Rondonópolis/MT,

Perfil de investidor de cada signo. A astrologia ajuda a te enriquecer


Veja o que o horóscopo diz sobre seu perfil de investimento e como pode ajudar a obter os melhores rendimentos.  “Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia”. A frase, presente em Hamlet, de William Shakespeare, exemplifica uma questão simples, mas primordial: nem tudo consegue ser explicado pela razão. 

O que dizer do horóscopo, por exemplo? Combatido por uns, seguido por outros, tornou-se uma importante ferramenta de autoconhecimento para as pessoas atualmente – e pode até indicar investimentos certeiros para cada signo. Confira:

Áries
Os arianos têm fama de pessoas que gastam por impulso, mas não aqueles que compram tudo o que veem pela frente, mas os que não perdem tempo para adquirir o que desejam. Ou seja, não costumam pensar nas consequências financeiras.

Portanto, eles são investidores que não costumam planejar muito as suas aplicações e correm riscos. Ao verem uma oportunidade interessante logo investem seu dinheiro – mesmo que, no futuro, possam ter prejuízo.

Touro
O taurino valoriza cada centavo que possui. Isso faz com que ele seja extremamente cauteloso em qualquer negócio e evite o desperdício financeiro. Não se incomoda de pesquisar, comparar e só entra em investimento quando tem certeza dos ganhos.

O investidor sob o signo de Touro é muito observador e cuidadoso, sem correr riscos. Ele investe sempre no que é garantido, mesmo que renda pouco. Como o velho ditado diz, é melhor um pássaro na mão do que dois voando.

Gêmeos
Normalmente não tem muita preocupação com suas finanças. Não que sejam compulsivos, mas simplesmente por não planejarem seus passos de forma adequada. Eles vivem em uma montanha-russa: ora por cima, ora por baixo.

Dessa forma, o investidor geminiano é conhecido pela diversidade das fontes de renda, aplicando em diferentes categorias e opções. Ele está sempre em busca de novas oportunidades de negócios, mesmo se não tiver estrutura financeira para isso.

Câncer
Segurança é ponto fundamental para os cancerianos. Eles pensam demais sobre o futuro e sempre esperam por emergências e gastos imprevisíveis. Isso explica porque eles preferem ter bastante dinheiro guardado.

Possuem um perfil conservador de investimento. Gostam de se envolver somente em aplicações sólidas e tradicionais, com a certeza de que terão rendimentos. Assim, costumam optar por poucas fontes de renda.

Leão
Leoninos gostam de luxo, sofisticação e conforto e não se incomodam de esperar vários anos para atingirem esse patamar. Por isso que são conhecidos como grandes poupadores e por pesquisarem bem todos os seus passos.

O investimento do signo Leão passa justamente por isso: a busca incansável por melhores investimentos, seja consultando analistas experientes ou em estudos. Essas pessoas também não têm receio de trocar sua carteira de rendimento se perceber que pode ter mais lucro.

Virgem
O virginiano leva todos os assuntos a sério. Com o dinheiro não é diferente. Ele organiza planilhas, controla gastos e segue à risca seu planejamento. É um profundo pesquisador e evita grandes riscos.

Ele é totalmente criterioso, conservador e metódico. Sua finança é investida apenas para atingir seu objetivo – nem mais, nem menos. Prezam pela estabilidade e consideram as opções mais ousadas como risco desnecessário. 

Libra
É reconhecido como o signo da indecisão – e isso está incorporado nos negócios. Os librianos gostam de ouvir outras opiniões e, normalmente, seguem os conselhos de quem confiam mais. Eles precisam ser convencidos a todo momento.

Por conta disso, costumam ser mais conservadores em relação aos seus investimentos. Preferem contratar profissionais ao invés de decidirem por conta própria. São ótimos sócios e parceiros, mas não gostam de assumir as rédeas sozinhos.

Escorpião
É outro signo que gosta de pesquisar e buscar informações, mas os escorpianos preferem agir por conta própria. Eles gostam de observar o mercado em que atuam antes de tomarem as decisões e identificam oportunidades.

São pessoas que gostam de gastar dinheiro e enxergam isso como recompensa pelo esforço que tiveram. Assim, são considerados excelentes negociadores e investidores que só fazem movimentos certeiros.

Sagitário
Sagitarianos não têm medo dos riscos envolvidos em operações financeiras. Se eles encontram oportunidades que julgam boas e atrativas, não se incomodam de aplicar todo o dinheiro que possuem se for necessário.

Não à toa que são reconhecidos como “megainvestidores”. Ao serem convencidos a participarem de negócios e projetos, eles abraçam a causa e costumam ir até o fim, mesmo sem a certeza de obter o rendimento de volta.

Capricórnio
Os capricornianos valorizam seus trabalhos, gostam de planejar o futuro e usam a sabedoria na hora de investir. Podem não ter os maiores lucros, mas dificilmente sofrerão prejuízos por decisões mal planejadas.

Estão sempre de olho no mercado, conversam com diferentes pessoas, simulam e não tem medo dos desafios. Gostam das opções que proporcionam rendimentos maiores a longo prazo ao invés dos que têm curta duração.

Aquário
Os aquarianos não costumam ligar para os bens materiais. Preferem ter apenas itens que lhes dará prazer. Gostam de poupar, mas não são preocupados e muito menos criteriosos. Evitam padronização e preferem projetos que têm mais a ver com seus gostos pessoais.

Buscam aplicações que dão lucro rápido e garantido. O lado bom é que, por serem totalmente desapegados, não se incomodam de perder dinheiro caso algo dê errado e recomeçam tudo novamente.

Peixes
Os piscianos não gostam de se preocupar. Não sabem quanto obtêm de rendimentos e tampouco o quanto têm investido. Evitam pesquisar e planejar. Preferem investir naquilo que gostam e sonham.

São os típicos investidores que acompanham a movimentação do mercado: às vezes ganham, às vezes perdem, mas jamais se arriscam. Preferem trabalhar naquilo que desejam do que ousar para ganhar mais dinheiro.

Escolha as melhores opções para seu perfil
Independentemente de seu signo, busque as melhores opções de investimento para você. Títulos do tesouro, previdência privada e letras de crédito imobiliário (LCI) são escolhas para quem deseja garantia de rendimento e de tranquilidade no futuro.