelmente aumentar o uso de produtos capilares que facilitam ainda mais a oleosidade nos fios de cabelo e pele.

6. Se você tem o rosto redondo, opte por uma franja mais longa nas laterais, para afinar a face. Já se tem o rosto quadrado, nunca use a franja com comprimento além da boca, para não deixar a face ainda mais quadrada.

7. Rostos finos e compridos podem abusar da franja na altura dos olhos ou até na altura das sobrancelhas. Principalmente, se você tem testa grande, o ideal é a franja na altura dos olhos, levemente desfiada nas pontas, para esconder a testa.

8. Cabelos ondulados também podem ter franja, que pode ser usada com uma leve ondulação quando cortada mais longa, ou esticadinha, se o corte for muito curtinho acima das sobrancelhas.

9. A franja lateral desfiada é ideal tanto para rostos redondos e quadrados. Quem tem cabelo pesado e com volume também pode apostar no corte. A franja repicada e lateral a partir do nariz desvia a atenção da face.


Fonte: VIX por CAMILA SILVA